Amadorismo Demais Para Quem Diz Ser Profissional. O Consumidor Paga o Pato

5 de July de 2010 | Por | 10 Comentários More

Já estou cansado de bater na mesma tecla e as notícias falam por si mesmo sobre os serviços prestados por nossos aeroportos.

Leia no Panrotas o relato da chegada do novo vôo da Tap a Campinas.

Em Belo Horizonte, o início das operações da Tap (cia que primeiro voltou a apostar em Belo Horizonte como destino de vôo internacionais diretos depois de muito esforço do Governo de Minas) não foi diferente: sem duty free e sem estrutura para imigração. As melhorias, como sempre, só chegaram depois do início das operações.

Assim fica difícil convencer alguém a descentralizar vôos no Brasil e o consumidor a utilizar esses vôos. E quem aposta primeiro, no caso a Tap, acaba sofrendo com coisas que não são de sua alçada…

Tags: , ,

Category: Aeroportos

Comentários (10)

Trackback URL | Comments RSS Feed

  1. Ernesto says:

    Á bagunça dos aeroportos é um alerta para que voce pense em quem votar em novembro….

    Responder

  2. Marco says:

    Rodrigo por acaso participei hoje de um evento em Lisboa onde uma delegação de Campinas, que estava no 1º voo de volta,veio fomentar a ida de negocios para a cidade, inclusive um dado que foi falado e que esta para breve a abertura de voos para america do norte e para a asia. Vamos torcer para que não seja tudo no mesmo horário senão a imigração não vai aguentar.

    Responder

  3. Rodrigo,

    concordo que Viracopos ainda precisa de um bom upgrade para se tornar um aeroporto internacional digno do nome. Mas, ao mesmo tempo, Guarulhos e o Galeão estão tão saturados que mesmo com free shops, lojas, cafeterias e tudo mais fica quase impossível usufruir disso tudo. A gente tem que chegar cedo, correr de um lado para o outro e ficar nas filas, ao invés de sentado confortavelmente em uma cadeira na ala de embarques.

    Moro em Curitiba e prefiro ir com a Azul até Campinas para embarcar em um voo do que enfrentar TAM e Gol para Guarulhos muitas e muitas horas antes do meu voo sair. Na volta, é ainda pior. O triste é saber que nada será feito e, quando o governo federal resolver atuar, já será tarde demais.

    O certo é que se a TAP tiver sucesso, outras virão e a coisa daí caminha meio que no empurrão.

    Obrigado,

    Vicente

    Responder

  4. Adolfo says:

    Mais uma prova de que a Infraero não tem a menor condição de gerir coisa alguma. Não estou falando deste governo (até porque o sucateamento vem desde Santos Dumont) ou do anterior. Estou falando de uma gestão séria – Viracopos foi apontado como o terceiro aeroporto de São Paulo, para desafogar os saturados Congonhas e Cumbica. As cias aéreas foram para lá e então – falta estacionamento, lanchonete, banco para sentar, trator para puxar avião, esteira de bagagem. Começou o voo internacional, não tem agente de imigração para receber ninguém.

    E não muito tempo atrás o Sr. Jobim estava em todos os canais anunciando aos quatro ventos a reestruturação do setor aéreo do Brasil. Realmente para quem viaja, é só roteiro de ficção científica. E faltam quatro anos para a Copa do Mundo…

    Responder

  5. Manolo says:

    É o caso de se divulgar mais – inclusive por meio deste blog – o novo serviço da ANAC, consistente em se poder atribuir pontos aos aeroportos nos mais variados quesitos. Eu já avaliei três e vou avaliar todos os que costumo usar com freqüência.

    Responder

  6. Chuck says:

    Engraçado que Viracopos era o aeroporto internacional de SP até a inauguração de GRU. Naquela época o movimento internacional, ainda que com DC-10 e 707, era bem maior do que os 3 vôos semanais de A-330 da TAP.

    Responder

  7. Emilio says:

    Realmente a falta de estrutura para imigração nos aeroportos como VCP é evidente. Um colega do trabalho que viajou comentou. Tomara que com a TAP vindo, a coisa comece a melhorar.

    Responder

  8. Ernesto says:

    A falta de infra estrutura para imigração é um problema também em Guarulhos, onde já fiquei várias vezes por mais de 1 hora na fila. É uma pessima recepção para quem volta, e é uma primeira impressão muito ruim do pais para quem chega. Esta deveria ser uma das areas para investimento na infra estrutura.

    Responder

  9. André Cri-Cri says:

    Esse Brasil é engraçado. E ainda acha que pode organizar uma Copa do mundo e uma Olimpíada!
    Pobres turistas…

    Responder

  10. David says:

    Novamente ontem (13/07) os passageiros da TAP ficaram esperando muito tempo para passar pela alfandega em Campinas. O pior é que a Polícia Federal disse que não há previsão para aumento do quadro de agentes no aeroporto. Daí eu pergunto: vale a pena investir em um aeroporto sem estrutura? O tempo de espera atual é de cerca de 2hs, ou seja, suficiente para desembarcar em SP e chegar em Campinas.

    Responder

Deixe um comentário

Os comentários publicados aqui são de exclusiva e integral responsabilidade de seus autores. Comentários que julgarmos conter termos chulos, que não respeitem a opinião dos demais, que tratem de problemas comerciais individuais com terceiros, que promovam o comércio de milhas, que tragam termos preconceituosos, que sejam identificados como textos publicitários ou que visem apenas denegrir a imagem de terceiros serão moderados e/ou excluídos. Comentários sem identificação clara de seu autor (nome e/ou email válido) também poderão ser excluídos.