AMERICAN EXPRESS THE PLATINUM CARD

30 de June de 2009 | Por | 996 Comentários More

American Express The Platinum Card

Obrigado aos nossos leitores – Adriano, Paulo, Fábio, dentre outros que auxiliaram na revisão deste post.

Última atualização: 30.6.2009

Site: The Platinum Card

Atenção: Este não é um texto sobre o BB Ourocard Amex

Diante da recente novidade promovida pelo BB, que consiste no oferecimento de um novo produto no mercado, o cartão de crédito Ourocard Platinum American Express, vale registrar que o texto que vocês lerão a seguir não trata desse AMEX do Banco do Brasil, mas sim ao cartão AMEX denominado de The Platinum Card, que é apenas um dentre os cartões de compra que a American Express oferece – os outros são as versões Green e Gold. Também não confundi-los com os cartões de crédito que a AMEX oferece – a diferença entre ambos é que os cartões de crédito apresentam crédito rotativo, ao passo que os cartões de compra não têm limite preestabelecido. Futuramente, iremos abordar, em um texto separado, o Ourocard Estilo Platinum American Express, do Banco do Brasil, se os leitores assim o desejarem.

1 Visão Geral: Renda Mínima e Anuidade

O American Express The Platinum Card é um cartão cuja associação é feita somente mediante convite da própria AMEX, ou seja,  normalmente clientes antigos: (a) dos cartões de outras categorias dessa bandeira – Green e Gold -, com bom volume de gastos; e (b) tanto aqui como em outros países em que o titular já tenha sido associado, conforme alertaram os leitores Fábio, Paulo e Adriano (obrigado!).  Dessa forma, não há o requisito da “renda mínima”, usualmente exigido em outros cartões da série Platinum existentes no mercado.

A anuidade é uma das mais caras do mercado: R$ 810, pago em 3 parcelas de R$ 270 cada. Nesse ponto, aliás, ele difere do cartão  American Express The Platinum Credit, já que este último sim, é isento de anuidade, o mesmo ocorrendo para os cartões adicionais. Porém, para manter a isenção de anuidade, é necessário uma compra no cartão, de qualquer valor, a cada três meses, sob pena de cobrança de uma taxa de inatividade de R$ 30,00 a qual é debitada no extrato de conta subseqüente ao término do período de 3 meses. Quanto ao cartão The Platinum Card, pelos comentários dos leitores, não há um programa de desconto progressivo da anuidade, como existe em alguns cartões similares, o que não deixa de ser lamentável, já que a anuidade é, como dissemos, uma das mais caras existentes.

Recentemente, a administração dos cartões da marca American Express passou a ser feita, no Brasil, pelo banco Bradesco. Muitos leitores do blog Aquela Passagem reclamaram que, sob essa nova direção, os serviços do cartão pioraram, incluindo o atendimento.

2 Programa de Recompensas – Membership Rewards Turbo

O programa de recompensas dos cartões American Express se chama Membership Rewards. O Rodrigo escreveu, em julho do ano passado, um pequeno post sobre ele que gerou tantos comentários que acabou servindo de fonte de inspiração para que fosse criada, aqui no blog, essa série de artigos sobre cartões de crédito.

Cada dólar gasto no cartão de crédito gera um ponto no Membership Rewards. Entretanto, existe um programa melhorado, que se chama Membership Rewards Turbo, em que o cliente acumula 1,5 ponto a cada dólar, ou o equivalente em reais, gasto. A inscrição nesse programa Turbo é grátis, bem como é grátis a sua manutenção, pelo menos para os cartões The Platinum Card – titulares de outras versões do cartão AMEX pagam R$ 60 pela anuidade no programa Membership Rewards, e R$ 30 pela anuidade no Membership Rewards Turbo (além da anuidade do cartão…), sendo que a pontuação gerada pela participação no Turbo, para esses outros cartões, não é 1,5 ponto/dólar, mas sim 1,33 ponto, conforme as regras descritas no site da AMEX.

Os pontos acumulados podem ser trocados por diversos prêmios, dentre eles milhas aéreas em vários programas de fidelidade: o Smiles da Gol, o Fidelidade TAM e mais 6 empresas estrangeiras: Iberia, Delta, Continental, British Airways, Air France/KLM e Alitália. Em relação ao Smiles e ao Fidelidade TAM, há paridade total: 1 ponto Membership Rewards equivale a 1 milha Smiles. A paridade é total apenas para os cartões The Platinum Card, já que os de outras categorias (Green e Gold), a conversão obedece a um “deságio”, na proporção de 800 pontos no Fidelidade TAM para cada 1.000 pontos no Membership Rewards.

Os pontos são vitalícios, ou seja, nunca prescrevem, sendo essa uma das grandes vantagens do Membership Rewards.  A fatura parcial pode ser consultada via Internet, tal qual em outros cartões, facilitando o controle de gastos.

Uma das facilidades do programa é a possibilidade de adiantamento de pontos, e equivalente a até 30% do total que o cliente tem em conta, sendo que o empréstimo de pontos está disponível somente em valores múltiplos de 1.000 pontos. A taxa pelo adiantamento de pontos é de R$ 28,00 a cada 1.000 pontos.

Segundo nos informou o leitor Adriano, é cobrada uma taxa administrativa de R$ 18 pela transferência de pontos do Membership Rewards para os programas de fidelidade aéreos.

3 Compras no Exterior e Fator de Conversão: Cotação Próxima à Dólar Turismo (Mais Alta)

O Rodrigo publicou um ótimo artigo conclamando os leitores a verificarem qual é a cotação do dólar utilizada pelo seu cartão de crédito.

Pois bem, aqui vai um alerta em relação ao AMEX para quem pretende usar o cartão para efetuar compras no exterior ou em sites estrangeiros e também para acumular pontos no programa de recompensas (para posterior troca por outros prêmios, incluindo milhas aéreas): para a conversão da fatura em reais, bem como para o cálculo dos pontos no programa de recompensas, o American Express utiliza uma cotação próxima ao do câmbio turismo, que é (consideravelmente) mais cara que a cotação do dólar comercial, usado pelas outras bandeiras (Visa e Mastercard).

4 Salas Vips em Aeroportos

Os titulares do cartão The Platinum Card têm acesso gratuito às Salas VIP Centurion Club – localizadas em seis aeroportos brasileiros, dentre os quais os de Guarulhos/SP, Galeão/RJ e Guararapes/PE, e também nos aeroportos da Cidade do México e de Buenos Aires – bem como às Salas VIP parceiras. Por exemplo, nos EUA, apresentando a passagem da Continental Airlines e o American Express Gold Card, é possível usar as salas President ClubSM da Continental Airlines, nos aeroportos de algumas cidades dos EUA e de outros países, conforme consta neste link.

5 Conclusão

O cartão The Platinum Card da AMEX só oferece uma taxa de conversão atraente se o cliente se inscrever no programa Membership Rewards Turbo, que dá direito a 1,5 ponto a cada dólar gasto. Os benefícios dos pontos que nunca expiram são vantajosos, mas se deve ter em mente que para a conversão dos gastos em pontos no programa de recompensas é utilizada uma cotação próxima à do dólar turismo (mais cara). Além disso, apesar de não exigir renda mínima, o cartão só pode ser obtido mediante convite, e mais, a AMEX convida somente pessoas que já  são clientes antigos dos cartões de outras categorias da mraca, com elevado volume de gastos, o que ocasiona uma dificuldade adicional de acesso em obtê-lo.

Você tem um Amex The Platinum Card? Comente!

Perguntas para quem tem um AMEX The Platinum Card: como conseguiu obtê-lo? Conseguiu transferir com facilidade os pontos do Membership Rewards para o programa de fidelidade aéreo? Pagou alguma tarifa pela transferência? Já usou a sala VIP? Que experiências (positivas e/ou negativas) teve com ele?

É isto aí!

Um grande abraço, e que Deus lhes abençoe!


Tags: ,

Category: Cartões de Crédito, Programas de Fidelidade Aérea

Comentários (996)

Trackback URL | Comments RSS Feed

  1. Sergio S. says:

    Wilian,
    na minha experiência, essa negociação para pagar R$ 320 é bem fácil e simples. Basta pedir um desconto, que já vêm com esse valor.
    Se não quiser desembolsar nada, os 24 mil pontos por R$ 960 não representam uma taxa de conversão ruim, em minha opinião.
    Abs,
    Sérgio

    Responder

  2. Sergio S. says:

    Caros,
    vi este tweet da Amex dos EUA, que informa que, para transferências de pontos Amex para o Avios (British), há 40% de bonificação na pontuação. As transferências precisam ser até 27/9.
    http://www.membershiprewards.com/catalog/travel/TravelPartner.aspx?brandId=5954&N=&aid=82781
    A pergunta é: aqui também vale? No site brasileira da Amex não tem nada. Vou ver se tento descobrir depois ligando lá. Qualquer coisa, aviso.
    Só um lembrete: a British tem uma variação boa de pontos Avios para voar para diferentes destinos, mesmo dentro da Europa. E as taxas “por fora” da tarifa também costumam ser meio salgadas.
    https://www.britishairways.com/travel/avios-calculator/execclub/_gf/en_gb#CalculatePod (precisa ser membro do Executive Club)
    Abs,
    Sérgio

    Responder

    Sergio S. respondeu:

    Caros,
    consegui ligar agora na central da Amex, e eles me informaram que não há essa promoção disponível. Ao menos, ainda não foram informados.
    Se alguém souber de novidades nos próximos dias, poste!
    Abs,
    Sérgio

    Responder

    Sergio S. respondeu:

    De novo, bonificação para transferência de pontos no Amex norte-americano, e nada no nosso: 35% para Flying Blue. Esse me interessaria!
    Abs,
    Sérgio

    Responder

  3. Michel says:

    Anderson,

    Entendo que a sala de CGH esta muito cheia mesmo, mas eu como Cliente e Co-piloto pago o mesmo que você na anuidade e tenho uma fatura alta, alem de 5 adicionais.

    Responder

  4. THIAGO SSA says:

    Retirando a aceitação que possui no exterior, meu Platinum é uma merda em comparação a outros cartões de bancos nacionais, pago caro para benefícios pífios. Relação custo x benéfício ridículo.
    Vivo me questionando se vale à pena mesmo esse traste.
    Inclusive, os cartões BB e Bradesco com bandeira AMEX, possuem muito mais vantagens do que os diretamente da AMEX. Vou substituí-lo na próxima oportuidade.
    E ter um cartão sob a alegação de status, é algo lamentável, é muita carência.

    Responder

  5. Anderson says:

    Eu renegociei a minha anuidade ontem, consegui isenção de duas parcelas e a última foi trocada por pontos do MR (7.920 pontos). Valeu muito a pena!

    Responder

  6. Wagner says:

    O cartão “The Platinum Card” NÃO MAIS possui a pontuação acelerada de 1,5 ponto por dólar, desde abril de 2012… bem decepcionante… o blog deveria atualizar essas informações… e os usuários deveriam reclamar um pouco mais com a Amex para que esse benefício volte!

    Responder

    Rodrigo Purisch respondeu:

    Wagner há algum tempo o site está desativado… http://www.aquelapassagem.com.br/a-vida-e-feita-de-ciclos-o-aquela-passagem-entra-em-um-outro-ciclo/

    Parece que voltou uma promoção de acelerador

    Responder

  7. Alexandre-CGR says:

    Finalmente algum benefício para o Platinum: MR Turbo com 2,2 pontos por dólar, sem custo, bastando apenas se cadastrar.
    O texto legal diz que o benefício pode ser cancelado mediante aviso prévio, mas já é alguma coisa.
    Será que estavam a perder clientes?

    abraços

    Responder

  8. Renato says:

    Tenho este cartão já a quase 3 anos e na época o que trouxe o interesse foi a possibilidade do uso dele para acesso ao Admirals Club da AA.
    O atendimento depois que passou para o Bradesco realmente piorou indescritivelmente, pois eu já era cliente AMEX antes. Só para se ter uma idéia, na primeira utilização tive a compra negada. Qualquer contato telefonico não leva menos que 5 minutos, inclusive para desbloquear o cartão. O atendimento do call center é péssimo e para um cartão que cobra R$960,00 de anuidade, a expectativa é de que eles resolvam os problemas de forma rápida e simples, o que não é verdade. Atendentes extremamente mal treinados e situações um pouco mais complexas não podem ser resolvidas no final do semana. Em praticamente todas as reclamações que eu fiz percebi uma clara intenção deles de se livrarem do problema com frases do tipo: “avisamos ao senhor”. Em nenhuma das vezes vi uma intenção de resolver o problema, que normalmente acontece quando estou em viagem ao exterior.

    Responder

  9. Renato says:

    Eu tenho uma média de gastos de R$12K/mês, pois eu lanço minhas despesas de viagens corporativas neste cartão. Paguei na anuidade somente R$300,00 este ano, pois aleguei que o valor de R$960,00 é totalmente incompatível com a qualidade do atendimento. Não houve discussão e a atendente ofereceu este valor.

    Responder

  10. daniel says:

    1) Galera, o que vcs sugerem como melhor caminho para chegar a um amex TPC, solicitar no site amex um PLATINUM CREDIT ou um GREEN/GOLD CARD e usa-lo ate haver um convite? Minha renda declarada e abaixo de 2k, mas tenho um itaucard mastercard gold com gasto mensal maior do que 3k e limite de 10,5 k (deveria ser platinum). Sera q as faturas deste itaucard serve como comprovante de renda e ha possibilidade de solicitar direto um TPC??
    2) Qual o melhor cartao para pague contas atualmente?

    Responder

  11. Antonio Erick Cerqueira Sasaki says:

    Adquiri este cartão a 3 meses e comecei a direcionar meus gastos para o mesmo devido ao programa de pontuação turbinado, mas é balela a história de que não existe um limite de crédito, no American Express Platinum, fui fazer uma compra de R$ 550,00 e foi negada, liguei na central de dentro do estabelecimento com a presença da vendedora e fiquei 42 minutos para me falarem que não ter limite pré-estabelecido não significa que eu possa gastar quanto eu quiser e sim é que o limite é calculado de acordo com o histórico dos meus gastos, agora eu pergunto, como posso aumentar meus gastos para aumentar minha média de gastos se não posso gastar mais? Ridículo!!! Voltei a utilizar meu Mastercard Black que possuo um limite pré-estabelecido, e sei que não passarei vergonha em nenhum lugar do mundo. AMEX PLATINUM CARD = ROUBADA.

    Responder

  12. Francisco Perez says:

    Tenho cartões platinun American Express, American Green, Citi Visa Platinun,mais um platinum BB Master Card e recentemente, agora em janeiro, corri os Estados Unidos, e em nenhum aeroporto americano me deixaram entrar nas sala Vips. Disseram que não bastava ser Citi Advantage AA ( American Airlines ), ou Amex, tinha que ser o cartão Platinun das empresas aéreas. Fiquei surpreso, mas lá fora não da pra discutir.
    Gostaria de saber se realmente isso é verdade.
    Francisco
    Abrigado.

    Responder

  13. Eduardo says:

    Bom dia,

    Gostaria de alertar a todos a fraude que realizaram no meu Platinum Card.

    Hoje pela manhã ao acessar o extrato online identifiquei que a fatura havia sido “fechada” nessa madrugada, os pagamentos de ontem ainda foram lançados. Ao acessar o arquivo pdf da fatura identifiquei no final a indicação de isenção de anuidade de um adicional, sendo o nome que não conheço, sendo esse lançamento realizado há 3 dias.

    Ao examinar a fatura com mais atenção notei que haviam alterado meu endereço, a partir desse momento tive certeza que se tratava de uma fraude, antes de entrar em contato com a central de atendimento me dirigi a uma delegacia para registrar um boletim de ocorrência.

    Após o registro liguei para a central de atendimento, logo de início o atendimento eletrônico (URA) solicitou que adicionasse o número de cartões adicionais, quando digitei o correto já fui informado que estava incorreto, quando digitei o correto + 1 (o fraudulento) foi aceito. Após contato com 3 atendentes distintos finalmente falei com a área de segurança. Confirmaram a minha suspeita, se passaram por mim e solicitaram um cartão adicional e alteração de endereço da entrega.

    Essa situação expôs a fragilidade para possíveis fraudes, conseguiram confirmar meus dados e no mesmo contato pediram um cartão adicional e alteração de endereço sem a necessidade de um comprovante. O endereço alterado é de uma região extremamente periférica do município de São Paulo, seria pedir demais mas um simples cruzamento de informações já poderiam identificar que o endereço informado seria extremamente incompatível com o padrão do cartão.

    Cancelaram o meu cartão e do adicional fraudulento, entretanto fica a grande questão: como conseguiram todos meus dados para realizar a fraude. Nunca tive nenhuma correspondência da fatura extraviada ou violada.

    O que considerei muito desagradável: pedi que cancelassem o envio dessa fatura para o endereço alterado, afinal o criminoso teria as informações dos meus hábitos/locais de consumo. O setor de segurança informou que era com o setor de atendimento. A atendente do setor informou que não poderia efetuar o cancelamento do envio, ao pedir para falar com a supervisão recebi a informação da supervisora que não poderia garantir essa minha solicitação, pois o setor responsável não trabalho aos sábados. Insisti argumentando que minha solicitação é por motivos de segurança e mesmo assim não obtive sucesso. A supervisora encaminhou um email para a área e na segunda-feira terei que entrar em contato novamente, sempre alegando que não garantiria minha solicitação.

    Desculpem pelo longo relato, minha intenção é alertar todos dessa possível fraude. Felizmente o prazo entre o ocorrido e minha ciência foi curto (por coincidências da vida), o que impossibilitou gastos indevidos, mas o que se destaca é a fragilidade dos nossos dados.

    Abraços

    Responder

Deixe um comentário

Os comentários publicados aqui são de exclusiva e integral responsabilidade de seus autores. Comentários que julgarmos conter termos chulos, que não respeitem a opinião dos demais, que tratem de problemas comerciais individuais com terceiros, que promovam o comércio de milhas, que tragam termos preconceituosos, que sejam identificados como textos publicitários ou que visem apenas denegrir a imagem de terceiros serão moderados e/ou excluídos. Comentários sem identificação clara de seu autor (nome e/ou email válido) também poderão ser excluídos.