Aquela Passagem no Vôo Inaugural da Singapore! Um Pouco da História Dela e da Minha Relação Afetiva com Ela

26 de March de 2011 | Por | 36 Comentários More

Fui convidado pela Singapore Airlines para participar do vôo inaugural da cia aérea no Brasil. Vou passar os próximos dias tentando passar minhas experiências com a Singapore e com o destino Cingapura aqui no Aquela Passagem.

Vai ser uma viagem interessante e diferente, já que estou acostumado a avaliar as cias aéreas apenas como consumidor, mas dessa vez vou avaliar a única cia aérea com qual mantenho relação afetiva (coisa que a maioria dos leitores já sabem). Assim, espero trazer coisas interessantes para vocês e vou ficar me policiando para que o coração não fale mais alto do que a razão, apesar de que nas minhas últimas experiências com ela, o coração e a razão andaram falando a mesma língua.

Vou tentar fazer posts curtos durante a viagem e depois da volta consolido tudo em posts mais organizados.

Estou muito feliz!

Primeiro, porque uma das empresas mais sérias e  tradicionais que conheço ter visualizado o Aquela Passagem como um canal onde ela pode apresentar  para um público real de consumidores de passagens aéreas internacionais sua proposta de serviços ao chegar no Brasil (e sem medo de fazer isso!).

Segundo, porque eu vou poder usar aquela passagem que eu sempre sonhei para ir do Brasil a Ásia. Pena que não vai dar tempo para parar em Barcelona, outro destino que gosto muito, e nem curtir em slow motion a Cidade de Cingapura que tanto gosto. Isso vai ficar para uma outra oportunidade.

Um Breve Histórico da Singapore Airlines

A Singapore Airlines nasceu em 1947 como Malayan Airways. Em 1963 passou a se chamar Malaysian Airways e em 1966 foi renomeada para Malaysia-Singapore Airlines. Em 1972 dividiu-se em Singapore Airlines e Malaysian Airline System (hoje conhecida como Malaysia Airlines e que voa pra Buenos Aires).

Em 2007, a Singapore Airlines comemorou seus 60 anos de existência.

Durante esses anos a Singapore sempre se orgulhou de ser a primeira em muitos aspectos:  primeira a voar comercialmente vários tipos de aeronaves (incluindo o mama jumbo A380, o qual possui 11 unidades), primeira a oferecer telefone via satélite e a cia a realizar o mais longo vôo comercial (primeiro Singapore/Los Angeles e atualmente Singapura/Nova Iorque – Newark – com cerca de 18 horas e 40 minutos de duração e operado hoje somente com assentos na Executiva).

Além de sempre tentar voar as mais novas aeronaves do mercado, o serviço de bordo se tornou uma das marcas da cia aérea. Procurar chefes internacionais renomados para orientar seus menus e sempre deixar o seu sistema de entretenimento (KrisWorld, que inclui até curso de línguas Berlitz) o mais antenado possível passou a ser um hábito.

Foi três vezes ganhadora do prêmio de melhor cia aérea do mundo (em duas vezes  ficou com o segundo lugar)  nas 10 edições promovidas pela Skytrax e ainda faz parte do seleto grupo (de apenas 6) de cias aéreas 5 estrelas.

Já a Singapore Girl nasceu em 1968 usando um uniforme (Sarong Kebaya) desenhado pelo costureiro francês Pierre Balmain. As cores dos Kebayas representam a hierarquia das comissárias (azul – comissárias de vôo, verde – comissária líder, vermelho – comissária chefe e bordô – comissária supervisora). Enquanto muitas cias aéreas tentam associar suas imagens com suas aeronaves ou serviços especiais, a Singapore focou a formação da sua imagem nas suas comissárias de bordo. Isso as tornaram um ícone da cia aérea. Elas representam a graça e a hospitalidade asiática. Apesar de nos últimos anos o foco ter sido as novas aeronaves da Singapore, as Singapore Girls voltaram a aparecer com força total nas novas campanhas publicitárias.

O Krisflyer é o programa de fidelidade aérea da Singapore e faz parte, assim como a cia aérea, da Star Alliance.

A Singapore Airlines (SIA) ainda é dona da SilkAir (realiza vôos mais regionais), da Tradewinds (operadora de turismo), da SIA Engineering Company (serviços de manutenção e engenharia aeronáutica) e da SIA Cargo (aviões cargueiros). Vale lembrar que aviões usados da SIA são sempre a primeira opção de cias em crescimento que desejam adquirir aeronaves com preços mais baixos que as das novas devido a qualidade da manutenção delas.

Minha Relação Afetiva com a Singapore Airlines

Herdei de meus pais o gosto de viajar. Quando poucos ainda falavam de Tailândia, Nepal, Índia e Cingapura, meus pais já faziam viagens independentes por lá.

Em 1991,  fiz minha primeira viagem a Ásia e conheci Cingapura, mas não foi ali que tive contato com a Singapore (fui de ônibus de Bangkok para Cingapura), mas não parava de ouvir ou ler recomendações de voar Singapore e visitar o aeroporto de Changi.

Por volta de 2002, consegui voltar a Ásia após terminar a faculdade e as pós graduações. A vontade era muita e grana nem tanto, mas a partir de pesquisas (inclusive na Internet) e de ajuda de um agente de confiança consegui realizar aquele sonho. Não foi um vôo longo (apenas Cingapura/Bali), mas foi ali que conheci na realidade os serviços da Singapore. Verei fã.

Depois, sempre tentando fugir das bandas tarifárias (coisa desconhecida pela maioria naquela época, inclusive por profissionais do setor), consegui voar Singapore de novo  em 2005 de Paris para Hanói (comprei a passagem no site da Singapore). Vôos que só serviram para aumentar minha admiração.

Daí em diante sempre tento colocar ela em algum roteiro para a Ásia.

Meu primeiro contato com uma Sala Vip Singapore foi no aeroporto de Narita em Tóquio. Nem a necessidade de correr meio aeroporto me fez desistir de conhecer a sala. Não me arrependi.  Água Perrier, sorvete francês e Dim Suns quentinhos eram parte da atração gastronômica.

Já faz algum tempo, por questões pessoais, que não viajo a Ásia, mas apareceu essa oportunidade única e como estou sempre disposto a viajar para a Ásia não deixei passar.

Convido a vocês para acompanhar esta viagem comigo aqui neste site/blog e no Twitter!

Tags: , ,

Category: Cias Aéreas, O Blog e Amigos, SIABrasil

Comentários (36)

Trackback URL | Comments RSS Feed

  1. Le Fosse says:

    Rodrigo parabens seu trabalho é ótimo e vc merece a oportunidade.

    abracos

    Responder

  2. Andre says:

    US$ 777 em classe excutiva? Pelo menos é o que uma matéria do Terra diz:

    http://economia.terra.com.br/noticias/noticia.aspx?idNoticia=201103281102_RED_79589480

    Responder

    Tony respondeu:

    André, sonhar não custa nada 🙂 mas infelizmente é um erro de digitação do jornalista, na parte final da matéria fala em classe econômica.

    Responder

    Hérika respondeu:

    acabei de ler a mesma materia no terra. tinha ficando tão feliz! rsss

    Responder

    Andre respondeu:

    Não me parece ser erro de digitação. Parece ser falta de atenção mesmo. É só mais um jornalista que não lê o que escreve.

    Responder

  3. Guilherme says:

    Obrigado, João Paulo!

    Responder

  4. Rodrigo Purisch says:

    Um abraço e até o vôo!

    Responder

  5. Cristina says:

    Parabéns!! Você merece!!

    Responder

  6. Clara says:

    Viagem super merecida, fico feliz que você está curtindo quase como uma criança. Não vejo a hora de ler seu trip report, Rodrigo, boa viagem!

    Responder

  7. Ernesto says:

    Rodrigo

    Boa viagem, e aproveite!!

    Responder

  8. João says:

    Parabéns, vc merece!
    Aproveite e depois venha nos instigar (mais).
    Abração

    Responder

  9. Majô says:

    Rodrigo, fico feliz com este prêmio e o reconhecimento merecidíssimo ao seu trabalho !
    Esperamos ansiosos por seus preciosos relatos 😉
    Meu sonho de consumo é fazer viagem pela Singapore e a Quatar.
    Concordo com os comentários acima, o mercado brasileiro precisa ser sacudido por companhias aéreas que colocam o melhor, à disposição do cliente. Estou cansada do nivelamento por baixo.

    Responder

  10. Beto says:

    Guilherme, vc foi feliz em toda sua posicao, aloas posicao esta de muitos de nos!!

    Eu detesto voar Tam!! Ultimamente estou evutando empresas (de qq segmento) que nao me respeita como consumidor.

    E viva a concorrencia! Mesmo que timida mas ja esta ai.

    Rodrigo vc sabe do meu carinho e admiracao pelo seu Blog! Parabens vc merece, divirta-se muito.

    E que Deus continue te dando entendimento e sabedoria.

    Abss

    Roberto

    Responder

  11. Marcelo Q. says:

    Rodrigo.

    Há alguns dias, postei aqui meus parabéns à você pelo merecido privilégio, bem como, minha recente experiência nas suites do A380 em 4 trechos.

    Nada apareceu; você recebeu?

    Abraço.

    Responder

    Rodrigo Purisch respondeu:

    Marcelo,

    Ficou no meio de 380 comentários no poço do Spam. Liberei agora o seu e mais um…

    Um abraço

    Responder

  12. Nós amamos Singapura e tudo o que diz respeito a essa cidade/estado/país. Já estivemos lá por duas vezes. Já viajamos pela Singapore Airlines algumas vezes. Não há termos de comparação com outras, a SA está em primeiro lugar.
    Gostei desse blog. É tudo de bom….

    Responder

Deixe um comentário

Os comentários publicados aqui são de exclusiva e integral responsabilidade de seus autores. Comentários que julgarmos conter termos chulos, que não respeitem a opinião dos demais, que tratem de problemas comerciais individuais com terceiros, que promovam o comércio de milhas, que tragam termos preconceituosos, que sejam identificados como textos publicitários ou que visem apenas denegrir a imagem de terceiros serão moderados e/ou excluídos. Comentários sem identificação clara de seu autor (nome e/ou email válido) também poderão ser excluídos.