Atualizando o Mundo da Aviação

9 de December de 2009 | Por | 4 Comentários More

Vou fazer um copilado das notícias do mundo que gira entorno da aviaçãoe que em sua maioria que foram postadas no Twitter do Aquela Passagem.

A boliviana Aerosur pretende operar a rota Santa Cruz/Assunção/Foz do Iguaçu a partir de março/2010 com três frequências semanais.  Foz recentemente ganhou um vôo da Pluna.

A uruguaia/argentina BQB recebeu sua primeira aeronave (um ATR). SE tudo der certo, ela começa a voar em janeiro e terá seu Hub em Punta del Este.

A Marsans está deixando de operar diretamente cias aéreas e não vai deixar saudades. Depois de vender sua parte na Spanair, ter a Aerolineas desapropriada e deixar de operar no Chile com a Air Comet Chile, ela agora está fechando a venda da Air Comet (mergulhada em dívidas) para um empresário holandês/americano.

A Lan está de olho nas 14 novas frequências que serão distribuídas pela Junta Aeronáutica do Chile com direção ao Brasil. São 7 para operação imediata e mais 7 para serem usadas a partir de outubro de 2010. Elas poderão ser usadas inclusive para vôos com direção final a outros países que não Brasil. Vamos ver se a Lan não começa a operar vôos fora do eixo Rio/São Paulo aproveitando dessa possibilidade de voar além do Brasil.

A Aerolineas vai operar a partir de 03 de janeiro de 2010 um vôo semanal (aos domingos) ligando Buenos Aires a Salvador. Em março o vôo passa a ser operado 2 vezes por semana (quinta e domingo).

A Cubana deve operar 4 vôos semanais no verão ligando Buenos Aires a Havana, Varadero, Cayo Largo e Cayo Coco. Os vôos devem ser mantidos até fevereiro de 2010. Para se ter uma idéia a ocupação dos vôos da Cubana na Argentina foi de 98% em novembro.

A Singapore, minha cia do coração e para qual faço propaganda de graça, estuda voar para o Brasil. Ela estuda voar a rota São Paulo/Barcelona/Cingapura. O trecho São Paulo/Cingapura poderá ser operado em vôos próprios ou com code share com a Spanair, cia que deseja iniciar vôos transoceânicos.

Mais uma cia decide reduzir de tamanho e rotas para sobreviver. A inglesa BMI vai cancelar algumas rotas internacionais e demitir 600 empregados. Deve focar mais na Irlanda e Reino Unido dando suporte as demais cias Star Alliance na região.

Os EUA estão apertando a fiscalização das cias americanas. Pela primeira vez puniu 3 cias aéreas por reter passageiros dentro de suas aeronaves por tempo maior que o necessário. Devido ao mau tempo alguns passageiros ficaram até 6 horas presos dentro da aeronave ao invés de serem liberados para entrar no terminal. Foi num episódio desses que a Jetblue foi forçada a lançar a carta de direitos dos passageiros JetBlue afim de amenizar as críticas na mídia.

A Trip iniciará dia 20 de dezembro um vôo diário ligando Belo Horizonte a Maceió. Mais uma vez a Trip leva o mineiro aonde ele quer ir.

Mais um devaneio arrecadatório: O Ministro da Saúde defende criar mais um imposto sobre as passagens aéreas para financiar a agência internacional para compra de medicamentos contra Aids, Malária e Tuberculose. Devia primeiro lutar pelo fim da corrupção e dos desvios antes de criar mais um imposto. Mas para um país que vai ter um padrão de tomada quase que exclusivo no mundo (somos mais espertos que a média), tudo é possível.

Tags: , , , , , , , ,

Category: Cias Aéreas, Notícias

Comentários (4)

Trackback URL | Comments RSS Feed

  1. Rosa says:

    No Brasil, o que o dinheiro não comprar é porque foi pouco. Impostos e tomadas exclusivas? A parceria da dupla dinâmica empresário/político funciona muito bem.
    Pagou, levou. Lamentável.

    Responder

  2. Ernesto says:

    “deveria luatar pelo fim da corrupção, antes de termos mais um imposto”…. Concordo inteiramente, e isto vai fazer ocm que os brasileiros começem a comprar suas passagens em sites internacionais.

    Responder

  3. Vinícius says:

    O governo realmente não sabe reduzir custos… É muito simples criar um imposto à mais e todo mundo se vira pra pagar. Basta! Se isso for a frente, temos que protestar…

    A CPMF não deixou nenhuma saudade…

    Estou na espera do que vai acontecer no fim do ano, será outro apagão aéreo?

    Abraço

    Responder

Deixe um comentário

Os comentários publicados aqui são de exclusiva e integral responsabilidade de seus autores. Comentários que julgarmos conter termos chulos, que não respeitem a opinião dos demais, que tratem de problemas comerciais individuais com terceiros, que promovam o comércio de milhas, que tragam termos preconceituosos, que sejam identificados como textos publicitários ou que visem apenas denegrir a imagem de terceiros serão moderados e/ou excluídos. Comentários sem identificação clara de seu autor (nome e/ou email válido) também poderão ser excluídos.