Bandas Tarifárias em Vôos Dentro da América do Sul: Liberados Descontos de Até 80% A Partir de Domingo

31 de May de 2008 | Por | 3 Comentários More
Seguindo o cronograma de visando eliminar as bandas tarifárias nos vôos internacionais dentro da América do Sul iniciado no dia 01 de março, estaremos entrando na fase dois. A partir de 01 de junho, serão permitidos descontos de até 80% sobre as tarifas cheias (sugeridos pela IATA). Neste post aqui é possível ter idéia dos valores mínimos das tarifas a partir de 01 de junho. Vale lembrar que a partir de 01 de setembro não existirão mais as bandas e passa vigorar a liberdade tarifária, ou seja, cada cia aérea pode dar o desconto que quiser podendo superar os 80% da banda que entrará em vigor.

Deu vontade sair soltando rojões e já separou o cartão de crédito? Então se acalme um pouco, já que os resultados da primeira fase de desse processo não foram tão intensos assim. Poucas cias usaram da maior liberdade para reduzir suas tarifas (A Pluna foi a única a se destacar). Esse assunto foi alvo de uma matéria na Revista Viagem e Turismo escrita por esse blogueiro.

Vivemos em um mercado pouco competitivo na maioria das rotas sul-americanas e nas poucas onde a concorrência é maior, a demanda alta não permitiu que as tarifas caíssem. Agora com a alta do querosene de aviação e a proximidade da alta estação, a probabilidade é baixa.

O Aquela Passagem vai continuar a monitorar as tarifas nessa segunda fase.

Tags:

Category: Consumidor

Comentários (3)

Trackback URL | Comments RSS Feed

  1. Filet says:

    Ainda bem que já comprei minha passagem pela pluna pra buenos antes disso, pq a partir de 1o. de junho, o preço aumentou em alguns dólares.
    Paguei 250 dolares(sem taxas) e agora ja esta 325 dolares…

    Responder

  2. Rodrigo Purisch says:

    Filet,

    Essas passagens da Pluna já estiveram por 220 USD. Como fiz um levantamento ontem, ainda existem passagens da Pluna por 246 USD no site (sem taxas) saindo de SP (fiz a cotação para dos dias 16 e 23 de junho). Mas ouve um aumento generalizado em todas as cias, exceto na British. Mas lembre-se que quanto mais perto da viagem e quanto mais perto da alta estação, mais caras as passagens tendem a ficar.

    Um abraço

    Responder

Deixe um comentário

Os comentários publicados aqui são de exclusiva e integral responsabilidade de seus autores. Comentários que julgarmos conter termos chulos, que não respeitem a opinião dos demais, que tratem de problemas comerciais individuais com terceiros, que promovam o comércio de milhas, que tragam termos preconceituosos, que sejam identificados como textos publicitários ou que visem apenas denegrir a imagem de terceiros serão moderados e/ou excluídos. Comentários sem identificação clara de seu autor (nome e/ou email válido) também poderão ser excluídos.