Cias e Seus Problemas: Uma Atualização. Alitalia, Aerolineas, Pluna e Olympic.

3 de November de 2008 | Por | 6 Comentários More

Vamos fazer uma atualização sobre problemas enfrentados, o melhor, novelas protagonizadas por algumas cias que costumam ser utilizadas por brasileiros com uma certa frequência.

Alitalia
Se tudo parecia acabado com o acordo verbal entre os sindicatos e consórcio que desejava comprar a cia aérea, agora as negociações emperraram de novo. O consórcio retirou sua oferta pela cia italiana como forma de pressão sobre os sindicatos, já que alguns deles não quiseram assinar o acordo. Portanto, a novela continua. Eles ao mesmo tempo que “retiraram a oferta” ainda acreditam que a Nova Alitalia, muito menor que atual e resultante da fusão com a italiana Air One, possa iniciar operações em dezembro.

Aerolineas
O grupo Marsans não entrou em acordo com o Governo Argentino sobre o preço da cia aérea. Houve uma ameaça do Governo de desapropriação, mas a pressão do Governo Espanhol parece ter falado mais forte. Agora a Marsans que uma avaliação independente determine o preço da cia aérea. Enquanto a coisa se complica, os sondicatos da Aerolineas fazem greve e buscam melhorias salariais…

Pluna
A Pluna agora é que inicia a novel mais recente. Continuam as discussões entre o consorcio Leadgate que controla 75% das cções da cia aérea e o Governo Uruguaio (25% das ações). A coisa complicou quando a Pluna cancelou seus vôos próprios para Madri devido ao baixo rendimento financeiro, apesar do governo ter interesse político na rota. No meio do pico da alta de combustíveis a Pluna enfrentou ainda uma greve de controladores no Uruguai. Agora, a cia descapitalizada possui uma dívida com a estatal uruguaia de petróleo (Ancap) de cerca de 12 milhões de dólares. Pagou 1 milhão para tomar um fôlego, mas a Ancap ameaça deixar de fornecer combustível a Pluna já nessa próxima semana. Ela fez contatos com a Petrobrás para fornecimento num caso de emergência. Parece que agora estão procurando novos sócios para Pluna a fim de injetar novo capital na cia e viabilizar suas operações no longo prazo. Uma pena essa situação vivida pela Pluna que vinha se soerguendo e limpando sua imagem junto ao consumidor…

Olympic
A Cia estatal grega enfrenta uma série de paralisações por parte dos sindicatos. Eles se opõem à privatização da cia aérea, que não para de perder dinheiro. Com isso, a cia vai afundando cada dia mais…. O governo estuda uma saída a la Varig para a Olympic, ou seja, repassar as rotas e a marca para uma nova empresa e ficar com as dívidas.

Sugerimos levar em consideração essas informações na compra de suas passagens.

Tags: , , , , , , ,

Category: Cias Aéreas, Por Sua Conta e Risco

Comentários (6)

Trackback URL | Comments RSS Feed

  1. Arko says:

    Caro Rodrigo,

    Eu acompanho seu blog pelo Google Reader e todas as letras acentuadas e o cedilha estão aparecendo como duas interrogações (por exemplo, “promoções” aparece “promo????es”).
    Já vi esse problema em outros blogs que posteriormente conseguiram corrigir o problema.

    Há braços,

    Arko.

    Responder

  2. Rodrigo Purisch says:

    Arko,

    Estou sofrendo para resolver esse problema… Já deu antes e vi que agora voltou. Parece ser algo relacionado a algum plugin do wordpress. Essa ferramenta nova é muito boa, mas por outro lado muito sujeita a esse tipo de falha…

    Obrigado pelo alerta. Vou tentar resolver isso até o próximo final de semana.

    Responder

  3. RODRIGO, felizmente a minha próxima viagem à Europa NÃO será pela Alitalia, empresa que pretendo voltar a voar apenas quando efetivamente houver uma solução séria e concreta, consolidada, que faça a empresa operar sem riscos de parar a qualquer momento. Pena é que eu tenha 100 mil milhas naquela cia. sem qualquer desejo de usá-las. Torcia pela compra da cia. pela AIR FRANCE, a próxima que usarei para viajar em maio de 2009.

    Deixo um abraço e agradeço mantes seus leitores (BEM) informados!

    Responder

  4. Emília says:

    Olympic, tsc, tsc…apesar dos atrasos que peguei, não tive o azar de ter nenhum vôo cancelado.
    Rodrigo, infelizmente não deu certo a troca de milhagens da Air France para a TAM, que acabou na sexta. As letrinhas miúdas exigiam no mínimo 30 mil milhas por passageiro para poder efetuar a troca por passagens TAM e nós só tínhamos 15 mil, chuiff…os pontos vão ficar paradinhos na Flying Blue, vamos ver se consigo usá-los algum dia.
    Arnaldo, usamos Air France nessa viagem e gostamos muito.

    Responder

  5. Leandro says:

    Olá Rodrigo, vale a dica que a ocean air tem alguns preços abaixo do mercado que não estão indicados como “promoção”, sabado passado encontrei voo porto alegre – curitiba por 90 reais. vale a pena dar uma pesquisada no site deles! abraço.

    Responder

  6. Rodrigo Purisch says:

    Arnaldo,

    Há males que vem para melhorar a situação. Quem sabe a Alitalia ou quem a substitua não traga um serviço melhor. Você mesmo viu como as asiáticas tem um nível mais alto de atendimento.. Um forte abraço!

    Emília,

    Como disse, acumular milhas mesmo só se agente começar a ser fiel mesmo a uma cia. Um pouco aqui, um pouco ali, acaba não levando a lugar nenhum.

    Leandro,

    Eu e a OceanAir temos um probleminha. Quase toda vez que anuncio uma promoção dela, tenho que fazer um anúncio quase do tamanho do post sobre a cia. O passado dela a condena..Ai acabo não fazendo um post… Falo um pouco mais da OceanAir aqui.

    Um abraço

    Responder

Deixe um comentário

Os comentários publicados aqui são de exclusiva e integral responsabilidade de seus autores. Comentários que julgarmos conter termos chulos, que não respeitem a opinião dos demais, que tratem de problemas comerciais individuais com terceiros, que promovam o comércio de milhas, que tragam termos preconceituosos, que sejam identificados como textos publicitários ou que visem apenas denegrir a imagem de terceiros serão moderados e/ou excluídos. Comentários sem identificação clara de seu autor (nome e/ou email válido) também poderão ser excluídos.