Como É Voar na US Airways?

6 de January de 2010 | Por | 139 Comentários More

O Riq do site Viaje na Viagem, o VnV que agora está de template novo e conteúdo  mais bem indexado facilitando a busca das informações,  publicou um relato sobre uma experiência de viagem na novata US Airways que iniciou seus vôos a partir do Rio em direção aos EUA.

Não é de hoje que rotas novas para os EUA são abertas usando aeronaves mais velhas. Quem acompanha o blog já viu muita notícia sobre problemas nos vôos que a American opera em Salvador e Recife. Infelizmente, a maioria das cias americanas apenas colocam aeronaves mais novas nessas rotas quando o vôo já tem uma demanda consolidada ou quando há aviões maiores parados por falta de demanda no Hemisfério Norte e demanda aquecida no Hemisfério Sul. Enquanto voam para a Europa de B777, para o Brasil e América Latina costuma sobrar os B 767 e 757 mais surrados (existem exceções).

Quanto a US Airways, não me surpreendeu o relato, já que alertamos algumas vezes aqui o blog que a cia opera ao estilo low cost. Quem sabe ela não se redime desse início desastroso?

O Riq está ainda fazendo uma enquete sobre uso de milhas para emitir vôos para fora da América do Sul. Nós já fizemos a nossa aqui, que tal participar da enquete dele ajudando os leitores do VNV?

Tags: , ,

Category: Blog e Sites Imperdíveis, Programas de Fidelidade Aérea

Comentários (139)

Trackback URL | Comments RSS Feed

  1. Patricia says:

    Essa outra Patricia deveria postar no site qual foi a péssima experiência que ela teve com a us!!!!! Fala aí…. Estou curiosa pra saber. A propósito, a viagem que eu fiz foi ótima. Vôo super tranquilo.

    Responder

  2. Vinícius says:

    Patrícia,

    Segue o endereço da empresa:

    PC FLORIANO, 19, SL 1001
    Centro, Rio de Janeiro – RJ
    CEP: 20031-924

    Você poderia então contar para nós sobre sua experiência com a US…

    Responder

  3. Patricia says:

    O endereço é este mesmo, já consegui confirmar.
    Sei que o serviço aéreo hoje em dia está bastante complicado, sendo difícil encontrar uma companhia que seja realmente boa.
    O que posso dizer sobre a US Airways é que conheço pessoas que usaram seus serviços sem qualquer problema, e outras que tiveram vários aborrecimentos, dentre as quais eu me encontro. Houve atraso no meu vôo com posterior perda de conexão em Charlotte. Soube na ocasião que isso é comum, pricipalmente nos vôos que saem às sextas-feiras do Rio de janeiro, chegando sábado pela manhã em Charlotte – a aeronave já sai atrasada do Brasil e os passageiros perdem conexões com horários apertados -.
    Meu conselho para outros passageiros seria ter bastante cautela com vôos da US Airways que envolvem conexão, pois a companhia vende passagens com intervalo de conexão muito apertado, havendo por isso grande chance de perda do vôo seguinte. E quando surge o problema é complicado resolver pois essa companhia não tem a mesma estrutura de atendimento ( e disponibilidade de vôos ) que outras como a Delta e Continental por exemplo. Fica complicado resolver e isso pode acarretar a perda de um ou dois dias de viagem nessa confusão, buscando um próximo vôo.
    Acho que é mesmo uma questão de sorte ( ter problemas ou não ), mas da próxima vez que eu viajar vou preferir não arriscar voar pela US Airways….
    Espero poder ajudar outras pessoas e agradeço também as mensagens com o endereço da companhia.

    Responder

    Rodrigo Purisch respondeu:

    Se fosse uma questão de azar ter problemas seria melhor que uma questão de sorte não tê-los.

    Mas não existe cia aérea perfeita. Mas existem algumas mais imperfeitas que outras. O negócio é como você falou, comprar consciente do que está comprando. Ai, a compra independente da escolha pode ser considerada uma compra adequada.

    Responder

    Rodrigo Cesar respondeu:

    Patricia se não foi vc dos comentários anteriores que se mostrou indignada com as pessoas que falaram mal da compania, queira me perdoar pela confusão.

    E foi bom ler sua experiencia, pois eu vou tirar umas passagens pelo dividend miles e estava dando preferencia para os menores tempos de conexão. Ao ler seus comentários vi que é melhor pegar as conexões com maior tempo, pois mesmo eu levando maior tempo total de viagem, diminui o risco de perda da conexão.

    Responder

  4. Monique says:

    Gostaria de dizer que a vida da gente vale mais do que qualquer coisa. A Usair é realmente uma porcaria. As aeronaves são velhas, os assentos não rem conforto. Não é a toa de os preços são tão mais baratos que as outras companhias. E um detalhe, o que é ruim colocam para o Brasil.

    Monique

    Responder

  5. Simone Vidigal says:

    Vinha acompanhando este blog desde meados de outubro, pois havia feito reservas para NY em 14/11/2010. Eu e meu marido planejamos uma viagem tipo decima lua de mel, juro, fiquei, digamos, preocupada com o que eu lia! Mas preferir arriscar, já que tb, haviam postagens falando bem. Embarquei dia 14/nov pelo RJ Antonio Carlos Jobim, com conexão em Charlotte. Olha, eu já viajei pela AA, Delta e Tam para os EUA, e vou dizer: Não me deixou em nenhum momento em duvidas da escolha que eu fiz! lógico, que a TAM é algo melhor, mas qdo comparado à AA e Delta, foi um serviço muito bom, simples, mas bom. Acho que quem quer um serviço especial, deve escolher voar pela TAM e de primeira classe, mas se vc quer um serviço razoavel e o suficiente para viajar, não vejo nenhum problema em viajar US AIR WAS! Avião não é novo, mas um modelito muito conservado e limpo, serviço de bordo tipo simples gostosinho, pessoal alegre e simpatico, resumindo; Não tenho o que reclamar! Ah, retornei dia 24/11 com amesma impressão.

    Responder

    karolina respondeu:

    Simone, foi a mesma impressão que tive e que relatei acima…realmente acho que todas as cias norte-americanas seguem um mesmo padrão, não tem muita diferença, só quem puder pagar mais mesmo pra ir de TAM ou na primeira classe desses vôos.
    Pra mim, foi bem tranquilo também.

    Responder

  6. Antonio says:

    Que bom que outras pessoas puderam ter experiências positivas com a US Airways.
    Se a companhia atendeu bem, ótimo, não fez mais do que a obrigação, visto que estamos pagando por isso. Mas não foi o que aconteceu comigo e minha família, entre os dias 30 e 02/11/2010.

    Compramos passagens no vôo 801, que saía do Rio pra Orlando, via Charlotte.

    No dia 30, o avião não saiu. Esperaram todos os passageiros entrarem na aeronave e aguardarem por mais de três horas para informar que um led no painel não estava funcionando e, por isso, o veículo não decolaria.

    Fomos levados de madrugada pra um hotel na Barra da Tijuca (muito confortável, porém longe), onde nos ofereceram acomodação e jantar, conforme mandam as leis nacionais. O problema é que só conseguimos chegar no quarto (após a janta) às 5 da madrugada. E os funcionários da companhia ainda nos orientaram a ligar naquela noite mesmo pra um call center NOS EUA e resolver nossa situação de reservas de hotel e traslado que tínhamos pago e perdido POR CAUSA DO ATRASO PROVOCADO POR US AIRWAYS.

    Ligamos pra lá. meia hora de espera. Atendente responde e diz que nossos problemas de traslado e hotel não são de responsabilidade dela. “THATS NOT MY FAULT”, disse a grossa do call center americano.

    Com o estado de nervos abalado, fomos dormir mais de seis da manhã.

    Às 10, toca o telefone do quarto. Era a US pedindo que estivéssemos às 10 e meia PRONTOS pra pegar um ônibus da Barra pro GIG porque nosso vôo sairia às 2 da tarde. Irritados, cansados, corremos e chegamos na hora pedida. Atendemos tudo para embarcarmos logo rumo às nossas desejadas férias.

    Chegamos no aeroporto. O balcão da US Airways nos informa que o vôo das 14h não seria às 14. Seria às 18. Isso irritou mais. O comentário de todos os passageiros era que a impressão que eles deram foi que tiraram a gente do hotel pra não pagar mais diária (as diárias vencem ao meio dia).

    A empresa ofereceu almoço, conforme mandam as leis nacionais, embarcamos de novo. Qual não foi nossa surpresa quando, ao chegarmos NA PORTA DA AERONAVE, nos informaram que a aeronave era a mesma do dia anterior e que o led do painel AINDA NÃO ACENDIA.

    Foi o cúmulo da falta de respeito. A partir daí, começou um inferno sem fim.

    Passageiros gritando, funcionária da US chorando, gente tentando organizar, criança passando mal, todo mundo com fome, passageiros adultos chorando.

    Funcionários da US nos interrompiam e diziam: fujam da US Airways, é furada, a vida de vocês está em risco!!! Imaginem como isso nos desestabilizou! E não foi só com minha família. Eles chamaram vários outros passageiros nos cantos pra dizer a mesma coisa!

    Oito e meia da noite, devolveram nossas bagagens e começaram a ver quem queria ir pela US e quem queria ir por outras companhias (nos foram dadas as opções da Delta e da American Airlines). Eu e inúmeros passageiros alegávamos que não tínhamos mais a menor confiança naquela companhia nem em suas aeronaves. Pedi Continental (guardem bem esse detalhe) porque a considero muito boa. Eles disseram que era só Delta ou American. Escolhi Delta porque já viajei por eles e sei que o serviço é ok, apesar das incômodas conexões em Atlanta.

    Demoraram TANTO, mas TANTO pra atender todo mundo e resolver cada particularidade que nos liberaram 21:40 pra fazer check in de SEIS pessoas na Delta (que fica no ooooutro terminal do Galeão). E nos colocaram pra correr. Chegamos lá em 10 minutos, cheios de mala, nem sei como. Mas chegamos.

    Só que o check in da Delta fecha, trava TOTAL meia hora antes do embarque. Foi o que aconteceu conosco.

    Depois das três promessas de vôo da US que não foram cumpridas, nem colocar a gente em outra companhia eles conseguiram.

    Minha namorada teve um surto nervoso e começou a chorar e gritar com os funcionários da companhia. Não havia educação que sobrevivesse a tamanha falta de respeito.

    Nessa hora, o aeroporto parou pra olhar o que estava acontecendo, ficou uma situação feia pra imagem da empresa. Num instante, apareceram com outras opções de vôos pra aquele dia mesmo, pela TAM, pela Continental…

    Mas como que a gente ia viajar, depois de um vôo cancelado no dia anterior e três tentativas frustradas naquele dia??? Não havia clima! Ainda mais depois que OS PRÓPRIOS funcionários da US nos disseram que nossas vidas estavam em risco, ao embarcar naquela companhia. A gente estava transtornado pra tomar decisao naquele dia.

    Embarcamos e voltamos pela TAM, com tudo pago pela própria US.

    Mas foi muito desgaste até conseguirmos O SERVIÇO QUE JÁ TÍNHAMOS PAGO e eu não desejo isso pro meu pior inimigo. Passamos muita humilhação, ficamos sem dormir direito, sem uma refeição, correndo de um lado pro outro do aeroporto com duas crianças…

    Detalhe: na volta, não tínhamos os bilhetes das conexões no Brasil e saímos de Orlando sem sequer sabermos se íamos chegar em casa!!!

    E ainda vamos enfrentar a burocracia deles agora pra mendigar o ressarcimento das nossas despesas extras com hotel e traslados.

    Quanto aos danos morais e toda a humilhação, só a Justiça dirá! Porque vamos levar isso pros tribunais!

    Minha dica é: fujam da US Airways!!! parte de nossas passagens foram por esta companhia porque ela faz parte da Star Alliance, parceira da TAM, cujo programa de milhagens foi utilizado na compra.

    Hoje, depois de conversar com nossa agente da CVC (que nos vendeu o pacote terrestre, bilhetes de parques temáticos e traslados), ela nos informou que a CVC, depois do nosso caso, recomendou a todas suas lojas EM TODO O PAÍS que evitem vendas de passagens da US Airways!

    Não escolham suas companhias só pela televisãozinha, pela comida ou pela cara da aeromoça. Transporte de seres humanos é algo sério. Eles estão lidando com as nossas VIDAS.

    E, pelo que vivi, no aeroporto do Galeão, entre os dias 30 de novembro e 02 de dezembro de 2010, lidar com vidas não é o forte da US Airways.

    Boas férias!

    Responder

  7. Suellen says:

    Karolina, muito obrigada pelo seu relato! Eu já estava ficando apavorada, achando que tinha feito besteira em comprar passagens pela US Airways! Não ligo pra luxo – quer dizer, se tivesse grana só viajaria de primeira classe – e entendo que viajar na classe econômica tem lá os seus percalços, como pouco espaço, comida razoável (até porque não dá pra esperar um peixe fresco na janta, né). Viajei no ano retrasado pela Air Canada e não foi nada demais, inclusive acabei de contar num outro fórum que na volta o cobertorzinho tava cheio de cabelo, mas em geral, foi tudo muito satisfatório. Enfim: não espero muito da companhia aérea, apenas que eu chegue no meu destino com segurança e um mínimo de conforto, mas são tantos comentários negativos que me apavorei. Agora estou bem mais tranquila. E assim que voltar, venho aqui contar como foi minha experiência.

    Responder

  8. Luiz says:

    Acabei de ir e voltar ao Rio pela USAirways pela classe envoy. O servico foi muito bom. Os drinks e a comida foram excelentes e o atendimento tambem. As poltronas tambem foram de otima qualidade, com muito espaco e reclinando como uma cama. O aviao esta’ em excelente condicoes e muito limpo. Pelo preco que paguei, recomendo muito. Dou nota 10 ao servico que recebi.

    Responder

    Rodrigo Purisch respondeu:

    obrigado pelo feedback

    Responder

    Tadeu respondeu:

    Boa noite Luiz,

    Qual foi o avião ? Foi um boeing 767 ?

    Obrigado.

    Responder

    Luiz respondeu:

    Sim, foi um 767.

    Responder

  9. Luiz says:

    Sim, foi um 767

    Responder

  10. Eduardo says:

    Gente, não criem pânico!

    Depois de quase infartar com os muitos comentários negativos sobre a USAirways, embarquei com muito receio dia 20/01/2011.

    O avião é bom, as poltronas tem ótimo espaço para as pernas (tenho 1.90m), existe um comissário que fala português para quem precisa e o atendimento tanto no avião quanto no check in foram muito melhores que as empresas nacionais, com pessoas muito simpáticas e cordiais tanto na ida quanto na volta. A comida é boa e compatível com o preço pago.

    O que pude pereceber é que muitos tiveram experiências ruins do começo da operação da empresa no Brasil. Acho que eles viram este monte de reclamações e resolveram melhorar. Fui de econômica, mas gostei muito, vale o que custa!

    Espero ter ajudado, abs!

    Responder

    Rodrigo Purisch respondeu:

    Obrigado pelo feedback!

    Responder

  11. Alessandro says:

    Poxa que bom que os comentários a respeito da US Airways melhoraram, pois estou com embarque marcado para dia: 21/02/2011 e estava bem preocupado com o que andei lendo.

    Responder

  12. Alessandro says:

    Oi pessoal, venho mais uma vez solicitar se alguém pode me responder qual é a franquia da bagagem pela US Airways. Pois estive dando uma olhada no site desta empresa, e as esplicações estavam bem confusas, Gostaria de confirmar se é a franquia normal de Duas malas de 32 KG. cada. Mais bagagem de mão.

    Responder

  13. Alexandre Morgan says:

    Tive um problema com a US Airways. Gostaria de acioná-la judicialmente. Alguém sabe o endereço no Brasil?

    Responder

Deixe um comentário

Os comentários publicados aqui são de exclusiva e integral responsabilidade de seus autores. Comentários que julgarmos conter termos chulos, que não respeitem a opinião dos demais, que tratem de problemas comerciais individuais com terceiros, que promovam o comércio de milhas, que tragam termos preconceituosos, que sejam identificados como textos publicitários ou que visem apenas denegrir a imagem de terceiros serão moderados e/ou excluídos. Comentários sem identificação clara de seu autor (nome e/ou email válido) também poderão ser excluídos.