Como Planejar e Comprar Sua Viagem Pela Internet: 9 Compra de Moeda Estrangeira, Cartões de Crédito e Débito

13 de April de 2007 | Por | 2 Comentários More
9 Compra de moeda estrangeira, emissão ou checagem de cartões de débito e/ou crédito internacional, suas tarifas e limites

Após abertura do mercado bancário brasileiro aos cartões de crédito internacionais e aos cartões de débito internacionais, além da estabilização da moeda brasileira, esses se transformaram nas minhas formas preferidas para o pagamento dos serviços em viagem e de obtenção de moeda estrangeira. Outras opções são os cheques de viagem ou Traveller’s Checks e o Travel Money. Porém minha opinião não é unânime. Uma discussão sobre a melhor forma de fazer pagamentos no exterior foi realizada neste post do Blog Viaje na Viagem. A conclusão do Riq foi essa .

Alguns cartões de crédito, além de permitirem um melhor controle dos gastos da viagem através da fatura detalhada, podem acumular milhas geradas com o pagamento da fatura. Essas milhas acumuladas no cartão de crédito com o pagamento das passagens, hotéis e outros serviços somadas às ganhas com as passagens aéreas, caso sua tarifa aérea permita o acúmulo de milhas em um programa de fidelidade aérea, podem fazer sua próxima viagem algo mais próximo ou menos oneroso. Mas a grande vantagem deles é sua aceitação crescente pelo mundo. Os cartões cobram uma taxa para gastos no exterior, além dos impostos de operação financeira (IOF). Lembre-se que o valor da fatura será calculado de acordo com a cotação dólar da sua administradora no dia do seu pagamento. A fatura é inicialmente calculada em cima da cotação do dia do fechamento da fatura. Se o valor for superior ou inferior ao do dia do vencimento da fatura, a diferença virá na próxima fatura. Sugiro que se tenha 2 cartões com limites menores, mas suficientes para suas compras. Um seria usado no pagamento das compras via Internet e o outro para pagamento dos serviços e compras durante a viagem. Se preferir um cartão único, verifique o limite, pois os valores pagos pelas passagens e hotéis podem facilmente estourá-lo, deixando muito pouco para as compras ou para pagamentos do dia a dia. Nesta matéria existem mais dicas sobre os cartões de crédito .

Os cartões de débito internacional, permitem que se retire moeda corrente diretamente da sua conta em caixas eletrônicos disponíveis ao redor do mundo. Acaba com a necessidade de se viajar com grandes quantias em papel moeda, estresse relacionado à procura da melhor taxa de cambio ou do medo de receber moeda falsa em determinados locais. Cada banco tem uma política de cobrança de taxas nessas transações, além do IOF. Mas como geralmente você paga taxas nas casas de cambio ou sofre com uma cotação menos favorável na troca, as taxas cobradas pelo seu banco, se cobradas, acabam não tendo uma influência tão grande. Informe-se como realizar esses saques no exterior. Atenção, nos EUA alguns caixas eletrônicos cobram uma taxa extra de alguns dólares (não relacionada à taxa cobrada pelo seu banco) pela utilização dessas máquinas em locais públicos, mas normalmente informam essa cobrança antes de concluir a transação. Em aeroportos e caixas eletrônicos junto às agências bancárias normalmente não há essas taxas.

Os cheques de viagem ou Traveller´s Checks e os cartões pré-pagos ou Travel Money são opções para aqueles que não gostam de lidar com cartões de crédito ou não possuem cartões de débito.

Os Traveller´s Checks são adquiridos em estabelecimentos credenciados pelo governo para vendê-los e posteriormente trocados no destino desejado por papel moeda local diante da assinatura nos mesmos. Sua vantagem é que em caso de perda ou roubo podem ser cancelados permitindo que as quantias pagas não sejam perdidas (faça uma ocorrência e contate a empresa que lhe vendeu os cheques) e sua desvantagem é que não são aceitos em todos os locais e sofrem com cotações normalmente inferiores (raramente pode ser superior) ou taxas maiores na sua conversão por papel moeda.

Os cartões pré-pagos ou Travel Money são cartões semelhantes ao de débito, só que o saque realizado em caixas eletrônicos são limitados aos valores pré-pagos no Brasil em moeda estrangeira e que estão depositados em uma conta da instituição que lhe forneceu o cartão. Paga-se uma taxa para o saque dessas quantias nos caixas eletrônicos. O cartão pode ser utilizado como cartão de débito no pagamento de contas sem taxas. Utiliza a rede Visa/Plus. Você fica mais protegido da variação cambial e em caso de perda, pode-se pedir sua substituição no exterior.

Entre em contato com sua instituição bancária de confiança, procure informações sobre os serviços disponíveis, suas taxas e a necessidade ou não de emitir novos cartões para esses fins.

É sempre útil levar uma pequena quantidade em dólares ou moedas locais para emergências. Essas podem ser compradas nas agências de cambio com a apresentação de seu CPF. Se optar por levar papel moeda, escolha os Dólares se for aos EUA ou for visitar mais de um país com moedas diferentes. No caso de visitar apenas um país opte por levar moeda daquele país. Caso opte pelo Dólar e depois tenha que converter em outra moeda você vai perder 2 vezes na conversão, portanto compre direto a moeda a ser utilizada nesse destino.

No caso de viagem dentro do Brasil, pesquise junto ao banco que você tem conta se nos destinos desejados existem agências ou caixas eletrônicos conveniados para saques em papel moeda.

De qualquer forma e em qualquer lugar não é prudente concentrar todos os seus cartões ou grandes quantidades de papel moeda em um único local durante suas caminhadas. A velha pochete de viagem dentro da calça continua sendo uma opção, como também os cofres dos hotéis de melhor qualidade (de preferência aos cofres com senhas digitais).

Category: Cartões de Crédito, Planejar e Comprar

Comentários (2)

Trackback URL | Comments RSS Feed

  1. José Ananias Neto says:

    Muito bom os comentários!

    Gostaria de saber se a fatura, gerada no exterior em moeda estrangeira, pode ser paga, em moeda estrangeira, no País de origem do cartão? Se possível, gostaria de uma resposta objetiva e enfática.
    Ex.: Comprei no exterior, moeda estrangeira. Quero pagar a fatura no Brasil em moeda estrangeira. É possível?

    Abraço!
    Grato pela atenção!

    Responder

    Rodrigo Purisch respondeu:

    No Brasil, não.

    Responder

Deixe um comentário

Os comentários publicados aqui são de exclusiva e integral responsabilidade de seus autores. Comentários que julgarmos conter termos chulos, que não respeitem a opinião dos demais, que tratem de problemas comerciais individuais com terceiros, que promovam o comércio de milhas, que tragam termos preconceituosos, que sejam identificados como textos publicitários ou que visem apenas denegrir a imagem de terceiros serão moderados e/ou excluídos. Comentários sem identificação clara de seu autor (nome e/ou email válido) também poderão ser excluídos.