Como Transformar Uma Viagem Para Buenos Aires Em Duas Usando 20.000 milhas Smiles ou Pontos TAM + 270 Reais

4 de April de 2007 | Por | 13 Comentários More
Com 20.000 milhas Smiles ou pontos TAM pode-se emitir uma passagem do Brasil para Buenos Aires do tipo ida e volta. Com cerca de 270 reais pode-se comprar uma passagem promocional (Aerolineas ou LAN Argentina) ida e volta de Buenos Aires para São Paulo. Click aqui para ver um Print Screen do site da LAN

Obs: Essas tarifas são promocionais e podem se esgotar a qualquer momento!!

Somando as duas :
Primeira Ida: Usando a o trecho de ida da sua passagem prêmio ( Varig/TAM GRU-BUE)
Primeira Volta: Usando o trecho de ida da sua passagem com preço promocional (Aerolineas/LAN BUE-GRU)

Segunda Ida: Usando a o trecho de volta da sua passagem com preço promocional (Aerolineas/LAN GRU-BUE)
Segunda Volta: Usando o trecho de volta da sua passagem prêmio (Varig/TAM BUE-GRU)

Algumas cias não gostam que se use este tipo de estratégia, pois a combinação deixa sem efeito algumas das regras da tarifa, como a permanência mínima. Gostem ou não, é possível realizar, mas se for fazer esse tipo de combinação evite fazê-lo usando passagens da mesma cia/aliança aérea.

Vantagem do Smiles: Você pode emitir uma passagem com uma antecedência de um ano, enquanto na TAM ela só pode ser emitida 4 meses antes, mas por outro lado não há limite de assentos para emissão de passagens prêmio em vôos na América do Sul.

Agora uma sugestão para usar aquelas 10.000 milhas TAM que estão para vencer:

A TAM permite a emissão de passagens só de ida em seus vôos, inclusive vôos internacionais. Que tal emitir uma passagem de ida para Buenos Aires com a TAM e comprar uma volta na promoção da classe executiva da LAN?

Essa dica é do Felipe, conhecedor profundo de aviação comercial: Na LAN Argentina é possível comprar o trecho Buenos Aires/São Paulo por cerca de 387 reais com taxas (tarifa saodeeev215).

Você até que poderia voltar usando uma das pernas de uma passagem de promoção em classe econômica citada mais acima, mas não recomendo, já que isso é considerado uma prática ilegal pelas cias aéreas.

Como disse o Riq , todos os feriados levam a Buenos Aires

Tags: , , , ,

Category: Programas de Fidelidade Aérea

Comentários (13)

Trackback URL | Comments RSS Feed

  1. Marcio Nel Cimatti says:

    Que ótima solução!! O Real valorizou um pouco mais. Como diz o Riq e com sua dica de passagem. Todos os feriados levam a Buenos Aires.

    Abs!

    Responder

  2. Anonymous says:

    Rodrigo

    Os valores que voce colocou nos posts, são em Reais mesmo, e não em dolares?

    Ernesto

    Responder

  3. Rodrigo Purisch says:

    Reais mesmo Ernesto!
    Adicionei um Print Screen

    Mas um preço desse parece que foi erro mesmo.

    Um abraço

    Responder

  4. Anonymous says:

    Ok, obrigado, pena que não tenho mais milhas todos os meus clientes geralmente me levam para trabalhar de gol. Em todo o caso a dica é muito boa, vou passar para alguem que tenha milhas.
    Eresto

    Responder

  5. Mô Gribel says:

    Não sei se é sono ainda, mas eu não entendi nada! rs
    Volto mais tarde…

    Responder

  6. jb says:

    Esta dica é boa. Já havia pensado em fazer isto com passagens da GOL, que até pouco tempo atrás ofereciam o trecho BUE-GIG-BUE (400 reais ida e volta) muito mais barato que o GIG-BUE-GIG ( 800 reais ida e volta). Com isto, compraria uma de cada (1200 reais, ou seja, 600 reais cada uma, um desconto de 25% sobre a tarifa).

    Responder

  7. Rodrigo Purisch says:

    JB,

    Pouco após o início das operações da Gol em BUE ela cobrava Bue-BHZ-BUE 500 reais e o contrário custava 1200 reais……

    Responder

  8. Anonymous says:

    Rodrigo,
    Só não entendi a parte de “ser ilegal”. Afinal, digamos q só se tenha as 10 mil milhas (p/ ida), nada impede q eu compre a ida e volta promocional pela LAN, mas só utilize a ida (EZE-GRU). Certo? Depois posso inclusive cancelar a volta (GRU-EZE) com a Lan…
    Pq você falou que era “prática ilegal”?
    Obrigada e parabéns pelo site cheio de informações!

    Responder

  9. Rodrigo Purisch says:

    Cada tarifa tem suas regras, tais como dias mínimos de permanência no destino, possibilidade de associação com outra tarifa, validade etc.

    Algumas combinações acabam por tornar sem efeito essas regras.

    Exemplo: Uma passagem com ida e volta no mesmo dia geralmente é mais cara que aquela onde se passa um final de semana no destino. Para burlar, posso comprar duas passagens e associa-las cirando 2 passagens diferentes que possam permitir que você volte no mesmo dia. Você burlou as regras. Por isso não recomendo usar a mesma cia nas duas passagens.

    Algumas cias podem deixar de creditar suas milhas quando você deixa de usar uma perna da passagem. Em alguns casos você não pode cancelar a passagem.

    Leia um pouco mais sobre o tema no post sobre regras das passagens aéreas.

    Responder

  10. Minah says:

    Super boa dica, Rodrigo.
    Tenho 11.000 milhas pela AAirlines e gostaria de saber se posso usar estas milhas para abater no trecho GRU-EZE-GRU com a TAM? Vc tem uma dica?

    Responder

  11. Rodrigo Purisch says:

    Minah,
    A American não emite passagem One-way (um trecho) usando milhas (só ida e volta) portanto não há o que fazer com essas milhas nessa rota.

    Responder

  12. veronica says:

    oi, gostaria de uma informação… eu não sei como funciona esse processo de milhas, porem eu tenho 28 mil pontos em meu cartão de credito, que me informaram que pode ser transformados em MILHAS, e eu tbm fiz uma viagem pra EUA ida e volta com a DELTA, e guardei os canhotos das passagens , pois me disseram que os canhotos eu tbm posso troca los por milhas, POREM minha duvida é: eu realmente posso trocar esses pontos do cartao de credito por milhas? posso trocar os canhotos da pasagem da DELTA? E como funciona depois pra comprar as passagens; se eu tiver pontos suficientes posso comprar ida e volta, ou eles so liberam IDA, e a volta tenho q pagar ….?? }
    Desculpa pela ignorancia, mas realmente sou leiga nesse assunto.

    Responder

  13. roberto lana says:

    Qual é a melhor opção para viajar para a Austrália com e sem plano de milhagem? Qual a melhor época?

    Responder

Deixe um comentário

Os comentários publicados aqui são de exclusiva e integral responsabilidade de seus autores. Comentários que julgarmos conter termos chulos, que não respeitem a opinião dos demais, que tratem de problemas comerciais individuais com terceiros, que promovam o comércio de milhas, que tragam termos preconceituosos, que sejam identificados como textos publicitários ou que visem apenas denegrir a imagem de terceiros serão moderados e/ou excluídos. Comentários sem identificação clara de seu autor (nome e/ou email válido) também poderão ser excluídos.