Destino EUA: Aproveite a Competição Tarifária em Brasília

14 de October de 2010 | Por | 175 Comentários More

A demanda por vôos para os EUA tem aumentado muito, as tarifas tem subido e o pior, as tarifas mais baratas se esgotam muito rapidamente.

Assim, conseguir uma boa tarifa tem se tornado algo complicado. A dica é aumentar o raio de sua busca e pesquisar tarifas saindo de outras capitais próximas a sua. Brasília tem vivido um momento de competição tarifária entre as cias que operam por lá (mesmo que via conexões) e as que se preparam para operar vôos diretos a partir de lá no futuro próximo.

Algumas tarifas partindo de Brasília (sem taxas inclusas):

Nova Iorque a partir de 659 USD na American (Q03DS3), Delta (TLSJ41), United (LLE3A).

Los Angeles a partir de 659 USD na United (LLE3A) e Delta (TLSJ41)

Miami a partir de 659 USD na American (Q03DS3), Delta (TLSJ41), United (LLE3A). Lembrando que a Lan tem tarifa na executiva a partir de 999 USD (vai de econômica premimum até Lima e depois de Executiva de Lima para Miami).

São Francisco a partir de 659 USD na Delta (TLSJ41) e 729 na Lan (XLESP877). Para quem parte de São Paulo, a Lan tem tarifas a partir de 699 USD.

Mas fique atento:

As tarifas mais baixas citadas acima acabam primeiro e vôos a partir de 15 de dezembro normalmente tem tarifas mais altas.

As aeronaves usadas em vôos diretos a partir de Brasília costumam ser menos confortáveis e modernas que as que partem de São Paulo.

Se você partir fora de Brasília, não se esqueça da franquia de bagagem que será diferente no trecho internacional e no trecho nacional. Algumas cias como a Avianca Brasil anunciam que mantém a franquia do vôo internacional se o check in for feito até 6 horas antes ou após o vôo internacional.

Lembre-se que ao unir duas passagens, você sempre corre o risco de perder uma conexão, já que a segunda cia aérea não tem responsabilidade pelos atrasos da primeira. Assim, sugiro que unam passagens de parceiros aéreos, o que facilita (não é garantia!) a resolução de problemas no caso de conexões.

Obrigado ao David pela dica da promoção São Paulo/São Francisco

Tags: , , , , ,

Category: Cias Aéreas, Com Destino Am. do Norte, De Passagens Aéreas, Estados Unidos, Los Angeles, Miami, Nova Iorque, Promoção

Comentários (175)

Trackback URL | Comments RSS Feed

  1. jose says:

    comprei na pascoa… R$809,00 LIM-EWR!!

    Responder

  2. Paula says:

    PROMOÇÃO COMBO LAM-CONTINENTAL: Brasilia-Nova York via Lima por R$ 760-ida e volta. Compra pelos sites da Decolar ou Submarino. Tem para várias datas (março, abril, setembro…). Vale tentar.

    Responder

  3. Paula says:

    Corrigindo: a tarifa Brasília-Nova York usando combinado Lan-Continental custou R$ 760 mais taxas.

    Responder

  4. Eduardo Nunes says:

    Em trechos LAN mesmo que passando por LIM se for só de passagem o peso é 2 x 32 Kg inclusive BSB-LIM já fui para MIA pela LAN passando por LIM e o peso é diferenciado quando se é “só passagem”em LIM.

    Responder

  5. Karen says:

    Luiz, Nao sei se suas passagens sao iguais as minhas, mas você verificou a franquia de bagagem para esses trechos?

    Estou enfrentando grandes problemas com a Decolar, já que somente depois que eu realizei a compra, no bilhete eletrônico informa para os trechos Brasil-Lima/Lima-Brasil (via LAN): 23K [no caso é 1 ou 2 malas pesando juntas até 23Kg] e para o trecho Lima-NY/NY-Lima (via Continental) informa “PC”…mesmo falando com a gerente de pós-venda, ela me informou que em todos os trechos são até 2 malas totalizando 23Kg.

    Responder

    Betinho respondeu:

    Olá, Karen,

    embora eu tenha falado em outro site que eram 2x32kg + 8kg de bagagem de mão, depois de uma confusão hoje ao tentar falar com a Continental para reconfirmar, resolvi ligar para o Submarino Viagens, e a atendente me confirmou, infelizmente, que seriam 2x23kg + bagagem de mão.

    Responder

    Karen respondeu:

    Oi betinho,

    eu já viajei, e por precaução, só levei 1 mala de 23Kg saindo do Brasil para NY com conexão em Lima. (Lan-continental)
    A moça que fez meu check-in aqui em SP achou estranho estar marcando 1 mala de 23Kg no sistema…acho que se eu tivesse com 2 de 23 ela deixaria fazer sem cobrança. As malas são mandadas direto pra NY, em Lima deu até pra fazer um city tour.
    Na volta não houve problmas nenhum, vc que imprime seu bilhete e as etiquetas de bagagem, aí vem um funcionario e só pergnta qtas malas vamos despachar…na volta eu trouxe 2 de 23Kg…eu até perguntei pra moça que veio colocar as etiquetas na mala se era 1 de 23Kg (como a Decolar.com me informou e a LAN confirmou no Brasi), ela disse que como eu estava indo pro Brasil, eram 2 de 32Kg.
    Boa viagem!

    Responder

    Eduardo Nunes respondeu:

    Fiz uma viagem pela Lan para Miami no ano passado e segundo informação da atendente do checkin, como eu estava indo para MIA mesmo passando (conexão) em LIMA eu teria direito a 2 volumes de 32 Kg. Meu problema é que como na volta fiz um stopover em LIMA, daí na volta LIM-GRU eu só podia 1 volumes de 23 Kg. Mas acho que isto é muito confuso até para os próprios funcionários da LAN. Boa sorte.

    Responder

    Betinho respondeu:

    Olá, Karen,

    ontem, entrei na página da Continental, pus o código da reserva em “Reservation > View Reservation” e pedi para me mandaram um recibo da viagem. Veio dizendo no recibo que “A concessão de bagagem de/para Brasil é 2 malas de 32 quilos/70 libras cada”. Confirmou então o que você falou no trecho da volta. Acho até que, neste trecho, a LAN acaba por aceitar a franquia de bagagem da Continental.

    Utilizando da sua boa vontade, surgiram-me algumas dúvidas :

    1) Você precisou pagar a taxa do aeroporto de Lima ? Se sim, foi tanto da ida quanto da volta ? Parece que a taxa já tá inclusa nas passagens adquiridas após JAN/2011, o que não é meu caso;
    2) Você tem informação de quantos kg na bagagem de mão se pode trazer na volta ?
    3) A impressão de bilhete e etiquetas de bagagem é estilo “faça você mesmo” no aeroporto e a moça só vem conferir ?

    Muitíssimo obrigado pela atenção e desculpe em só ter visto sua pergunta por esses dias.

    Até!

    —-
    Olá, Eduardo Nunes,

    concordo inteiramente com você : os próprios atendentes não tem certeza plena do que pode e o que não pode.

    Abraço,

    Responder

    Karen respondeu:

    Olá Betinho!

    Respondendo as suas perguntas:

    1) Você precisou pagar a taxa do aeroporto de Lima ? Se sim, foi tanto da ida quanto da volta ? Parece que a taxa já tá inclusa nas passagens adquiridas após JAN/2011, o que não é meu caso;

    Eu paguei na ida, pois como era uma conexão de praticamente 12 horas eu resolvi sair do aeroporto e fazer um city tour. Paguei 31 dólares se eu não me engano (comprei minhas passagens em 2010 e viajei em fev/2011). Vc só paga se sair do aeroporto. Se vc não quiser sair, é só ir para a fila de conexão e vc é mandado para os portões de embarque, senão, vc segue direto para a imigração e explica que está em conexão e quer sair do aeroporto. Na volta vc faz o check-in, sobe as escadas rolantes e vai para o portão que te leva aos portões de embarque. Assim que vc entrar, ao lado direito tem uns guichês, onde vc paga a taxa. Na volta, se vc não quiser sair do aeroporto, é só seguir a placa de voos de conexão.

    2) Você tem informação de quantos kg na bagagem de mão se pode trazer na volta ?

    Na volta, vale a da continental (18Kg). Mas não se preocupe pq nem na ida e nem da volta pesaram minha bagagem de mão, vc só tem que se preocupar em entrar rápido no avião para arrumar um lugar pra colocar a bagagem de mão se ela for grande. Mas não aconselho levar malas grandes na mão, pq se não entrar no bagageiro/não tiver mais espaço eles mandam vc despachar.

    3) A impressão de bilhete e etiquetas de bagagem é estilo “faça você mesmo” no aeroporto e a moça só vem conferir ?

    Sim, lá em Newark vc entra na fila e uma pessoa te direciona a um guichê que tem um terminal onde vc faz seu check-in. Mas eu vi uns guichês que tinham atendentes fazendo o check-in para as pessoas. Quando seu bilhete é impresso, aparece na tela para vc aguardar um atendente. Aí ele pergunta qtas malas vc vai despachar e coloca sua mala na esteira. Nem pesaram minhas malas (só colocaram a etiqueta), como elas eram grandes, não cabiam na caixa de plastico deles, pediram para eu colocar num carrinho que estava perto do guichê.

    Um conselho é fazer check-in de assentos antes (caso vc tenha preferencia de assentos ou esteja viajando com alguém). Eu fiz os da continental aqui no Brasil mesmo, só não lembro qto tempo antes (acho que foi uns 2 meses antes da viagem). E da Lan vc só pode fazer 48 horas antes do voo, então fiz aqui no brasil e na volta fiz lá de nova york.
    Se vc tiver acesso a uma impressora nos EUA, já imprima seu bilhete da Lan na volta. No meu caso, eu tinha 2 horas para fazer a conexão, então imprimi no hotel meu bilhete da Lan.

    Espero ter ajudado! Boa Viagem Betinho!

    Responder

    Betinho respondeu:

    Olá, Karen,

    não espere “só” ter ajudado : você dizimou e dirimiu qualquer dúvida que eu tinha :). Muitíssimo obrigado pelas suas respostas e pela paciência em respondê-las. O seu passo-a-passo ficou ótimo, quase um “for dummies”.

    Sobre a taxa no Peru : devo pagar na ida e dar uma volta na cidade, porque o tempo de conexão é maior. Na volta, dá umas 4h de diferença, mas todo o trâmite de entrada e saída não compensam.

    Sobre o check-in : eu acabei que o fiz nos voos LIM – EWR na quarta-feira junto com meu irmão. De fato, o voo da LAN não está aberto, mas agradeço por ter adiantado quando o check-in fica disponível.

    Mais uma vez, obrigado e ótimas viagens!

    Responder

  6. Lara says:

    Caetano,
    Acabei de comprar no cheaptickets e tive o mesmo problema. O sobrenome “dos Santos” apareceu como “dossantos”. O que vc fez? Conseguiu viajar assim mesmo? Ou conseguiu com que arrumassem? Estou bem preocupada e ajudaria bastante saber como vc resolveu situação semelhante… Obrigada, Lara

    Responder

    Caetano respondeu:

    Lara, ainda não resolvi.
    Estou preocupado, mas confiante que não haverá problema.

    Será que as companhias não conseguem arrumar isso quando do cheak in?

    Responder

  7. Felipe says:

    Olá Marcelo,
    quando viajou ao exterior apenas com o sobrenome externo, o destino era fora da América do Sul?
    Porque estou na mesma situação, irei viajar à Espanha, e no meu bilhete, esta apenas com meu nome e sobrenome materno.

    Atte,

    Responder

  8. Cibele says:

    Caetano e Lara,

    Vocês conseguiram viajar com o sobrenome desta forma????

    Estou com o mesmo problema com a SWISS, meu marido consta sobrenome composto e na passagem saiu junto (BernardiVieira).

    Embora o teleatendimento da SWISS tenha garantido que não terei problemas ao embarcar, fico na dúvida.

    Aguardo retorno de vcs..

    obrigada.

    Responder

Deixe um comentário

Os comentários publicados aqui são de exclusiva e integral responsabilidade de seus autores. Comentários que julgarmos conter termos chulos, que não respeitem a opinião dos demais, que tratem de problemas comerciais individuais com terceiros, que promovam o comércio de milhas, que tragam termos preconceituosos, que sejam identificados como textos publicitários ou que visem apenas denegrir a imagem de terceiros serão moderados e/ou excluídos. Comentários sem identificação clara de seu autor (nome e/ou email válido) também poderão ser excluídos.