GOL É Multada em 2 Milhões de Reais! Viva o Circo!

4 de August de 2010 | Por | 25 Comentários More

A ANAC anunciou que a Gol deve ser multada em cerca de 2 milhões de reais e ser proibida de fazer novos contratos de charters até resolvida a situação dos seus atrasos.

A Gol conseguiu fechar o quarto trimestre de 2009 com um lucro líquido de cerca de 398 milhões de reais. No primeiro trimestre de 2010 e lucrou 191 milhões de reais.

Acho que ela está realmente muito preocupada com essa multa, se vier mesmo a pagar e quando pagar, e estou certo de que ela, que já tinha visto as belas punições que a Tam levou no passado (você com certeza não esqueceu o natal de 2006!), vai pensar duas vezes antes de repetir uma coisa desse tipo. Ainda mais porque agora o poder judiciário se implantou nos aeroportos.

O Ministro da Defesa já fez suas declarações para acalmar os expectadores sem cutucar a onça, já que a vara é curta.

Brasil, cada dia mais parece um circo e eu me sinto cada vez mais o palhaço dele…

Category: ANAC, Caos, Consumidor

Comentários (25)

Trackback URL | Comments RSS Feed

  1. Manolo says:

    No meu entendimento, a culpa é primeiramente nossa, que não vamos atrás de nossos direitos mesmo quando somos esculachados publicamente. Mas a culpa também é do judiciário, que não se dá ao respeito e fica condenando as empresas a valores irrisórios sob o argumento de que o dano moral não pode enriquecer a vítima. Termina compensando para a empresa fazer o que quiser com o consumidor porque depois além de poucos irem atrás de seus direitos estes poucos ainda ganham valores baixos de indenização. A culpa igualmente é do Governo, que perdoa essas multas e quando não perdoa ninguém sabe se elas foram pagas nem para onde foi o dinheiro. E olhe que as taxas aeroportuárias praticadas no Brasil são caríssimas…

    E ainda tem que comemore a copa de 2014 e as Olimpíadas no Brasil… Mulher de malandro, que não cansa de apanhar…

    Responder

    Cinthia Rangel respondeu:

    Antes enriquecer o consumidor do que enriquecer as empresas às custas do consumidor. Não gosto nada dessa teoria do Judiciário! Se fosse que nem nos EUA, tenho certeza de que as empresas aéreas ficariam com medo de achincalhar os consumidores!
    Ab,
    Cinthia.

    Responder

  2. Arthur says:

    Rodrigo, grande post mesmo. Se cobrir o Brasil, vira circo; se cercar, vira hospício. Transporte público aqui, incluindo o aéreo, é uma vergonha… Mas é isso aí, temos que exigir nossos direitos, nem que leve cem anos. Todo mundo quer ir para o céu, mas ninguém quer morrer (Blitz).

    Abraços!

    Responder

  3. Cinthia Rangel says:

    Ontem estava voltando do RJ, pelo Galeão, e fiquei surpresa com uma informação da atendente da Gol no check-in. Disse que, a partir de hoje, a ANAC iria começar a fiscalizar, pessoalmente, o peso da bagagem de mão, ou seja, iria pesar toda bagagem de mão dos passageiros.
    Sei que toda e qq fiscalização é bem vinda, mas não tem coisa mais importante para a ANAC fiscalizar não? Na boa, pq não fiscaliza esse problema da Gol, de excesso de horas extras e inúmeras outras denúncias que estão surgindo!
    Será que a ANAC tem pessoal suficiente para todas essas fiscalizações? Se tiver, ótimo! Mas não acredito que tenha não, mas…

    Responder

  4. Ernesto says:

    No voo de ontem na TAM, havia uma fiscalização por peso… Não sei se era da propria empresa, numa preparação para a cobrança por bagagem despachada.

    Responder

Deixe um comentário

Os comentários publicados aqui são de exclusiva e integral responsabilidade de seus autores. Comentários que julgarmos conter termos chulos, que não respeitem a opinião dos demais, que tratem de problemas comerciais individuais com terceiros, que promovam o comércio de milhas, que tragam termos preconceituosos, que sejam identificados como textos publicitários ou que visem apenas denegrir a imagem de terceiros serão moderados e/ou excluídos. Comentários sem identificação clara de seu autor (nome e/ou email válido) também poderão ser excluídos.