Gol e Webjet: CADE Suspende Fusão Temporariamente, Mas Libera Code Share

27 de October de 2011 | Por | 4 Comentários More

O CADE suspendeu temporariamente a fusão da Gol com a Webjet visando preservar as empresas ante a uma possibilidade de que a fusão não seja aprovada pelo do risco de concentração de mercado.

Isso já aconteceu antes com a fusão Gol/Varig e vem se arrastando na fusão Nestlé do Brasil com a Garoto, por exemplo.

Por outro lado, o CADE liberou que as cias operem vôos em code share, isto é, que a Gol venda assentos em vôos Webjet sob numeração Gol e vice-versa. Então, se você não quer comprar Gol e voar Webjet, tenha atenção durante a compra sobre quem está operando o vôo.

Como já disse, nada contra a Gol e nada a favor da Webjet, mas o que precisamos é mais concorrência e não concentração de mercado com fusões como essa ou como a da Latam (Tam e Lan) com a Trip que só diminuem nossas opções.

Estudo publicado pelo Néctar recentemente que foi alvo deste post, demonstrou claramente que um maior número de cias aéreas operando a mesma rota provoca uma redução do preço das passagens e uma concentração gera efeito contrário.

Vamos esperar agora a decisão final do CADE.

Tags: , ,

Category: Cias Aéreas

Comentários (4)

Trackback URL | Comments RSS Feed

  1. Desde o anúncio da aquisição os preços praticados pela WEBJET aumentaram e muito aqui em Navegantes. No mesmo período a GOL realizou várias promoções. Tenho minhas dúvidas se a médio prazo a GOL manterá a marca WEBJET viva, creio que não. A medida será apenas para eliminar uma concorrência.

    Responder

  2. Só para vocês terem uma ídeia:

    Junho – NVT-GIG com 2 semanas de antecedência – R$ 99,99 e R$ 129,90
    Outubro – NVT-GIG com 2 semanas de antecedência – R$ 389,90 e 418,90.

    Tá bom ou quer mais?

    Responder

  3. Marcio Zamboni says:

    A gol lançou uma PROMO de 6 mil milhas para qualquer lugar do brasil , pelo smiles .
    Deem uma olhada la …
    Abraço

    Responder

  4. Bruno says:

    Trabalho na gol. A informação que temos é que a verdinha ficará laranja!

    Responder

Deixe um comentário

Os comentários publicados aqui são de exclusiva e integral responsabilidade de seus autores. Comentários que julgarmos conter termos chulos, que não respeitem a opinião dos demais, que tratem de problemas comerciais individuais com terceiros, que promovam o comércio de milhas, que tragam termos preconceituosos, que sejam identificados como textos publicitários ou que visem apenas denegrir a imagem de terceiros serão moderados e/ou excluídos. Comentários sem identificação clara de seu autor (nome e/ou email válido) também poderão ser excluídos.