Idas e Vindas 2: Gol Decide Iniciar Vôos para os EUA como Charter

7 de May de 2012 | Por | 16 Comentários More

A Gol depois de anunciar em março a solicitação à ANAC do direito de operar vôos regulares para os EUA, mudou de idéia.

Ao invés de iniciar vôo regulares, parece que decidiu iniciar com vôos charters a rota no dia 02 de julho de 2012. Essa é uma das opções utilizadas por cias que tem dúvidas sobre a viabilidade econômica de alguma rota. Se o charter mostrar bom retorno, vira vôo regular.

Mas se a Gol não tem idéia se um vôo para os EUA é economicamente viável, ou ela está sonhando em cobrar o mesmo que uma Tam ou United ou American pelo vôo (o que dificilmente mostrará ser viável no longo prazo) ou o pessoal da Gol anda mais perdido que cego em tiroteio em meio a tantas mudanças na companhia.

Seguindo a sensação que eu tenho de que a Gol queria ser Webje,t fica minha sugestão: Inicia então os vôos como Webjet, cobra menos que a concorrência porque oferecerá menos mesmo e ganha a fama de ser a primeira low cost a operar um vôo entre o Brasil e os EUA! Tem mercado para isso, mesmo que uma parte dos passageiros precise de mais de um dia após a viagem para recuperar do aperto.

Fonte: Fórum Contato Radar

Tags: , ,

Category: Cias Aéreas

Comentários (16)

Trackback URL | Comments RSS Feed

  1. jorge says:

    Os Constantinos estão perdidos mesmo. A Golsó entra nos trilhos ao meu ver, quando ela vender os outros 17% da cia( pode no máximo vender 20%) para a Delta. Esta sim entende de aviação comercial.

    Responder

    RABUGENTO respondeu:

    Ué?!
    Essa negociação já existe. Faltava autorização mas parece que já está ok.

    O dinheiro deve estar indo todo para os advogados criminalistas, isso sim.

    Responder

    GDC respondeu:

    Rabugento,
    se só estiver faltando alguma autorização para concluir a negociação como você menciona, pode ser que este movimento seja influenciado pela própria Delta a fim de não competir com ela mesma.

    Apesar de achar que voo em aeronave single aisle e com escala é concorrencia com Avianca, Taca e Copa e não com as americanas e a Tam que utilizam aeronaves maiores e oferecem voos diretos.

    Responder

    Diego respondeu:

    A diferença é que AviancaTaca e Copa voam de várias cidades brasileiras para seus hubs e de lá oferecem vôos para inúmeros destinos na América do Norte e Central, e a Gol vai oferecer um vôo partindo de uma única cidade e tendo como destino uma única outra. Aí fica difícil concorrer, só pode achar espaço pq é brasileira mesmo, conhecida do público menos acostumado com cias aéreas e tal. Mas isso não sustenta nem empresa de aviãozinho de papel no longo prazo.

  2. Diogo Avila says:

    Concordo com você Rodrigo, vejo como tendência a GOL virar lowcost a longo prazo.
    Pena que isto levaria ao isolamento da TAM no mercado e à perda da concorrência no âmbito nacional, o que é péssimo para o consumidor.

    Responder

    Bernardo Cretton respondeu:

    Diego, não concordo com vc, quanto ao isolamento da TAM, pois vamos continuar tendo público que prefere pagar mais pra ter serviço de qualidade (meu caso) e menos pra economizar, o que não quer dizer que o rico pague só voos caros e o menos valorizado pague voos baratos. Temos público de todo tipo. Eu, como não consigo dormir num voo, o conforto é primordial pra eu chegar “o menos quebrado” possível no destino. Há gente que prefere gastar pouco num voo e muito num hotel; há gente que prefere hotel mais simples, voo mais barato e bons restaurantes, logo, acho que teremos mercado pra tudo. Todavia, concordo, também, que a TAM anda praticando preços pros EUA bastante caros.

    Responder

    Marcelo V Silva respondeu:

    Bernardo,

    Sugiro usar espumas no ouvido e vendas nos olhos para poder conseguir dormir nos voos… Eu faço isto sempre e sempre durmo bem. Boa sorte !
    Marcelo

    Responder

  3. Que várzea!

    Não entendo muito de voos charter, mas avaliar a demanda por esse tipo de voo não creio que forncerá muita informação qualitativa a respeito do condumidor de voos regulares, existem outras questões: como uso de milhas Smiles, compras não planejadas, etc.

    A Gol tá mais perdida que barata tonta!

    Responder

  4. Renato M says:

    Sem chance Rodrigo! Voar de Webjet por mais do que uma hora já é um martírio, imagine voar até os EUA! Nem que me pagassem. E voar de Gol para o EUA, nem de graça.

    Responder

  5. Emilio says:

    Voo charter ? Não acredito. Estão de bricandeira ! Claro que a rota é mais do que viável para ser uma rota regular. A população brasileira tem cada vez mais renda para comprar uma passagem aérea principalmente para os EUA.

    Responder

  6. Bruno Holtz says:

    Mais uma demonstração que o planejamento da GOL está bambo, e sem referencias. Somente podemos lamentar. Em tese, seria mais uma opção para os EUA, que poderia fazer com que a concorrencia se reposicionasse nas tarifas. Mas o que vemos é que o unico efeito a ser provocado nos compedidores será mesmo o riso…
    Vocês tem certeza que o controlador desta empresa é mesmo o Constantino. Não seria na verdade o Schetino???

    Responder

  7. Prezados, discordo da opinião dos senhores e até da sua Rodrigo, senão vejamos: A GOL foi a única cia no mundo com problemas de caixa? NÃO

    O Querosene não esta sendo o principal fator para a crise das cias mundo afora? SIM

    A American Air Lines não faliu pq esta voando por conta de proteção judicial? SIM

    Se a AA fosse Brasileira como foi a Varig ela já não teria falido? SIM!

    A TAM foi vendida para não quebrar? SIM!

    É a primeira vez que a GOL tenta voar para o outro lado da America do Sul? NÃO!

    Isto posto entendo que o(s) constantinos não estão agindo perdidamente mas sim com estrategia e cautela.

    Responder

  8. GUILHERME MESQUITA says:

    Recuperar do aperto e da inanição por servirem amendoims e barras de cereais. Ah eh mesmo, nem isso mais! KKKK

    Responder

  9. Márcio says:

    Rodrigo, confirmado: voos GOL para Miami exclusivo para clientes Smiles de 7 de julho a 4 de agosto pelo custo de 40 mil milhas o trecho ou 80 mil ida e volta! Veja isso:

    http://www.voegol.com.br/smiles/pt-br/o-smiles/novidades/paginas/miami.aspx?s_icid=pt-TVFlashHomeSmiles-Miami-maio-doze

    Responder

  10. Daisy says:

    Caro Rodrigo e seguidores deste site,eu e todos que acumulam milhas e pontos em cartões de crédito,postos de gasolina,mercados e etc… com o objetivo de viajarmos pagando com pontos ou milhas ,após essa árdua tarefa de acumulá-los ,as vezes por anos,estamos vivendo um momento extremamente difícil pois esta quase impossível irmos aos USA,fiz uma pesquisa com a Tam e descobri que em datas fora da alta temporada são necessários 65000 pontos /trecho para se ir a New York ou Miami totalizando 130.000 pontos para viajar em classe econômica,por essas e outras é que a Gol praticamente acha que esta nos fazendo um grande favor em nos oferecer ida e volta a Miami por 80.000 milhas.Qual será a próxima novidade da semana?Tenho até medo de saber….. Abraços a todos.

    Responder

Deixe um comentário

Os comentários publicados aqui são de exclusiva e integral responsabilidade de seus autores. Comentários que julgarmos conter termos chulos, que não respeitem a opinião dos demais, que tratem de problemas comerciais individuais com terceiros, que promovam o comércio de milhas, que tragam termos preconceituosos, que sejam identificados como textos publicitários ou que visem apenas denegrir a imagem de terceiros serão moderados e/ou excluídos. Comentários sem identificação clara de seu autor (nome e/ou email válido) também poderão ser excluídos.