Imprensa Argentina Noticia que Lula Pensa em Ajudar a Aerolineas

2 de August de 2008 | Por | 3 Comentários More
Se não bastasse os problemas locais, nosso presidente que tem PHD em caos aéreo deve viajar a Argentina em breve, e um dos temas a serem tratados é uma possível ajuda a Aerolineas Argentinas.

A cia argentina que tem enormes dívidas e não tem crédito na praça, além de estar em processo de incorporação pelo governo argentino, que por sua vez não tem dinheiro sobrando, espera receber uma força do BNDS via Lula para financiar a compra de aeronaves da Embraer. Fala-se ainda de uma possível instalação de uma fábrica da Embraer em solo argentino.

Os donos da BRA devem estar acompanhando de perto esse negócio, já que ainda esperaram ganhar uns trocados vendendo seus lugares na fila para receber aeronaves Embraer. Como nós temos um coração enorme e já ajudamos a Bolívia via Petrobrás, devemos ajudar também a Aerolineas. Quem sabe o Lula não está adquirindo knowhow para implantar a cia estatal que um dia ele ameaçou em fazer? Olha que pode ser binacional…..

Tags:

Category: Cias Aéreas, Por Sua Conta e Risco

Comentários (3)

Trackback URL | Comments RSS Feed

  1. Guilherme Lopes says:

    O Lula podia fazer um acordo com a Kirchner: eles entram com os vôos e nós com os passageiros!

    Rodrigo, me responde uma coisa: porque a GOL está vendendo seguro residencial? Será que é receio dos aviões deles cairem sobre nossas casas? Credo…

    Responder

  2. Geraldo says:

    O Sr. Presidente deveria ir à Argentina de Aerolineas, pra prestigiar os nossos hermanos.

    Responder

  3. Rodrigo Purisch says:

    Guilherme,

    Mistério…..Agora mesmo começa a vender roupa e computador…

    Geraldo,

    Se todo homem público fosse obrigado a usar apenas aquilo que ele oferece a população, o Brasil seria outro…

    Um abraço

    Responder

Deixe um comentário

Os comentários publicados aqui são de exclusiva e integral responsabilidade de seus autores. Comentários que julgarmos conter termos chulos, que não respeitem a opinião dos demais, que tratem de problemas comerciais individuais com terceiros, que promovam o comércio de milhas, que tragam termos preconceituosos, que sejam identificados como textos publicitários ou que visem apenas denegrir a imagem de terceiros serão moderados e/ou excluídos. Comentários sem identificação clara de seu autor (nome e/ou email válido) também poderão ser excluídos.