LAN: Mais uma Cia Adota o Conceito de Low Fare

15 de March de 2007 | Por | 3 Comentários More
A Gol anda fazendo escola na América do Sul. Os seus bons resultados financeiros, sua forma operar e seu crescimento têm feito a concorrência se mexer. A TAM tem se espelhado tanto na Gol, que pode estar ocorrendo até uma crise de identidade dentro da mesma.

Agora é a vez da LAN que deverá implantar um modelo híbrido, muito comum hoje na Europa e EUA, atuando com uma cia de Low Fare (baixas tarifas e um serviço de bordo reduzido) dentro dos vôos regionais na América do Sul e como uma cia tradicional nas principais rotas internacionais. Parece que o Brasil se manterá nesse último grupo por enquanto.

Desde a ampliação das rotas da Gol no mercado da América do Sul, a LAN vem sofrendo o peso da concorrência em rotas antes por ela dominada. Esse modelo híbrido foi a forma encontrada pela cia para manter a competitividade nos mercados onde atua.

Tags:

Category: Cias Aéreas

Comentários (3)

Trackback URL | Comments RSS Feed

  1. Arnaldo - FATOS & FOTOS de Viagens says:

    Rodrigo, em sua opinião, o que implica, exatamente, em transformar uma cia. aérea tradicional em uma “low coast”, ou, ainda, uma “híbrida”? Mais, o que diferencia, fundamentalmente, uma cia. tradicional de uma low coast, relativamente àquilo que não é óbvio para nós. Ou seja, o que mais é necessário fazer além de reduzir drasticamente os custos com as amenidades para os passageiros, serviços de bordo, tickets eletrônicos, etc. te pergunto porque você é mestre no assunto e eu sou curioso nele. Grande abraço!

    Responder

  2. Rodrigo says:

    Arnaldo,

    Vou fazer um post sobre o tema para agente discutir depois.

    Responder

  3. Anonymous says:

    Rodrigo

    A LAN na rota para Buenos é low cost sim! Fui para lá em Janeiro, e além de um serviço de bordo mesquinhissimo, com um sanduiche porquesimo ( ou seja de presunto ruim !!) o espaço também era mínimo. Só não dá para reclamar mais por causa do preço, que foi camarada, U$ 310 mais taxas

    ERnesto

    Responder

Deixe um comentário

Os comentários publicados aqui são de exclusiva e integral responsabilidade de seus autores. Comentários que julgarmos conter termos chulos, que não respeitem a opinião dos demais, que tratem de problemas comerciais individuais com terceiros, que promovam o comércio de milhas, que tragam termos preconceituosos, que sejam identificados como textos publicitários ou que visem apenas denegrir a imagem de terceiros serão moderados e/ou excluídos. Comentários sem identificação clara de seu autor (nome e/ou email válido) também poderão ser excluídos.