Lan Pass: Agora Permite Transferência de KM Entre Contas

28 de October de 2011 | Por | 18 Comentários More

O programa de fidelidade Lan Pass da Lan, e quem sabe da futura Latam, anunciou que além de poder comprar quilômetros (unidade de medida do programa) para inteirar o número necessário para emitir uma passagem prêmio, agora é possível transferir KM entre contas mediante pagamento de taxas.

Pagando-se 7 USD por cada bloco de 1 mil KM, você pode transferir no mínimo 2 mil e no máximo 100 mil KM por ano. Não é uma pechincha (já que alguém gastou para acumulá-las), mas pode ajudar quando se precisa de um pouco de KMs para emitir uma passagem prêmio.

Já emiti uma passagem prêmio no Lan Pass para os EUA usando do artifício de compra de milhas para fechar o negócio. Gostei da experiência. O problema é que nas minhas últimas buscas no Lan Pass, eu tive dificuldade em encontrar passagens para emitir usando o número mínimo de KM da tabela.

Alguma semelhança com uma cia nacional que vai se fundir com a Lan?

Tags: , ,

Category: Programas de Fidelidade Aérea

Comentários (18)

Trackback URL | Comments RSS Feed

  1. Cris says:

    Rodrigo,

    Tb tive uma boa experiência com o Lanpass em março desse ano. Consegui pelo ir para NY com o menor número de milhas da tabela, mas já tem uns meses que não encontro os mesmos valores, uma pena….Aguardo uma nova promoção de transferência do Santander, quem sabe!

    Abs.

    Responder

  2. MARCONE says:

    Exatamente Rodrigo, estou com a mesma dificuldade na LANPASS de fazer emissões com o número mínimo de Kms – é uma pena porque já abandonei o programa e comecei a acumular com o AAdvantage – paciência.
    A TAM já está corrompendo a LAN…

    Agora uma dica, o AADvantage tem um esquema pra chegar no nível elite mais rápido, é só ligar na central dos EUA, informar que você é elite em um outro programa (no meu caso LAN e TAM) e eles fazer um negócio que chama ELITE challenge – na prática você paga 200 dolares para participar e dentro de 90 dias você precisa voar 10000 milhas com a AA – pronto você já se qualifica para o nível platinum deles, que dá 100% de bonificação nas milhas voadas. Um abs e parabéns pelo blog!

    Responder

    Rodrigo Purisch respondeu:

    Há muito tempo atrás demos essa dica do Challenge.
    Você usou?

    http://www.aquelapassagem.com.br/um-atalho-para-o-status-elite-do/

    Responder

    Márcio respondeu:

    Marcone,

    Fiz a mesma coisa que voce, já passei a acumular no AA.

    Depois da fusao com a TAM as passagens premios que eram conseguidas a vontade com 48.000 km para a América do Norte … sumiram …

    Fiz a ultima viagem premio para Cancun e ainda tenho 96.000 km para gastar mas nao estou conseguindo nada interessante.

    Márcio

    Responder

    MARCONE respondeu:

    Rodrigo, estou fazendo agora. Já paguei os USD200 e vou fazer minhas 10.000 milhas a partir de domingo em uma viagem para Dallas. Depois eu volto aqui e te falo se deu certo o upgrade, mas a princípio, náo tem erro, pq eles te dão um código de reserva onde o acordo é registrado.

    Márcio, hj eu tenho 106000 kms na LAN também, uma pena que está táo difícil achar um bilhete para os EUA com 48.000. Eu encontrei algumas disponibilidades para Março – mas pra mim náo é um bom mês para férias, infelizmente.
    Abs!

    edson sieg respondeu:

    Olá Amigos,

    Eu viajei para SYD pela QANTAS na classe O, que pontua 100% na LAN, mas que pontua apenas 50% No Advantage, daí não pensei duas vezes ” vou acumular os 100% na LAN, acumulei praticamente 30.000 pts e pensei que iria abater estes 30.000 na troca de uma passagem completando com pontos COMPRADOS, mas para minha surpresa:

    se eu tive acumulado os 50% no AA seria mais fácil emitir brasília Miami/NYC (comprando mais alguns ptos) do que com os pontos que tenho no Lanpass.

    Tudo pq a rota Brasília está sendo desativada, aí a Lan emite sim o bilhete premio caso vc não more em SP ou RJ, porém incluindo outra companhia parceira com muitos, muitos pontos mais( algo entre 110 ou 136 mil ptos).

    Portanto, fica a dica: só tá valendo mesmo emissão com 48.000 pts p américa do norte saindo de SP. e mesmo assim, pelo q busquei só para MIA ou NYC se acha com certa facilidade.

    Procurei para los angeles e nada com menos de 112.ooo (mesmo voando LAN) isso até outubro do ano q vem.

    O AA parece ser melhor opção nestes casos já q a AA sai de vários destinos do Brasil.

    Fica a dica.

    Gabriel Dias respondeu:

    Não precisa dizer que é elite em nenhum outro programa. Qualquer um pode fazer o desafio. Só acho que vale a pena se você tiver muitos voos programados na AA, senão de nada adiantará.

    Responder

    GDC respondeu:

    Gabriel,
    pelo que pesquisei, caso você informe que tem status Elite em outro programa você já começa a pontuar com a bonificação de Gold desde o ínicio dos 90 dias do challenge:

    “An AA Challenge is successfully completed when you earn the requisite number of points within the three month period after you sign up. In general, status is not conferred during the Challenge itself, however it has been reported that Platinum Challenge participants having elite status on another airline may be granted temporary Gold status immediately upon commencing the challenge.”

    http://www.flyerguide.com/wiki/index.php/Challenge_(AA)

    Responder

    Gabriel Dias respondeu:

    Sim, mas você não precisa tê-lo para realizar o desafio.

  3. Caro Edson,

    obrigado por compartilhar essa informação. A LAN chegou a me dar 2mil milhas de boas vindas mas creio que não as utilizarei, tá bem complicado vislumbrar uma emissão de bilhete prêmio. Que coincidência né!? A Lan e a TAM dificultando para os consumidores.

    Abraço!

    Responder

    edson sieg respondeu:

    Olá amigos!
    Será q alguém poderia me tirar uma dúvida?
    Alguns trechos operados po qela LAN, AMERICAN OU DELTA saem mais baratos ( às vezes bem mais) quando comprados no site do país de origem. Ex.: comprar passagem para os EUA no site da LAN ARGENTINA ou LAN CHILE ,mesmo saindo do brasil, sai mais barato q se comprar pelo site LAN no Brasil.

    Alguém sabe pq??? Acho q li algo sobre o governo subsidiar o valor das passagens…sei lá, não lembro bem ou talvez cidadãos destes países é q podem fazê-lo?? Já li algo sobre isso mas não me lembro bem…enfim, alguém saberia esclarcer isso?

    E valeu, Delatorre!

    Responder

    Wilian Delatorre respondeu:

    Edson,

    eu não sei o propósito, mas eu sei que existe. Na AA eu nunca percebi, comprei vários trechos para meus parentes e o preço sempre foi mantido. Eu já vi isso acontecer na Avianca e na TACA. Espero que mais alguém possa te ajudar nessa dúvida.

    abraço!

    Responder

    José Oliveira respondeu:

    A Lan tem tarifas específicas para cidadãos argentinos e peruanos nos respectivos sites. Você consegue comprar, porém na hora do embarque é feita a verificação da cidadania.

    Responder

    wagner respondeu:

    Acredito que um dos fatores para controle é o endereço de cobrança do cartão de crédito. Há algo a respeito disso no site da AA.

    Aí entra minha dúvida. Se eu tiver uma conta corrente no exterior,(USA p.ex.) posso comprar passagens round trip “lá” com início em GRU ?
    Ou então com conta em algum vizinho sulamericano…

    Fernando Lima Gama Junior respondeu:

    A explicação é que o brasileiro está disposto a pagar mais, a nossa economia está crescendo e o pessoal quer enfiar a faca em nós. Se você comprar com preço argentino, terá o embarque rejeitado. Passei por isso uma vez, tive que pagar a diferença e voar no dia seguinte no trecho GRU – EZE.

    Responder

  4. Fernando Lima Gama Junior says:

    No entanto, as regras do LanPass são muito menos transparentes do que as da TAM e as do Smiles. É muito complicado emitir passagens com pontos – eu mandei vários pontos e não consigo emitir nenhuma passagem prêmio. Exige-se ida e volta obrigatória, não existe a disponibilidade mínima de assentos por trecho (não consegui achar trechos com mais de 3 meses de antecedência), o site é confuso, não permite visualizações de várias datas próximas, é necessário reiniciar a consulta quando não há voos disponíveis na data/trecho selecionados, há trechos não disponíveis para LanPass mas que podem ser comprados com dinheiro. Ou seja, é muito complicado usar o LanPass para quem está acostumado com a TAM ou Smiles.

    Responder

  5. Fernanda says:

    Olá,

    Não sei se já existe um post sobre o assunto, mas como não encontrei e é sobre a LAN … lá vai. Estou pesquisando vôos (BUE/MENDOZA/BUE) e acontece o seguinte, quando entro no site e escolho o país Argentina e faço uma simulação, o valor final é de aprox. 1500 pesos e se mudo o país para Brasil, o valor que me aparece é de 1500 reais. Alguém sabe o por que disso?

    Responder

    Rodrigo Purisch respondeu:

    Lan Argentina e Peru tem tarifas só para residentes. Pode ser uma dessas

    Responder

Deixe um comentário

Os comentários publicados aqui são de exclusiva e integral responsabilidade de seus autores. Comentários que julgarmos conter termos chulos, que não respeitem a opinião dos demais, que tratem de problemas comerciais individuais com terceiros, que promovam o comércio de milhas, que tragam termos preconceituosos, que sejam identificados como textos publicitários ou que visem apenas denegrir a imagem de terceiros serão moderados e/ou excluídos. Comentários sem identificação clara de seu autor (nome e/ou email válido) também poderão ser excluídos.