Mexicana: Tarifas Para EUA Partindo de Diversas Capitais

7 de October de 2009 | Por | 4 Comentários More

A Mexicana voltou a fazer promoção de tarifas para os EUA, Canadá e México. As tarifas não estão tão boas como no passado, mas agora ela anuncia tarifas válidas para outras capitais além de São Paulo de onde partem seus vôos.

Tarifas a partir de (sem taxas inclusas) 667 USD para os EUA, 808 USD para o Canadá e 849 USD para o México partindo do Rio de Janeiro, Porto Alegre, Curitiba, Florianópolis, Belo Horizonte, Brasília, Salvador, Recife e Goiânia. Tarifas classe de reserva Q. O trecho entre as cidades acima e São Paulo deve ser emitido na Tam (classe L) ou Gol (classe B). Como o site próprio da cia aérea não consegue fazer isso, se você tiver a intenção de comprar, vai ter que procurar seu agente de confiança ou o escritório da Mexicana.

Se você decidir partir de São Paulo, vai pagar 100 USD a menos.

Tarifas válidas para voar até 14 de março de 2010, exceto do dia 10 de dezembro de 2009 a 15 de janeiro de 2010. Compras até 19 de outubro.

Já tivemos tarifas melhores, mas comparando com as demais cias, a Mexicana ainda é uma das mais baratas. Atenção a questão do visto mexicano, já que sem ele, você fica preso na sala de conexão internacional até o próximo vôo.

Compare antes de comprar e leia as regras das tarifas! A Avianca e a Copa têm alguns preços semelhantes dependendo de onde se parte.

Obrigado ao David por ter enviado a dica da promoção postada no Panrotas.

Tags: , , ,

Category: Promoção

Comentários (4)

Trackback URL | Comments RSS Feed

  1. Ulisses says:

    Os baixos preços da Mexicana nem sempre valem a pena. Comprei passagens GRU – LAX com volta MIA – GRU, ainda na promoçao anterior. A ida transcorreu sem problemas, notei apenas que o aviao é antigo e nao tem aquelas telinhas individuais, e que na conexao em Cidade do Mexico todas as bagagens de mao sao revistadas, mesmo eu nao tendo saido da área de embarque. O serviço de bordo foi bom.
    Já a volta… Havia sido informado no Brasil, por um atendente “on line” da Mexicana e pelos funcionários do check inn que o limite de bagagens era de duas peças de 32kg. Mas os funcionários da companhia em Miami desconheciam esta informaçao, e só depois de muita (muita mesmo) discussao aceitaram embarcar as malas sem cobrar encargos. Sorte que tinha um impresso da conversa com o atendente “on line” e pude mostrar pra um brasileiro que estava trabalhando no check inn.
    Saindo de Miami o aviao fez uma parada em Cancun, e todos os passageiros tiveram que descer. Quem ia pra Cidade do Mexico descia, passava pela imigraçao mexicana e reembarcava. Soube apenas em MIA que aquelas pessoas sem visto mexicano nao poderiam ter viajado neste voo, pois tinha duas escalas no México. Ainda bem que tinha o visto, mas a falta de informaçao é assustadora, ninguém avisou deste “detalhe” no Brasil. Chegando finalmente na Cidade do México fui informado que o voo havia sido cancelado. Nao pediram desculpas, nao explicaram a razao do cancelamento, nem a que tinha direito, simplismente disseram: “vá para o hotel e volte aqui às 4 da manha”. No horario combinado foram mais duas revistas nas bagagens de mao (uma para entrar na area de embarque e outra pra entrar no aviao), mais uma hora de atraso e o voo saiu. No geral o atendimento na Cidade do México foi muito ruim. Nao pretendo mais voar pela mexicana quando em viagem para os EUA.

    Responder

    Rodrigo Purisch respondeu:

    Ulisses,

    Essa informação sobre visto e conexões em sempre é bem clara.

    Se você não tivesse o visto teria que dormir no aeroporto após o cancelamento do seu vôo?

    Responder

    David respondeu:

    Rodrigo, já me informei… se não tiver o visto dorme no aeroporto(!) ou é deportado.

    Responder

    Rodrigo Purisch respondeu:

    Então viajar sem visto pode se transformar numa grande roubada….

Deixe um comentário

Os comentários publicados aqui são de exclusiva e integral responsabilidade de seus autores. Comentários que julgarmos conter termos chulos, que não respeitem a opinião dos demais, que tratem de problemas comerciais individuais com terceiros, que promovam o comércio de milhas, que tragam termos preconceituosos, que sejam identificados como textos publicitários ou que visem apenas denegrir a imagem de terceiros serão moderados e/ou excluídos. Comentários sem identificação clara de seu autor (nome e/ou email válido) também poderão ser excluídos.