OpenSkies: Nova Cia Aérea da British Anuncia Início de Operações. American: Reduz Rotas

29 de May de 2008 | Por | 2 Comentários More
A OpenSkies anunciou o início de suas operações para junho quando deverá iniciar a rota ligando Paris (Aeroporto Orly) à Nova Iorque (JFK).

Interessante é que quase ao mesmo tempo a American anunciou o fim dos vôos em julho ligando a mesma Nova Iorque à Londres (Stansted). A Rota usando o aeroporto de Heathrow continua.

A American ainda anunciou o fim dos vôos ligando Chicago nos EUA a Honolulu e Buenos Aires.

Tags: , ,

Category: Cias Aéreas

Comentários (2)

Trackback URL | Comments RSS Feed

  1. Anonymous says:

    Adoraria ler um texto explicando POR QUE as companhias aereas do pais mais rico do munod vao tao mal das pernas, com aquele mundo de passageiros e empresas endinheiradas….

    Responder

  2. Rodrigo Purisch says:

    Não sou analista, mas as causas são muitas. Primeiro, você vê uma crise assolando cias aéreas americanas e algumas cias com forte influência estatal. As grandes cias Européias e as grandes cias low cost não andam merguladas em problemas e dívidas. É claro que vão sofrer com os altos custo do petróleo. Nos EUA o mercado é muito competitivo e as grandes cias acabaram de sair de uma profunda crise causada pelos atenados terroristas. O mercado interno é extremamente competitivo, além de responder as mudanças de forma muito rápida, e com isso a margem de lucro não é muito alta. Enquanto as demais cias bem administradas e sólidas trocaram suas aeronaves por outras mais modernas e com menor consumo e manutenção,as cias americanas pressionadas pela competição, pelo seu tamanho e pelas finanças que só agora começaram a melhorar não investiram. Agora com um petróleo alto gerando aumento de custo e com uma demanada interna que responde rápido ao aumento dos preços a situção se agravou. Entenda-se também que as cia aéreas são encaradas por seus administradores como investimentos e assim que deixam de ser uma opção interessante, ele não pensam duas vezes antes de tomar um atitude. O governo lá não fica protegendo uma cia em especial e age sempre a favor do mercado.

    Um sociedade que depende demais do petróleo e que vê sua moeda perder força.
    Não só essas as causas,mas algumas delas. Na Alitalia, na Olympic entre outras a coisa tem outras origens, mais próximas da história da Varig.

    Responder

Deixe um comentário

Os comentários publicados aqui são de exclusiva e integral responsabilidade de seus autores. Comentários que julgarmos conter termos chulos, que não respeitem a opinião dos demais, que tratem de problemas comerciais individuais com terceiros, que promovam o comércio de milhas, que tragam termos preconceituosos, que sejam identificados como textos publicitários ou que visem apenas denegrir a imagem de terceiros serão moderados e/ou excluídos. Comentários sem identificação clara de seu autor (nome e/ou email válido) também poderão ser excluídos.