Rapidinhas 1

10 de January de 2007 | Por | Comente More
A Tam, segundo a Mercado e Eventos , está com os vôos para Paris lotados até março, em parte pelo sucesso da rota e em parte pela carência de aviões vivida pela cia. Tomara que não seja lotado e com overbooooking ! Ela já começou a aceitar reservas para o vôo para Milão, na Itália, que vai se iniciar dia 30 de março. Fica a pergunta: Por que se preocupar com o consumidor se o lucro está garantido e eu tenho como agência reguladora a ANAC?
A TAM iniciará em breve os vôos com antigos MD11 da Varig, os quais permanecerão em atividade (antes de serem convertidos em aviões de carga…) até a chegada dos 777 negociados com a Boeing . A chegada desses MD11 parece estar atrasada (estão sendo pintados na VEM), o que levará a TAM, que tem mais rotas que os aviões na mão, a rebolar. Em virtude desse atraso e da eexpansão das rotas internacionais já programadas (?), durante um curto tempo, os vôos para Miami deverão parar em Manaus, já que as aeronaves que serão usadas na rota nesse hiato (A320) não tem autonomia para um vôo direto. Se você comprou Classe Executiva e voa nos próximos dias, vale a pena checar com a TAM a sua passagem…

Os usuários da rota Brasil/Madrid que ficaram órfãos da Air Madrid, podem se alegrar pois, Air Europa deve aumentar suas freqüências de São Paulo para Madrid de 7 para 11 vôos semanais , fora os 4 vôos saindo do Rio de Janeiro e outros 4 saindo de Salvador. A Varig está querendo voltar a voar para Espanha em breve.

A Pluna , cia uruguaia que a Varig possuía participação 49 % e a devolveu ao governo uruguaio no final de 2006, vendeu essa mesma participação a um grupo internacional que promete investir na cia. A Pluna sofreu muito com o processo de deteriorização da Varig e o povo uruguaio merece um cia aérea mais forte e atuante no mercado sul americano. Esperam-se novas aeronaves e o lançamento de novas rotas, que possivelmente irão utilizar o Brasil como uma parada intermediária entre o Uruguai e o destino final.

Category: Notícias

Deixe um comentário

Os comentários publicados aqui são de exclusiva e integral responsabilidade de seus autores. Comentários que julgarmos conter termos chulos, que não respeitem a opinião dos demais, que tratem de problemas comerciais individuais com terceiros, que promovam o comércio de milhas, que tragam termos preconceituosos, que sejam identificados como textos publicitários ou que visem apenas denegrir a imagem de terceiros serão moderados e/ou excluídos. Comentários sem identificação clara de seu autor (nome e/ou email válido) também poderão ser excluídos.