Rapidinhas Internacionais

24 de March de 2009 | Por | 2 Comentários More

A grega Olympic finalmente foi vendida para um grupo privado grego, após anos de prejuízo para o Estado grego. Mais uma cia que sai do controle estatal seguindo o mesmo caminho da Alitalia e Austrian. A Tcheca Czech deve ser a próxima da lista. Mas na Argentina e na Bolívia, o governo é que quer ter cias aéreas. No caso da Argentina quem vai financiar o negócio é você contribuinte brasileiro via BNDS.

Falando em Bolívia, a cia privada e antiga dona do pedaço AeroSur anda lamentando o lançamento da cia estatal, a BoA. Pode ser só choradeira mesmo, mas vale a pena ficar de olho caso deseje comprar uma passagem na Aerosur.

A crise que abateu-se sobre o mercado americano vai tirar o mama jumbo A380 da Emirates da rota Nova Iorque/Dubai. Avião demais para demanda de menos.

A Air Europa lançou um seguro que permite cancelar a passagem, no mínimo 48 horas antes do primeiro vôo, no caso do consumidor ficar desempregado.

Sob licença Creative Commons

Tags: , , ,

Category: Cias Aéreas

Comentários (2)

Trackback URL | Comments RSS Feed

  1. Ana Luiza says:

    Ola Rodrigo! aproveitando o assunto do post, voce tem como me informar como anda a alitaia?? as passagens para europa estao bastante tentadoras, vale a pena comprar ou voce acha que o risco ainda é grande? ela esta realmente se recuperando o a tendencia é piorar??
    Obrigado!

    Responder

  2. Rodrigo Purisch says:

    Ana,

    Parece que as coisas estão amsi estáveis no momento, inclusive a Air France comprou 25% da Alitalia. Com isso acho mais garantido adquirir passagens nela. Só não espere muito conforto já que as aeronaves velhinhas continuam as mesmas…Quanto ao futuro, isso vai depender de como a nova administração vai reagir a crise. No momento andam fazendo várias promoções mundo afora.
    Um abraço

    Responder

Deixe um comentário

Os comentários publicados aqui são de exclusiva e integral responsabilidade de seus autores. Comentários que julgarmos conter termos chulos, que não respeitem a opinião dos demais, que tratem de problemas comerciais individuais com terceiros, que promovam o comércio de milhas, que tragam termos preconceituosos, que sejam identificados como textos publicitários ou que visem apenas denegrir a imagem de terceiros serão moderados e/ou excluídos. Comentários sem identificação clara de seu autor (nome e/ou email válido) também poderão ser excluídos.