Rapidinhas Internacionais

2 de March de 2007 | Por | 6 Comentários More
A United, que conseguiu conquistar o direito de voar para Pequim, já está vendendo passagens para essa rota e está com tarifas promocionais para o mercado americano. Ela ainda ampliou os serviços para Denver nos EUA. Por falar em United, seu site novo está muito mais agradável de navegar e mais fácil de realizar suas compras.

A Malaysia Airlines, após seguidos prejuízos e vários cortes de rotas, voltou a ter lucro no último quarto do ano passado. Tomara que continue assim, pois é reconhecida por prestar bons serviços a seus consumidores.

A terceira maior cia aérea chinesa, a China Eastern, está em negociações para integrar a aliança Oneworld (da qual faz parte a atualmente tão comentada LAN). Essa aliança não para de crescer.

A JetBlue tem movido mundos e fundos para reconquistar sua imagem. O passageiro agora é rei. Quem dera que um espírito JetBlue tomasse conta das nossas cias aéreas….

A Air Canadá vai deixar de voar para a Índia. Apesar disto, o governo canadense não está permitindo que a Singapore aumente suas freqüências ligando a Índia ao Canadá via Cingapura. Por outro lado, a cia canadense irá iniciar uma rota ligando Vancouver a Sydney, na Austrália.

Category: Cias Aéreas

Comentários (6)

Trackback URL | Comments RSS Feed

  1. Emília says:

    Rodrigo, parabéns pela citação (e elogios) do ‘Aquela Passagem’ na Viagem e Turismo desse mês!
    Finalmente estão reconhecendo todo o seu (ótimo) trabalho 🙂

    Responder

  2. Riq says:

    Rodrigo, parabéns pela nota na V&T!

    E falando em Malaysia: eu adoraria fazer a rota Buenos Aires-Cidade do Cabo-Kuala Lumpur!

    Responder

  3. Rodrigo says:

    Emília,

    Obrigado pela grande notícia que você me deu e por seu elogios!

    Riq,

    Obrigado, como não canso de repetir, sem conecer o VNV e o Aquela Passagem não existiria.

    Você sabia que essa rota da Malaysia é super criticada pelos conhecedores de aviação? Todos dizem que ela é financeiramente pouco eficiente para cia áerea, além de necessitar um avião só para ela. Dizem que sua existência é motivada politicamente.

    Mas nunca ví alguem dizer que o serviço é ruim, ao contrário.

    Várias vezes já dei uma checada nas tarifas dela, mas é difícil conseguir lugar (são 2 vôos por semana). Eu fico sempre procurando uma forma de ir a Ásia.

    Responder

  4. MALU says:

    Rodrigo,a Jet Blue não voa Boston-Detroit-Boston. Minha filha precisa voar esse trecho, em Maio, o mais barato possível. Vc tem alguma dica? Super obrigada.

    Responder

  5. Rodrigo says:

    Malu,

    Peça para ela se cadastrar nesse site: http://www.airfarewatchdog.com

    Para quem mora nos EUA é muito interessante.

    Tem esse, um pouco mais poluído visualmente, mas vale a pena ler

    http://www.smartertravel.com/airfare/

    Um abraço

    Responder

  6. Riq says:

    Nâo sabia dessa crítica à rota da Malaysia, não. A última vez que fui a Buenos Aires a fila do check-in estava imeeeensa.

    Fico com inveja dos argentinos terem um vôo non-stop pra Cidade do Cabo (que faria sentido pra nós aqui também, já que a Cidade do Cabo está mais próxima de São Paulo do que Joanesburgo).

    Operação à parte, acho que a rota faz o maior sentido como rota da América do Sul pra Ásia, fazendo concorrência a SAA + Singapore (e Kuala Lumpur fingindo que é Cingapura ou Hong Kong…)

    Responder

Deixe um comentário

Os comentários publicados aqui são de exclusiva e integral responsabilidade de seus autores. Comentários que julgarmos conter termos chulos, que não respeitem a opinião dos demais, que tratem de problemas comerciais individuais com terceiros, que promovam o comércio de milhas, que tragam termos preconceituosos, que sejam identificados como textos publicitários ou que visem apenas denegrir a imagem de terceiros serão moderados e/ou excluídos. Comentários sem identificação clara de seu autor (nome e/ou email válido) também poderão ser excluídos.