Respondendo a Carla: Qual a Situação da Varig na Star Alliance

8 de December de 2006 | Por | 1 Comentário More
Carla, companheira do Blog Viaje na Viagem do Ricardo Freire,
Tudo bem ?

Vamos lá. A Varig associada a Star Alliance é a Varig antiga, aquela que ficou com a marca Nordeste, as dívidas, centro de treinamento, uma rota (Rio Porto Seguro) e imóveis.

A nova Varig (VRG) adquiriu o nome Varig, o programa Smiles e as rotas. Ela tem voado até agora usando a permissão de voar da Varig antiga (como medida excepcional dada pelo governo). Como ela não tem o CHETA (vide o post abaixo), ela ainda não pode existir como cia aérea e realizar contratos mais sólidos. Desta forma, ela ainda não se associou a Star Alliance formalmente.

Dúvidas ainda pairam no ar quanto à manutenção da Varig na Star Alliance.

A favor da admissão (ou normalização da situação junto a Star Alliance) está o fato de que o comprador da Varig tem fortes alianças com os controladores da Air Canadá, que inclusive viriam a participar na Varig após a emissão do Cheta, além do fato de que a Varig tem emitido sinais que não vai se transformar em uma cia de baixo custo, o que seria incompatível com o serviço oferecido pelas companheiras de aliança. Você vem de executiva até o Brasil com uma parceira Star e depois voa de super econômica com uma barrinha de cereal na Varig?
Por outro lado, as dívidas com as outras cias da Star Alliance não foram assumidas pela nova Varig e seus novos controladores e a redução expressiva sofrida pela malha aérea servida pela Varig. A Varig seria importante para alimentar os vôos das parceiras e distribuir seus passageiros dentro do Brasil. O certo é que a TAP, também Star Alliance tem aumentado em muito sua presença no Brasil e os vôos United tem batido recordes de ocupação.

Diante da situação vivida pela Varig, as informações que tenho é que o Smiles (comprado junto com a Varig) só emite passagens para vôos Varig, Air Canadá e Air New Zeland. Mas parece continuar a creditar milhas voadas em outras cias Star Alliance nas contas Smiles. Quando você voa United e credita as milhas no Smiles, a United emite créditos para a Varig.

As outras cias, com quem a Varig possui dívidas pendendetes e cuja situação ainda não foi esclarecida ou resolvida, optaram, em sua maioria, em não mais emitir passagens com pernas Varig e não mais creditar milhas lá voadas nos seus programas de fidelidade. Talvez a nova Varig até pague a elas as milhas voadas após a compra, mas os débitos anteriores estão pendentes…..

De qualquer forma aconselho:
Está pensando em voar uma cia Star Alliance e creditar seus pontos no Smiles? Ligue para central Smiles pergunte se o crédito é possível, anote o nome da atendente, dia e hora para sua segurança. Não custa ligar para a cia em que você vai voar e perguntar se eles estão creditando milhas no Smiles.

Está pensando voar Varig e creditar as milhas na sua conta fidelidade de uma parceira Star Alliance: Ligue pergunte primeiro, na maioria das cias a resposta será que não é possível. Se falar que sim, anote o nome da atendente, dia e hora para sua segurança.

Quanto a usar milhas de outro programa fidelidade Star Alliance para emitir passagens na Varig, a princípio não veria problemas, mas pode ser que a sua cia tenha colocado em suspenso todo o contato com a nova Varig. Confirme junto a sua cia.

Já fiz contatos diretos com a Star Alliance e suas respostas são sempre genéricas (não querendo assumir posição) e sempre dizem que cada programa é independente dos demais. Conclui-se que são uma aliança quando interessa as cias e são programas independentes no que tange a segurança do consumidor.

Sou associado tanto do Smiles como o Milage Plus da United (me cadastrei no auge da crise Varig). O Smiles vive um período de indefinições e estão sendo esperadas mudanças importantes (espero que não contra ao associado) nos próximos meses, já que o pessoal da Air Canadá (Aeroplan) tem auxiliado a Varig na sua reestruturação. O Milage é interessante especialmente se você faz muitos vôos internacionais pois tem pouca restrição quanto a ganho de milhas e após alcançar níveis elite (Executive Plus) a pontuação é muito maximizada. O problema é que você concorre com um monte de americanos para emissão daquele bilhete prêmio.

Concluindo, com a chegada do CHETA, novos aviões (especula-se 2 747, ex-Lufhansa, e 2 A340 e vários Embraer 190) e a reformulação do Smiles espera-se que a situação da Varig na Star Alliance seja resolvida (readmitida formalmente ou sai de vez).

Infelizmente, as informações sobre o tema são muito truncadas e difíceis de apurar com certeza.

Category: Aliança Aérea, Cias Aéreas

Comentários (1)

Trackback URL | Comments RSS Feed

  1. Carla says:

    Uau, Rodrigo, muito obrigada pela sua resposta super completa!!! Vou fazer exatamente o que você aconselha, ou seja, ligar pra lá e perguntar!

    Responder

Deixe um comentário

Os comentários publicados aqui são de exclusiva e integral responsabilidade de seus autores. Comentários que julgarmos conter termos chulos, que não respeitem a opinião dos demais, que tratem de problemas comerciais individuais com terceiros, que promovam o comércio de milhas, que tragam termos preconceituosos, que sejam identificados como textos publicitários ou que visem apenas denegrir a imagem de terceiros serão moderados e/ou excluídos. Comentários sem identificação clara de seu autor (nome e/ou email válido) também poderão ser excluídos.