Respondendo a Emília: Vantagens de Ir a Europa Via EUA em Julho

18 de January de 2007 | Por | 6 Comentários More
Vou responder a Emília que me perguntou sobre a melhor custo/benefício para se ir a Europa em Julho de 2007. Ir pelos EUA? Usar uma passagem mais barata e depois comprar uma segunda perna com uma outra cia?

Primeiro, as promoções das passagens aéreas costumam iniciar-se 4 meses antes dos vôos. Compre entorno dessa data para vôos na alta estação. Vôos na baixa estação podem ser comprados com uns 2 meses de antecedência.
As passagens aéreas internacionais vem aumentando gradativamente de preços, um pouco pelo preço de petróleo. No Brasil temos a influência de uma demanda maior com uma redução da disponibilidade de vôos, algo que deve ser bem aliviado com a chegada e aumento de frequencias por parte das cias estrangeiras.
Com a queda dos preços do petróleo no mercado internacional, acredito que uma reversão nesse processo somente acontecerá no caso de um aumento na competição. Como as cias vinham tendo resultados financeiros pouco animadores nos últimos anos, acredito que agora que começaram dar lucros, principalmente no caso das Cias americanas, não vão abrir mão do ganho extra facilmente.
Dito isso, as passagens para a Europa via EUA tiveram um aumento maior (são 2 trechos) e você concorre com a demanda de verão dos EUA para Europa. Atualmente tem ficado por uns 3200 reais com taxas. A opção por essas passagens, nesse momento atual, fica para aqueles interessados em acumular mais milhas, aqueles que tem preferência por alguma cia americana ou que desejam fazer uma visita (stop) nos EUA. O que elas geralmente permitem é chegar por uma cidade e sair por outra cidade na Europa. O deslocamento intermediário fica por sua conta (Low Cost?)
As passagens para Europa (os preços melhores em julho, no momento, estão para o meio/fim do mês) tem ficado em torno de 2270 reais com taxas para Milão com a TAM (promoção de lançamento de vôo) a 2500 reais. Nesse meio ficam a maioria das passagens da BRA e Air Europa para julho.

Uma opção que poderia melhorar o custo/benefício seria usar uma passagem do tipo São Paulo-Milão (pode ser outra cidade) com parada na ida ou volta em Paris e ou Amsterdam usando uma passagem da Air France/KLM por uns 2500 dólares. Usa-se uma cia do país que se quer ir em uma passagem para um outro destino (geralmente vôos da cia nacional para a capital do país são mais caras) e aproveita o stop no HUB dela, se permitido ou pagando um adicional. Leva-se 2 por 1.
Lembre-se de ler atentamente as regras de cada tarifa. As citadas acima são promocionais tem várias restrições (tem sido regra).

Espero ter ajudado, como já disse não trabalho com turismo, portanto não tenho um acesso direto a um GDS para cotar passagens. Achar uma boa tarifa pode demandar tempo, esforço, conhecimento e às vezes sorte, mas as lições básicas contidas nesse Blog podem te ajudar a concentrar seu esforço nos locais certos.

Vale a pena cadastrar nos sites das cias e no kayak para companhar os preços das tarifas.

Category: Planejar e Comprar

Comentários (6)

Trackback URL | Comments RSS Feed

  1. Ernesto says:

    Rodrigo

    Parabens pelo Blog… Pensei que voce trabalhava com turismo, ou em alguma cia aerea, pois da de 10 em qualquer agente de viagens que eu tenha trabalhado até hoje….

    Responder

  2. Rodrigo says:

    Ernesto,
    Obrigado pelo elogios. A intenção deste blog não é a de substituir os agentes de viagens, mas dar mais subsídios ao consumidor durante sua compra. Quem sabe um agente de turismo limitado (pouca formação ou mesmo interesse em vender apenas o que paga a melhor comissão) possa ser impelido a fazer um melhor trabalho diante de um consumidor informado.

    O bom agente de turismo, na verdade um consultor em turismo, sabe a maioria dessas informações, mas algumas vezes se acomodou diante desse mundo de venda de pacotes e pouca valorização do seu serviço.

    Responder

  3. Arnaldo - FATOS & FOTOS de Viagens says:

    Rodrigo, a foto do banner ficou bonita, né? (modesto eu, não?…) Bem, fica na ÁSIA do Disney´s Animal Kingdon, especialmente na área que simula o Himalaia. Aquela ” montanha ao fundo é, evidentemente, como tudo, construído pelo homem, copiando o original. Por dentro e por seu exterior corre a mais nova atração do parque, a montanha russa denominada “Expedition Everest”, que recria a história do encontro do homem com o “Yeti”. A montanha tem mais ou menos 60 metros e a amgientação é perfeita. Vou mostrar mais em breve numa reportagem a ser publicada aqui. Bem, a respeito do espetáculo LOVE, tenho a dizer que NADA tem a ver com a breguice do vulcão (que sinceramente está bem dentro do contexto do que é Las Vegas, lugar que é de muitas e boas diversões, mesmo para quem passa ao largos da jogatina…..). O espetáculo, todavia, é de extremo bom gosto, muitíssimo emocionante e empolgante, equilibrando muitíssimo bem o que se vê nos espetáculos do Cirque du Soleil, num espetáculo de música e dança. ele consegue ser altamente reflexivo em alguns momentos e muito circense em outros. O resultado final é um espetáculo com elevado grau tecnológico e sofisticação visual. Enfim, foi uma das coisas mais bonitas em termos de espetáculo na vida! Sobre o Hotel Mirage é muito bom, confortável e de excelente nível, mas muito mais pro cafona (apenas externamente, porque os apartamentos são de muito bom gosto), mas muito ifenrior ao Bellagio, sobre todos os pontos de vista!

    Responder

  4. Ernesto says:

    Rodrigo

    Não me entenda mal… Acho que agentes de viagens sempre serão necessários, mas ele só vão sobreviver se forem consultores, e tiverem informações…. Eu sou advogado de profissão e viajuante nas horas vagas, e consultor informal de muitos amigos, e uma das melhores fontes que uso e seu blog….informaçoes recentes, bem pensadas, útilissimas, enfim recomendo… Em tempo: fiquei sabendo do seu blog pelo Ricrado Freire…

    Responder

  5. Emília says:

    Rodrigo, obrigadíssima pelas dicas!
    Vou começar a pesquisar os preços entre fevereiro e março. Realmente para mim não vale mais a pena ir pelos EUA, quando fiz isso tinha realmente um motivo para parar lá. As milhas eram um grande bônus, mas já não vale tanto a pena.
    Um abraço!

    Responder

  6. Milena says:

    Olá, esse blog ainda está ativo? Gostei das dicas e gostaria de trocar idéias sobre minha viagem à Europa no mÊs de setembro próximo…

    Responder

Deixe um comentário

Os comentários publicados aqui são de exclusiva e integral responsabilidade de seus autores. Comentários que julgarmos conter termos chulos, que não respeitem a opinião dos demais, que tratem de problemas comerciais individuais com terceiros, que promovam o comércio de milhas, que tragam termos preconceituosos, que sejam identificados como textos publicitários ou que visem apenas denegrir a imagem de terceiros serão moderados e/ou excluídos. Comentários sem identificação clara de seu autor (nome e/ou email válido) também poderão ser excluídos.