TAM: Aproveita Brecha Dada Pela Gol e Anuncia Alteração no Serviço de Bordo

21 de October de 2009 | Por | 9 Comentários More

Já falamos da expansão da venda de serviço de bordo pela Gol neste post aqui. A Tam aproveitou o momento e anuncia que estará retirando os lanches frios e  os substituindo por lanches quentes em determinadas rotas, também “atendendo a pedidos dos clientes”. Mais informações aqui.

Se for olhar apenas pelos press releases, até parece que os clientes de ambas as cias são muito diferentes.

De qualquer forma, acho ótimo que as duas maiores cias nacionais tenham propostas diferentes para agradar públicos diferentes. Tem espaço para todo mundo e o consumidor é quem decide o que mais agrada ao seu coração e bolso. Viva a concorrência!

Tags: ,

Category: Cias Aéreas

Comentários (9)

Trackback URL | Comments RSS Feed

  1. Gilberto P Filho says:

    Nao imagino comprar um bilhete aereo por causa de lanche frio ou quente. Que bobagem!! Gostaria de entrar em um aviao e nao ter nenhum lanche servido, isso mesmo, zero!! Mas que os precos fossem justos. Ano passado viajei pela Ryanair e isso sim foi voar. Sentar no assento, apertar o cinto e chegar onde queria. Nem comprar a comida que eles vendiam dei-me ao trabalho, comi no aeroporto pouco antes do embarque. Os precos das comidas servidas a bordo eram um pouco parecidas com os do aeroportos. Prefiro assim. Nao precisa vir com essa de servir bombom antes da decolagem e cobrar quase R$ 500 por uma ida e volta REC/FOR. Poderia ser R$160 e ficarem com balas, lanches embrulhados em papel manteiga frios ou quentes. Aviao precisa ter apenas seguranca, assento, cinto de seguranca e horario… e muita concorrencia!!

    Responder

    Rodrigo Purisch respondeu:

    Gilberto,
    cada consumidor, uma necessidade. O importante é não acreditar que a sua necessidade é igual a de todo mundo. Por isso é que realmente acredito que há espaço para propostas diferentes em nosso mercado. Mas elas devem se mostrar como diferentes e não uma variação do mesmo tema…

    Responder

    Gilberto P Filho respondeu:

    Rodrigo.
    Sinceramente acho que preco e’ uma necessidade comum. Acho que as propostas em um mercado onde duas companhias ocupam 90% dele nao trazem nenhum tipo de atrativo. E no mercado especifico que mencionei acima, REC/FOR, onde elas tem 100% do mercado elas mandam e desmandam… mas especificamente desmandam.

    Responder

  2. Vinícius says:

    Como havia comentado no post da GOL, essa mudança na TAM já está ocorrendo desde que a GOL lançou o serviço.

    Realmente existe espaço pra várias propostas… Mas, gostaria muito é de mais espaço pra concorrência, mais empresas…

    Responder

  3. Ernesto says:

    Pelo texto linkado, são os mesmos lanchinhos ruinzinhos que eram servidos há uns 2 anos…

    Responder

    Rodrigo Purisch respondeu:

    Ernesto,
    Frio ou quente não esperaria nada realmente gostoso….

    Pelo menos ajuda a espantar a fome em vôos com mais de 2 horas de duração. Se for contar o tempo de deslocamento de casa para o aeroporto nas grandes cidades, o tempo necessário para fazer o check in dentro do horário e os preços praticados nos aeroportos…

    Quem sabe se um dia com os telefones funcionando nas aeronaves não dá para pedir uma pizza no delivery e receber ela no drive thru…rsrs Olha essa estratégia de marketing da Wendy`s

    Responder

  4. Rosa says:

    Eu sempore procuro pãozinho de queijo com café com leite antes do embarque, assim não ligo para os lanches horríveis que as Cias. oferecem.

    Responder

  5. Cris says:

    Melhor que o Piraque que a Gol serve, vai!

    Responder

  6. Bel says:

    Concordo com os comentários quanto à importância da concorrência. Hoje isto não é realidade… A TAM e a GOL fazem o que querem. As passagens são muito caras considerando o serviço oferecido.

    Responder

Deixe um comentário

Os comentários publicados aqui são de exclusiva e integral responsabilidade de seus autores. Comentários que julgarmos conter termos chulos, que não respeitem a opinião dos demais, que tratem de problemas comerciais individuais com terceiros, que promovam o comércio de milhas, que tragam termos preconceituosos, que sejam identificados como textos publicitários ou que visem apenas denegrir a imagem de terceiros serão moderados e/ou excluídos. Comentários sem identificação clara de seu autor (nome e/ou email válido) também poderão ser excluídos.