TAP: Ampliação de Freqüências e Troca de Aeronaves

27 de October de 2007 | Por | 4 Comentários More

A TAP vai ampliar em fevereiro os vôos partindo de Brasília para 6 vezes por semana. Os vôos tem saído com ocupação de 80% nessa rota. Nas outras rotas a TAP tem sido bem sucedida, apenas os vôos para Natal não têm uma ocupação como a cia gostaria.

Ela está anunciando que irá substituir os A310 que fazem algumas rotas ligando o Brasil a Portugal por A330, aumento ainda mais a disponibilidade de vôos.

Fonte: Mercado e Eventos

Tags: , ,

Category: Cias Aéreas

Comentários (4)

Trackback URL | Comments RSS Feed

  1. Paulo Sérgio says:

    Rodrigo, moro em Natal e vejo com clareza dois fatos: os natalenses dando preferência à Tap em suas viagens para a Europa e ao mesmo tempo um monte de “gringos” europeus na cidade. Você saberia dizer o motivo de a Tap estar insatisfeita com os vôos para Natal?

    Seja como for, essa insatisfação já trouxe conseqüências. O número de vôos diretos para Lisboa partindo de Natal foi sensivelmente reduzido, o que é uma pena.

    Um abraço e parabéns pelo blog.

    Paulo.

    Responder

  2. Marcio Nel Cimatti says:

    Rodrigo,

    Como comentou no resumo, demorou para abrirem um TAP Brasil.

    Abs!

    Responder

  3. Diogo says:

    Legal, legal. Eu gosto da TAP!

    Abração

    Responder

  4. Rodrigo Purisch says:

    Paulo,

    Acho que a ocupação estava abaixo da desejada.

    Não que Natal não seja interessante mas ela sofre por estar entre Recife e Fortaleza e mais Salvador que acabam drenando mais turistas e turismo de negócios.

    João Pessoa, Belo Horizonte, Curitiba e por ai vai sofrem do mesmo problema.

    O negócio talvez não é ter vôo direto para todos os lugares, mas polos regionais fortes. É muito melhor ir para Recife do para São Paulo para quem sai do Nordeste para a Europa ou EUA. Mas isso implica em disputas regionais…

    Gente,

    Essa história de TAP Brasil é invenção minha!!!!! eu é que faço campanha para aumentar a concorrência no Brasil e como a TAP é ágil nas decisões, foi a vítima escolhida.

    Responder

Deixe um comentário

Os comentários publicados aqui são de exclusiva e integral responsabilidade de seus autores. Comentários que julgarmos conter termos chulos, que não respeitem a opinião dos demais, que tratem de problemas comerciais individuais com terceiros, que promovam o comércio de milhas, que tragam termos preconceituosos, que sejam identificados como textos publicitários ou que visem apenas denegrir a imagem de terceiros serão moderados e/ou excluídos. Comentários sem identificação clara de seu autor (nome e/ou email válido) também poderão ser excluídos.