Trem Para Confins? Só Vendo Para Acreditar!

21 de January de 2010 | Por | 5 Comentários More

O Governo de Minas assinou um contrato com uma firma espanhola para estudar a viabilidade da construção de um trem ligando o metrô ao aeroporto de Confins, que serve a Belo Horizonte.

Trata-se de um estudo e não da oficialização da obra. Nos últimos tempo e em todos os níveis de governo, anunciar é muito mais importante do que fazer.

O trem/metrô sempre foi uma opção mais lógica de transporte para desafogar o trânsito e acelar o acesso ao longínquo aeroporto de Confins. Mas o Governo preferiu gastar suas economias em algo de resultado mais rápido (de impacto visual e eleitoral maior), ampliando as avenidas e rodovias que dão acesso ao aeroporto criando a linha Verde. Para se ter uma idéia, em Belo Horizonte muitas vias tido com expressas permitem apenas veículos rodando no máximo a 60 ou 70 km/h.

Interessante notar que o projeto de ampliação do metrô em Belo Horizonte para a região da Savassi, região Hospitalar e Pampulha (que nunca conseguiu o apoio financeiro necessário, inclusive do Governo Federal) e que ganhava  uma possibilidade de acontecer diante da escolha de Belo Horizonte para ser uma das sedes da Copa, já foi descartado no curto e médio prazo.

Portanto, falar de trem ligando uma estação de metrô, passando pelo grandioso, caro  e distante Centro Administrativo que o Governo de Minas está terminando de construir, para mim ainda é sonho. Como bom mineiro, só acredito vendo.  Mas não deixa de ser um bom sonho!

Tags:

Category: Aeroportos

Comentários (5)

Trackback URL | Comments RSS Feed

  1. Ernesto says:

    Seria muito bom se desse certo, mas nem em Guarulhos, que é muito mais movimentado se faz um trem. Seguramente ha um grnade loby de taxistas e estacionamentos, que faturam muito bem ante a falta de um bom transporte coletivo.

    Por sinal, no minmo deveria ser autorizado o serviço de vans comaprtidas como é comum nos EUA, e um onibus sem paradas de Consgonhas até o metro mais proximo.

    Responder

  2. Fabio G. says:

    É o Aécio, é 2010, sao as eleições.

    Responder

  3. Andrei says:

    Falou e disse. Não entendo uma cidade com a única vocação de turismo de negócios, como Belo Horizonte, não possuir um aeroporto doméstico. Não faz sentido desativar o aeroporto da pampulha só pra empurrar para os usuários (eleitores) uma obra faraônica que leva nada a lugar nenhum. O aeroporto de Confins fica muito longe do centro de Belo Horizonte e, com trânsito, leva-se mais de uma hora de carro pra chegar lá. Não ajuda o turismo, não ajuda os negócios e ninguém fica feliz. Só os baba ovos do governador. Não seria mais lógico ao menos liberar os vôos para RJ e SP partindo da pampulha?

    Responder

  4. Hugo says:

    Com o início dos trabalhos na sede administrativa talvez esse projeto do trem saia do papel. Mas chegar em Confins vai ser bem complicado.

    Mesmo em época de eleição, um investimento desses é alto demais.

    Responder

  5. Marcos says:

    A impressa….. os políticos…. OS SINDICALISTAS Sabem que o metro de BH não sai porque os empresários de ônibus coletivos não deixam… fazem loby constantes… e financiam campanha para os políticos… Inclusive os desonestos… enfocando mais a turma do PT/PMDB…

    Responder

Deixe um comentário

Os comentários publicados aqui são de exclusiva e integral responsabilidade de seus autores. Comentários que julgarmos conter termos chulos, que não respeitem a opinião dos demais, que tratem de problemas comerciais individuais com terceiros, que promovam o comércio de milhas, que tragam termos preconceituosos, que sejam identificados como textos publicitários ou que visem apenas denegrir a imagem de terceiros serão moderados e/ou excluídos. Comentários sem identificação clara de seu autor (nome e/ou email válido) também poderão ser excluídos.