Vem Ai Uma Nova Low Cost Americana: Virgin America

13 de July de 2007 | Por | 2 Comentários More
Finalmente, o governo americano aprovou que a Virgin America iniciasse a venda de bilhetes. A cia ficou um bom tempo esperando essa autorização, já que as dúvidas sobre a propriedade da cia aérea ainda não permitiram a decisão final da agência americana que controla o trafego aéreo. Como ela usa a marca Virgin, criou-se o questionamento sobre se a mesma não seria parte do conglomerado Virgin, dirigido por Sir Richard Branson. O problema é que a legislação americana impede, como a nossa também, que cias aéreas possam ser controladas por grupos estrangeiros.

A nova cia é baseada em São Francisco e está anunciando que em seus vôos estarão presentes sistemas modernos de entretenimento (podendo inclusive realizar chats com outro passageiro) e tomadas para laptops. Em seu site a cia anuncia que deve atingir 10 cidades dentro do seu primeiro ano de atividade.

A cia possui 10 aeronaves e deve iniciar seus vôos em agosto

Tags: ,

Category: Uncategorized

Comentários (2)

Trackback URL | Comments RSS Feed

  1. Marcio Nel Cimatti says:

    Rodrigo,

    Mas ela não faz parte do grupo da Virgin?

    abs

    Responder

  2. Rodrigo Purisch says:

    Faz e não faz. Uma cia americana não pode ter mais que 25% de seu capital na mão de estrangeiros. Por isso, ela foi criada tendo como dono um grupo de investimento americano e chegou-se a retirar alguns poderes que a Virgin inglesa (25%)tinha na cia para conseguir a aprovação.

    Pelo que entendi, é mais ou menos como fizeram na Varig. O Matlin-Patterson comprou, achou alguns brasileiros de fachada para serem os donos da Varig Log. Na teoria quem mandava eram os brasileiros, na prática, o chinês Lan é quem decidia…

    Responder

Deixe um comentário

Os comentários publicados aqui são de exclusiva e integral responsabilidade de seus autores. Comentários que julgarmos conter termos chulos, que não respeitem a opinião dos demais, que tratem de problemas comerciais individuais com terceiros, que promovam o comércio de milhas, que tragam termos preconceituosos, que sejam identificados como textos publicitários ou que visem apenas denegrir a imagem de terceiros serão moderados e/ou excluídos. Comentários sem identificação clara de seu autor (nome e/ou email válido) também poderão ser excluídos.