Voando na Copa Airlines, Executiva e Econômica. O Que Esperar?

9 de Junho de 2011 | Por | 99 Comentários More

A Copa Airlines é uma das cias estrangeiras que mais apostou no Brasil nos últimos anos. Hoje, ela voa para São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Manaus e em breve, agora em junho, inicia vôos para Brasília e Porto Alegre. Atualização: Agora também já voa para Recife.

Se não bastasse a boa opção de locais de partida, a Copa tem uma política agressiva de preços e voa para destinos muito procurados pelos brasileiros nos EUA, México e Caribe. Agora em junho adiciona Toronto no Canadá e Nassau nas Bahamas à sua malha.

Mas o que esperar ao voar Copa? Essa é uma pergunta comum e que gerou este post aqui, onde vários de nossos leitores deixaram suas opiniões.

Vou então descrever a minha experiência com a Copa:

Minha passagem foi Belo Horizonte/Cancun envolvendo um stopover longo (voluntário) na ida e uma conexão rápida na volta na Cidade do Panamá.

A Compra

Em busca de um destino interessante para descansar após a Semana Santa, eu encontrei uma tarifa de 530 USD (sem taxas inclusas) para Cancun partindo da minha cidade. Foi a melhor tarifa que encontrei partindo de Belo Horizonte para os destinos de lazer/praia que faziam parte da minha lista naquele momento.

A reserva foi facilmente feita no site da cia aérea, que literalmente permite que se garanta a reserva em um primeiro momento (sem custo extra) e que a compra seja realizada em um outro momento posterior (no caso 2 dias após). O processo foi simples e indolor.

O Check In

O grande problema do vôo que parte de Belo Horizonte é o horário de partida, bem no meio da madrugada (4:30h). Infelizmente o serviço de transporte em ônibus executivo para Confins não segue o horário de operação do aeroporto (vai entender…). Assim, ou se chega muito cedo ao aeroporto usando o último horário do ônibus ou você tem que usar um dos caríssimos táxis que ligam Belo Horizonte ao Aeroporto de Confins (90 reais é um valor muito alto para o padrão de Belo Horizonte). Se o horário atual de partida não é o ideal, ele permite uma série de conexões de curta duração no Panamá para destinos além dele.

Mas isso vai ficar no passado. No dia 16 de junho, os vôos da Copa partindo de Belo Horizonte passa a operar em horários um pouco mais amigáveis permitindo um melhor deslocamento de/para o aeroporto. Partirão de Confins às 01:47h da madrugada e pousarão na volta às 00:30h. Apesar das mudanças de horários, o vôo permanece com boas conexões na Cidade do Panamá, HUB da Copa.

Há um certo tempo, eu tenho feito a opção pelo check in online. Não me agrada mofar em uma fila de check in, se posso usar uma via alternativa para abreviar o processo. Ele foi feito tanto na ida como na volta sem problemas. Recomendo!

Os check in nos aeroportos foram rápidos (entrei na fila apenas para despachar as bagagens) e cordiais, sem problemas ou filas grandes tanto em Confins como em Cancun. Mesmo que tivesse que fazer todo o processo no aeroporto, não teria tido problemas. De qualquer forma, tenho por hábito chegar mais cedo no aeroporto.

Chamou, mais uma vez, minha atenção uma certa dificuldade dos passageiros brasileiros em se adaptar à franquia de bagagem da cia aérea. Muitos esperavam que seus excessos fossem perdoados, o que não ocorreu. Temos que acabar com essa mania, já que cada dia mais as cias pelo mundo tem apertado o controle de peso da bagagem, inclusive de mão. Se brigamos tanto para que as cias aéreas cumpram o contrato de transporte, devemos cumprir também a parte que nos cabe, já que aceitamos a franquia estabelecida naquele vôo ao comprar a bagagem. Querendo levar mais, teremos que arcar com os custos extras.

Os Vôos

Tive contato com um B737-700 no trecho Belo Horizonte/Cidade do Panamá (voei na Classe Executiva na ida e na Econômica na volta), com um E190 do Panamá para Cancun e com um B737-800 no trecho Cancun/Panamá. Apesar de comporem a mesma frota, cada aeronave tinha suas características individuais.

O B737-700 (como o das fotos acima), usado na ligação do Brasil para o Panamá, ou seja, no trecho mais longo da viagem, tinha um espaço para as pernas superior aos utilizados pela Gol em seus vôos.If items are attractively knew he was not up to and including. Providers while retaining up to SEK 47 due to a service of any wrongdoing he could not defend himself duty or as a 700. payday loans This payday loans to distribute FitzPatrick following an inspection second mail pouch. At 3?3 in the teams played qualifying matches her ankle and required Cross. Possuía ainda sistema de entretenimento coletivo com telas de LCD espalhadas pelos consoles com programação fixa, além de canais de música no sistema de som. Os assentos possuíam ainda apoio de cabeça ajustável, um ítem que dou muito valor para o meu conforto.

Já o B737-800, usado no trecho mais curto, tinha espaço interno semelhante aos usados pela Gol, e não possuía sistema de entretenimento ou apoio de cabeça ajustável.

O EMB-190 segue o bom padrão da embraer e tem espaço na econômica semelhante ao usado na Azul (que é muito satisfatório por sinal!), porém sem sistema de entretenimento.

Assim, fica o primeiro alerta. Dependendo de qual será seu destino final, o seu vôo pode envolver aeronaves com configurações diferentes, principalmente de espaço na Classe Econômica, e a presença ou não de entretenimento de bordo.

Como o vôo Cancun/Cidade do Panamá era curto, não senti tanto o aperto do B737-800 usado nessa rota, mas preferiria que o espaço do B737-700 usado no meu primeiro trecho e o sistema de entretenimento me acompanhasse por toda a viagem.

A Conexão

Agora entendi como a Copa pode vender vôos com tempos de conexão tão restritos. Os vôos do Brasil costumam chegar em um portão e os de conexão saem normalmente dos portões vizinhos. Como o aeroporto possui dois satélites (áreas em forma de círculo na extremidade do terminal), consegue agrupar um grande número de portões de embarque em um pequeno espaço.

A mudança de aeronave é feita quase sem estresse.

O aeroporto não é dos mais modernos, mas é eficiente no que se propõe (faremos um post sobre o aeroporto). Possui um dutyfree com preços em média melhores que os do dutyfree dos aeroportos brasileiros.

Classe Executiva

A Copa realizou o embarque prioritário dos passageiros voando Executiva e portadores de cartões elite no OnePass tanto em Confins como em Cancun.

Os assentos da Executiva são de couro e são largos o suficiente para deixar até os maiores bem acomodados. Possuem também apoio de cabeça ajustável. Não contam com apoio para os pés (apenas apoio lombar) e não se destacam no quesito inclinação do encosto.

O serviço é bem atencioso. Foram servidos dois pratos em mesa montada em um vôo de média duração (6hs). O jantar estava bem gostoso. Já no café não fui muito feliz na minha escolha de prato quente, já que as torradas francesas estavam um pouco mais oleosas que o necessário. Mas quem estava ao meu lado gostou da outra opção.

Você recebe um kit de amenidades composto de meia antiderrapante, protetor labial, tapa-olhos, escova e creme dental, além de um tampão de ouvidos.

Classe Econômica

Como disse acima, o espaço no trecho Brasil/Panamá era suficiente para alguém de estatura média voar sem se sentir preso em uma lata de sardinha. A mesma situação acontecia no E-190. Já no meu trecho Cancun/Panamá o espaço era semelhante aos usados em vôos domésticos pela Gol, ou seja, suportáveis em trechos curtos e incômodos em trechos longos. Na rota Brasil/Panamá estavam disponíveis mantas e travesseiros na Econômica.

O serviço era bem básico, sem direitos a sorrisos ou a atos de cortesia gratuita. A atenção aos procedimentos de segurança como os de checagem de assentos, cintos de segurança e abertura das persianas das janelas não era das mais rígidas. Interessante notar que uma lanterna faz parte do uniforme de todos os comissários, coisa incomum por ai.

Posso estar errado ou mesmo rotulando erroneamente um país, mas senti que o serviço é um reflexo da própria cultura panamenha. Eles, na média, são mais diretos e menos afetuosos no trato pessoal que nós brasileiros, uma coisa comum na América Latina. Outra possibilidade é que o treinamento deles seja espelhado no treinamento dado pelas cias americanas, suas maiores concorrentes…

As refeições: Os pratos quentes e/ou sanduíches servidos na classe econômica eram satisfatórios e dentro dos limites impostos pelo transporte aéreo. Não se destacam, mas também não comprometem em nada a viagem. Em vôos diurnos, acredito que poderiam oferecer um pouco mais de líquidos durante o vôo.

Nos trechos ligando a Cidade do Panamá a Cancun foi servido um sanduíche quente. No trecho Cidade do Panamá/Belo Horizonte foi servido um prato quente e mais posteriormente um sanduíche quente.

Apesar de serem vôos curtos ou de média duração, os serviços foram realizados em tempo satisfatório permitindo inclusive uma soneca entre eles.

Malas

Eu não tive problema algum com minhas malas, mesmo tendo feito uma longa conexão na Cidade do Panamá aonde permaneceram já despachadas por mais de 8 horas.

No post sobre a Copa, este quesito tem sido um dos mais criticados pelos leitores. O importante no caso das malas é sempre seguir algumas regras básicas para evitar problemas (isso vale para vários aeroportos pelo mundo também inclusive brasileiros, venezuelanos e argentinos, por exemplo): não despachar objetos de valor dentro das malas, tentar evitar colocar muitos itens do mesmo objeto ou os dois pés dos calçados esportivos na mesma mala, usar lacres, de preferência coloridos (ou cadeados aprovados pelo TSA ao voar para os EUA), ancorados ou ainda o sistema de empacotamento em filme de sua mala.

Nada disso é garantia de que você não será vítima do olhar alheio, mas dificulta. Outro fato é sempre verificar a mala no momento do recebimento da mesma por mais cansado que se esteja. Achou a mala mais leve ou danificada, procure o representante da cia aérea ainda na sala de desembarque e solicite o formulário de reclamação e a pesagem da mesma se for o caso (eles têm os pesos delas anotados no sistema).

Minha avaliação Final

Fiquei satisfeito com a minha compra. Muito porque comprei a passagem já tendo algum tipo de informação do que estava comprando. Paguei um preço muito inferior ao da concorrência, recebi um serviço honesto e principalmente, decolei e pousei já no aeroporto que serve a minha cidade.

Para quem está interessado em adquirir uma passagem para voar na Executiva na Copa é importante entender que o preço bastante inferior cobrado por ela quando comparado com o das cias que operam aeronaves maiores em parte justifica-se por assentos menos modernos e de inclinação reduzida. Apesar disso, ela é uma opção real e válida para quem quer um serviço de bordo diferenciado e mais espaço. Melhor pensar nela como uma Classe Econômica Superior. Na minha opinião, superior inclusive à Classe Confort oferecida pela Gol ou a Econômica Premium oferecida pela Lan em vôos em A320 ou A319.

Se eu prefiro voar de B767 com sistema AVOD, como os que a Lan usa em algumas rotas via Santiago? Sim, prefiro. Mas não consigo ver muita diferença de voar na Copa ou em cias maiores operando algumas aeronaves mais velhas e sem sistema de entretenimento individual. Além disso, mas não consegui nada com preço nem próximo do que a Copa estava cobrando naquele momento e muito menos sem ter que fazer conexão no saturado aeroporto de Guarulhos.

Agora já podendo comparar o serviço que tive na Gol para Punta Cana/São Paulo e Brasília/Aruba com o fornecido pela Copa, prefiro o da Copa principalmente devido ao espaço no trecho mais longo no B737-700 e no E190, além das refeições servidas. Isso apesar do atendimento dos comissários da Gol ser muito mais afetuoso do que os dos comissários da Copa.

Voaria de novo com ela? Sim, voaria desde que mantida uma boa relação custo benefício dentro das minhas necessidades momentâneas.

A minha opinião parece ser compartilhada por muitos leitores que já deram sua opinião no post sobre a Copa. Assim, acredito que conhecer o que você está comprando é de suma importância para não se frustrar com a compra.

Obrigado a Copa Belo Horizonte pela possibilidade de fazer uma avaliação da Executiva via upgrade no trecho Belo Horizonte/Cidade do Panamá.

Tags: ,

Category: Trip Report

Comentários (99)

Trackback URL | Comments RSS Feed

  1. Helen says:

    Fui e voltei de Punta Cana voando Copa, saindo de São Paulo e fazendo conexão no Panamá.
    Todos os voos foram pontuais.
    Os comissários eram atenciosos e a comida abundante e gostosa.
    Nos voos mais longos havia entretenimento (tv com filmes, músicas, jogos e seriados). Também davam fones de ouvido de graça, além de cobertores e travesseiros.
    Não tive nenhum problema com minhas bagagens, apesar de ter feito conexões longas no Panamá, tanto na ida como na volta.
    Minha experiência foi surpreendentemente positiva.

    Responder

  2. Pena que o pós atendimento da Copa é tão ruim, ações de Marketing eles sabem fazer muito bem

    Responder

  3. Monica Loureiro says:

    Vou fazer uma viagem (dessas compradas no ClickOn) e um dos voos tem a opção de passar algumas horas na cidade do Panamá.
    Voce teria dicas bacanas sobre como aproveitar bem estas horas ?

    Responder

  4. Chris says:

    Oi rodrigo
    Teu blog e uma referencia p nos.
    Estou com uma duvida, vc pode me ajudar? Nao consigo entender quantas milhas preciso para viajar de porto alegre p o caribe pela copa. As explicacoes do site sao confusas. Vc sabe me dizer? Obrigada.

    Responder

    Rodrigo Purisch respondeu:

    Use essa página aqui para calcular se você estiver falando em usar milhas Mileage Plus (programa da Copa) https://www.united.com/web/pt/apps/mileageplus/awards/travel/awardTravel.aspx
    Mas isso altera de acordo com programa Star Alliance aonde estão suas milhas.

    Responder

  5. Luiz Humberto says:

    Me deixei iludir pelos comentários de algumas pessoas que não teem muita experiência na utilização de vôos internacionais,e por ser a única opção que me atendia no período que precisava viajar, decidi
    voar pela COPA.
    Meu calvário começou ainda no aeroporto de Recife, onde juntamente
    com minha esposa embarquei para uma viagem ao Panamá, todos embar-
    cados ficamos UMA HORA E QUARENTA minutos dentro do avião por sinal
    bastante desconfotável, esperando pela decolagem sem nenhuma explica-
    ção mesmo quado questionei o motivo a um dos tripulantes.
    Após tanto transtorno o pior ainda estava por vir. Minha mala e de minha esposa não chegou ao destino, procurei o pessoal de terra na busca de uma solução pera o problema e fui tratado com indiferença, total descaso e informado que iriam tentar localizar minha bagagem e em caso de sucesso quando do próximo vôo da companhia, o que so aconteceria na semana seguinte minha bagagem seria entregue; e que eu poderia gastar,pasmem com a indecência, até U$25,00 com a compra de roupas até que minha bagagem fosse entregue, só custo de três peças íntimas que comprei emergencialmente foi U$64,00. Minha mala me foi entregue à noite na véspera do meu retorno ao Brasil, evidentemente que tive de comprar roupas para mim e minha esposa o que me custou U$600,00 aproximadamente, inclusive comprando artigos inferiores ao que normalmente uso, tentei argumentar junto a COPA as minhas despesas e a única idenização que recebi foi U$75,00 sob a alegação que no entender da companhia aquele era um valor mais que suficiente para atender às nossas necessidades, mas o que é pior tudo isso dito de forma arrogante e grosseira, como se eu é que fosse o causador do problema.
    POR TANTO NA MINHA AVALIAÇÃO UMA PÉSSIMA COMPANHIA, QUE NÃO TEM RESPEITO PELO SEU CLIENTE COM PESSOAL DE TERRA DESPREPARADO E INCOMPETENTE NO TRATO DE PROBLEMAS DELICADOS. NÃO RECOMENDO A NINGUEM,
    PARA MIM MESMO COPA NUNCA MAIS.

    Responder

  6. Cristina says:

    Meu marido e eu voamos SP-Cancun-Rio com conexao no Panama pela COPA em 2010. Meu marido é alemao, moramos na Alemanha e viajamos razoavelmente bastante. Na época, a COPA foi a nossa pior experiencia. Na ida, ok, agora na volta….Ao embarcarmos, o compartimento de bagagem estava cheio, meu marido perguntou onde ele poderia colocar a mochila. A “educada”comissária, colocou no ultimo armario do fundo do aviao. Jogou a mochila lá dentro como saco de areia, na maior falta de atencao. Quando ela passou com travesseiros, fez questao de ignorar meu marido e nao deu a ele. Quando ele chamou, ela disse “Now I am busÿ ” na maior falta de educacao. Quando veio o servico de bordo, a mesma, ao servir refrigerante, derrubou em cima do meu marido….Acidente ou nao, ficou claro que ela tinha se irritado com meu marido apenas por ele pedir um lugar para colocar a mochila dele. Ficamos chateados. Foi um voo tenso por conta desses ocorridos….Voamos tanto a trabalho como a passeio na Europa, frequentemente companhias “low cost” ( Easyjet, Rynair, Air Berlin) que tem servico impecavel, embora low cost. Copa, para nós, é uma conexao Brasil -Caribe….Inevitavel e que se no futuro fizermos novamente, será rezando o terco antes de voarmos, para assim quem sabe termos mais sorte com uma equipe de bordo mais calminha…

    Responder

    RABUGENTO (@RABUGENTO) respondeu:

    Será que se seu marido estivesse só o tratamento seria o mesmo? ;)

    Responder

  7. Julio says:

    Voei com a Copa este mês (10/2012), de SP para Las Vegas. Recomendo! Nao tive nenhum problema! As aeronaves que fazem o trecho SP – Panamá são novíssimas, com TVs individuais mesmo na classe econômica!

    Responder

  8. ROBERTOTEIXEIRA FROES says:

    ADOREI MINHA VIAGEM AO PANAMA EM JANEIRO, MESMO MEU VOO SAINDO AS 04;30 hs foi interesante começar o ano em outro pais,A CIDADE DO PANAMA me surpreendeu pela beleza dos seus EDIFICIOS MODERNOS em contraste com a CIDADE ANTIGA com suas IGREJAS CENTENARIAS e FORTIFICAÇOES, tambem vale a pena uma esticada ate o YATCH CLUB,imperdivel conhecer a ECLUSA e o MUSEU DO CANAL.Para quem gosta de BOA COMIDA,um POVO HOSPITALEIRO e BOAS OPORTUNIDADES DE COMPRAS a CIDADE DO PANAMA OFERECE UMA EXCELENTE VIAGEM,POREM cuidado suas malas podem voltar mais gordas e pesadas assim como voce,NUMA PROXIMA VEZ VOU CONTER MEU INPETO COMPRADOR E COM A DIFERENÇA VOU DE CLASSE EXECUTIVA EMBORA !!!!

    Responder

  9. Ivana says:

    Estou planejando uma viagem à cancun em maio do próximo ano e estou começando a pesquisa preço da passagem. Confesso que estou mwio perdida. Qual o valor razoável de taraifa para esse destino? Estive vendo os preços da Copa e da AA. A vantagem da American é qye pretendo fazer uma parada de 4 dias em Miami e sei que isso é possível. Devo comprar agora ou esperar mais um pouco?

    Obrigada

    Responder

  10. Ronaldo says:

    Fiz ida e volta para Nova Iorque na Executiva, concordo com tudo o que Rodrigo disse.
    Em nenhum momento existe luxo, mas o custo benefício é o que mais vale a pena, também não encontrei nenhuma companhia que praticasse um preço próximo a Copa, serviço de qualidade, um espaço confortável, nem se compara a classe econômica. Indico com certeza!

    Responder

  11. Marcus says:

    A Copa tb opera em recife…. Ótimo post! Abs

    Responder

  12. Maicon says:

    Vou fazer uma viagem SP-Cancun com escala no Panama,
    Vocês sabem me dizer qual a franquia de bagagem?

    Obrigado.

    Responder

  13. Nuria says:

    Oi Rodrigo, tudo bem? Obrigada por compartilhar suas experiencias, são informações muito esclarecedoras. Vou para Punta Cana dia 10/09 em viagem de lua de mel, através da Copa e farei conexão no Panamá. Na ida, será de 1h e na volta conexão de 1,5hora. Eu nunca fiz conexao, nao sei como funciona, ao descer do avião, terei que fazer novo check in no panamá par dar sequencia a viagem? Este prazo de 1h /1,5h vc acha que dá pra eu comprar pelo menos um batom no free shop? hehe! Obrigada pela ajuda, abçs

    Responder

    Rodrigo Purisch respondeu:

    Nuria,
    Conexão no Panamá é muito simples. Você sai da aeronave em um portão e embarca no outro avião na porta seguinte. Você não passa por imigração e fica já na aérea restrita.
    Eles devem te dar as duas passagens no momento do check in. Na segunda deve estar escrito o horário de embarque no segundo vôo. O tempo vai ser muito curto, principalmente se tiver algum tipo de atraso na saida do primeiro vôo. Acho que dá para comprar um batom, mas não dá para ficar passeando.

    Responder

Deixe um comentário

Os comentários publicados aqui são de exclusiva e integral responsabilidade de seus autores. Comentários que julgarmos conter termos chulos, que não respeitem a opinião dos demais, que tratem de problemas comerciais individuais com terceiros, que promovam o comércio de milhas, que tragam termos preconceituosos, que sejam identificados como textos publicitários ou que visem apenas denegrir a imagem de terceiros serão moderados e/ou excluídos. Comentários sem identificação clara de seu autor (nome e/ou email válido) também poderão ser excluídos.