Você Já Usou Algum Seguro do Seu Cartão de Crédito?

30 de June de 2010 | Por | 159 Comentários More

Conseguir informações detalhadas, não as genéricas dadas pelo call center dos bancos, sobre as condições das apólices de seguros oferecidos pelos cartões de crédito não é nada fácil.

Muitos cartões oferecem seguros de vida, seguro saúde de viagem, seguro de malas e por ai vai, mas, como em todo seguro, as apólices são cheias de regras e exclusões. Como então confiar nesse seguro se é tão difícil conseguir informações claras sobre os mesmos? A Visa, por exemplo, tinha disponível uma série de documentos nos sites voltados para os cartões Platinum e Infinity explicando os seguros, inclusive com modelos de formulários e do certificado de seguro, mas ela retirou essas informações do ar. Agora para ter essas informações, você tem que ligar para a central Visa (minha experiência com o call center do banco emissor é decepcionante) para ter as informações mais claras. Uma pena, já que o telefone não é o melhor meio de se ter informações sobre cláusulas de seguro.

Por exemplo, alguns seguros cobrem aluguéis de veículos em vários países, inclusive o Brasil mesmo se você for residente nele, outros limitam os países onde o seguro é válido e excluem o Brasil. Uma cláusula que passa desapercebido por muita gente é aquela que fala da cobertura do seguro de veículos na qual ela cobre apenas o veículo alugado até o valor do mesmo. Já vi muita gente alugando carro e confiando nesse seguro sem saber que em caso de sinistro o seguro só cobriria o veículo que ele alugou e não os veículos ou patrimônios de terceiros que foram danificados pelo seu veículo ou o tratamento de saúde, se necessário, dos envolvidos que não estivessem dentro do seu veículo! Assim, mesmo quando se opta por usar esse seguro deve-se contratar o seguro de terceiros junto a seguradora!

Agora, mais difícil ainda é conseguir informações e relatos das experiências de quem já usou esses seguros. Eu já fiz um post no passado aqui e consegui poucas informações de pessoas que realmente acionaram o seguro em virtude de sinistro ou doença. O Ricardo Freire está fazendo uma enquete no Viaje na Viagem sobre seguro saúde e anda tendo um pouco mais de sucesso. Se você tem algo a contar, então dê um pulo lá e deixe sua experiência! Ela com certeza vai ajudar a muitos a tomarem suas decisões!

Somente em dois momentos de viagem tomei coragem para usar um desses seguros, no caso seguro de aluguel de veículos, mas não cheguei a ter que acioná-los (já me bateram no EUA e tive que usar o seguro contratado junto a locadora). Uma vez foi em Foz do Iguaçu para reduzir o absurdo custo de alugar um carro no Brasil e pelo fato do seguro da locadora cobrir apenas acidentes no Brasil, sendo que o do cartão cobria acidentes em diversos países, entre ele a Argentina onde fui diversas vezes com o carro alugado (tive que pagar uma taxa extra para poder sair o Brasil com o carro e adquirir a Carta Verde….). Outra vez nos EUA em uma cidade não tão turística onde alugaria o carro por apenas 2 dias.  “Confiei” no seguro, mas sempre desconfiando que teria problemas se tivesse que usá-lo.

No que tange ao seguro saúde, sempre morri de raiva de ter que pagar os preços absurdos que eles cobram aqui no Brasil, mas nunca deixei de viajar sem eles. Não tive coragem de confiar nos seguros dos cartões, até porque uma boa parte deles tem uma cobertura limitada em termos de valores e dependendo do país (EUA, por exemplo) medicina é algo muito caro e pela pura falta de relatos de experiências verídicas em número suficiente para me dar segurança. Nessa última viagem, por questões econômicas e pela facilidade de emissão na última hora (deve ser feito 3 dias antes do início da cobertura) fiz o meu no WorldNomads. Como não precisei usar, não posso falar se ele apresenta uma boa relação custo/benefício, posso apenas dizer que tem um custo bem mais reduzido.

Tags: , ,

Category: Cartões de Crédito, Dicas de Viagem, Seguro Saúde

Comentários (159)

Trackback URL | Comments RSS Feed

  1. Antonio says:

    Na Europa, o melhor é alugar ou comprar um carro ZERO km na TTCAR.COM

    Responder

  2. Sidney C. says:

    Em viagem de férias nos EUA em 2010, com bilhetes emitidos com milhagem, porém com taxas de embarque pagas com o Cartão Mastercard Black do Santander, minha esposa teve um acidente na esteira do Fitness Center do Hotel Renaissance em San Francisco. Como doia muito, suspeitamos de fratura e entramos em contato com a central de atendimento do Cartão que nos forneceu um número de atendimento e indicou o UCSF Medical Center para atendimento(Centro Médico mais próximo de onde estavamos). Lá chegando, com o atendimento já acionado pelo seguro médico do Cartão, tivemos atendimento impecável e sem despesa nenhuma, a não ser o estacionamento que paguei no anexo do próprio Hospital. Curiosamente, recebi em casa uns dias após nosso retorno, o Hospital Itemized Statement(fatura detalhada. O valor foi de US$ 1.953,00( taxa da emergência, consulta e raio x) que ao final foi zerado por cobertura do Private Insurance do Cartão.
    Espero ter ajudado.

    Abs

    Sidney

    Responder

    Rodrigo Purisch respondeu:

    obrigado pelo feedback

    Responder

    GabrielP respondeu:

    Ótimo relato Sidney.
    Eu tive (estou tendo, na verdade) uma experiência um pouco diferente.
    Nesse último dezembro viajei à Patagônia com minha namorada e acabei pegando uma pneumonia. Eu, já com muita febre, liguei para a central de atendimento do cartão – também o Mastercard Black do Santa. Eles sugeriram enviar um médico ao hotel; aceitei. Em 30 minutos chegou um médico e dois enfermeiros, bem equipados até. Diagnosticaram pneumonia e prescreveram o tratamento; eu, entretanto, tive que pagá-los em dinheiro, o que já havia sido me informado pela central do cartão.
    Em suma, o processo todo com atendimento, remédios, etc, custou uns R$ 450,00 (o que não é tanto assim). Estou no processo de reembolso agora. Vou esperar para ver.

    Também estou na luta para o ressarcimento de atraso de bagagem – sim, acontece tudo na mesma viagem! Mas esse, após se resolver, posto aqui como foi o processo todo.

    Responder

    Sidney C. respondeu:

    Caro Gabriel,

    Espero que dê tudo certo com seu ressarcimento. Não sei se o atendimento no meu caso foi desta forma por eu ter acionado como acidente e ter pedido atendimento hospitalar para possível diagnóstico de fratura e no seu caso terem acionado atendimento por consulta no Hotel, conforme você mesmo informa. Acho também que tem muito a ver com o país e sua rede de atendimento de saúde disponível aos seguros dos cartões.Com certeza a cobertura nos EUA e Europa é bem mais ampla do que Chile ou Argentina, não sei exatamente em que parte da Patagônia você estava.
    De outro lado, pense positivo. Dois problemas numa só viagem é sinal de zero problemas nas próximas.

    Abs

    Sidney

    Responder

  3. Glauber says:

    Gabriel, passagem adquirida por milhas + taxas pagas com o cartão ou tudo pago com o cartão?

    Responder

  4. GabrielP says:

    Glauber,
    Tudo pago com cartão.

    Sidney,
    Obrigado pelas palavras amigas. Também espero que os ressarcimentos ocorram de forma tranquila.
    Em relação ao tipo de assistência dada (via ressarcimento ou transferência de responsabilidades sobre os gastos), me foi informado pelo atendente da central americana que na localidade onde estava não havia nenhum hospital para me indicar e, para tanto, necessitaria pagar e solicitar o reembolso posteriormente.
    Acho bom comentar também que o atendimento da central foi muito bom. Atendente simpático e prestativo. A única ressalva é que ele não falava português, mas também não insisti para que transferissem para outro que falasse.

    Responder

  5. Igor says:

    O American Express entrega os contratos de tudo, incluindo as apólices dos seguros que você contrata. Qualquer prática diferente dessa é golpe.
    Já liguei para outros cartões (como o Itaucard) e pedi para me entregarem os contratos e apólices (por exemplo, do seguro contra roubo do cartão), mas, depois de muito papo, eu acabo cancelando o cartão, pois fica claro que eles não vão me entregar comprovante de nada.

    Responder

    Rodrigo Purisch respondeu:

    Nesse quesito o Amex é muito mais transparente mesmo.

    Por exemplo no caso do seguro saúde, ele deixa claro que não cobre nenhuma doença pré-existente, mesmo em caso de descompensação de uma que estava sob controle.

    Responder

  6. Rafael says:

    Alguém saberia dizer se existe algum seguro que cubra os prejuízos em caso de furto de carteira com dinheiro e documentos?

    Responder

    Rodrigo Purisch respondeu:

    Olha o worldnomads que tem umas coberturas diferentes, que inclui roubo

    Responder

  7. Antonio says:

    Olá companheiros (as) vou fazer minha primeira viagem com Seguro Saúde de um Cartão de Crédito, o MasterCard Black do Bradesco, até agora, foi tudo bem, liguei para a central do cartão e imediatamente eles me enviaram a Carta do Seguro Saúde por e-mail, se eu necessitar de assistência médica, espero que não, irei testar o funcionamento. Depois eu conto como foi.

    Responder

  8. CASSIO ANDRADE says:

    Caros, saudações. Sinto-me obrigado a elogiar o excelente atendimento que foi conferido à minha esposa em situação delicada que experimentamos março passado. Ela estava grávida de 12 semanas e infelizmente teve um sangramento. Tratava-se de um aborto retido e fomos encaminhados pelo atendimento do Master Black Unlimited para o Hospital Dr. Philipp de Orlando. Inúmeros exames, internação, curetagem com anestesia geral e serviço 5 estrelas nos excelentes quartos do Hospital. Foi uma benção em meio ao triste fato. Não desembolsei um centavo, nem mesmo do prato que pedi como acompanhante. Recomendo em todos os aspectos.

    Responder

    Rodrigo Purisch respondeu:

    Cassio,

    Obrigado pelo feed back. Por acaso na apólice do seguro há alguma referência a gravidez?

    Espero que sua esposa já tenha se recuperado e que vocês possam passar por essa bem.

    Responder

    Cassio respondeu:

    Obrigado. Estamos nos acertando, segundo a vontade de Deus. A apólice menciona que não cobrem “gravidez três meses antes da data prevista”, o que entendo seja um nascimento prematuro. Não mencionam aborto e suas consequências, ou seja, trata-se de ocorrência coberta. Mas apólices de cartões “de categoria inferior” excluem expressamente “aborto e suas consequências”….atenção! A propósito, no primeiro atendimento telefônico o próprio atendente ficou em dúvida e, após checar, liberou o atendimento sem que eu fizesse qualquer depósito em garantia. Só atormentam um pouco depois pedindo alguns comprovantes (de pagamento da passagem com o cartão, e-ticket) e um relatório a ser preenchido pelo médico particular (para saber da preexistência do problema)…bem, acho que é só. Abraço!

    Responder

  9. Cassio says:

    Obrigado. Estamos nos acertando, segundo a vontade de Deus. A apólice menciona que não cobrem “gravidez três meses antes da data prevista”, o que entendo seja um nascimento prematuro. Não mencionam aborto e suas consequências, ou seja, trata-se de ocorrência coberta. Mas apólices de cartões “de categoria inferior” excluem expressamente “aborto e suas consequências”….atenção! A propósito, no primeiro atendimento telefônico o próprio atendente ficou em dúvida e, após checar, liberou o atendimento sem que eu fizesse qualquer depósito em garantia. Só atormentam um pouco depois pedindo alguns comprovantes (de pagamento da passagem com o cartão, e-ticket) e um relatório a ser preenchido pelo médico particular (para saber da preexistência do problema)…bem, acho que é só. Abraço!

    Responder

  10. Paulo says:

    Boa Tarde,
    Poderia me informar se os cartões de crédito possuem seguro “no show” de Hotel. Caso negativo o que é preciso fazer???Ação judicial?? A simples reserva através do cartão não caracteriza um acordo comercial.Cade a prestação de serviço do Hotel??O hotel sequer emitiu “voucher”.
    Gostaria de uma orientação.
    Obrigado

    Responder

    Rodrigo Purisch respondeu:

    Que eu saiba não. Você fez a reserva por telefone? Se foi pela Internet, normalmente existem regras de no show que podem ser visualizadas no momento da reserva. O mesmo acontece com as cias aéreas.

    Responder

  11. mauricio oliva says:

    Boa noite a todos, venho relatar minha experiencia ao usar o seguro ´´automático“ do cartão de crédito, no meu caso, da Mastercard quando realizei um locação de veículo no Brasil (nordeste).
    Descobri sem querer que havia este benefício e fiz as contas e economizaria em torno de R$ 500,00 usando o mesmo e ao pesquisar no site só me atentei ao enunciado que dizia ´´quando for locar basta negar os seguros oferecidos pelas locadoras e pagar integralmente a locação com o cartão Mastercard e pronto você já estará segurado“.
    Foi o que fiz, neguei a contratação dos seguros oferecidos e paguei com meu cartão e segui viagem.
    Por volta do 3 ou 4 dia de viagem ocorreu um acidente envolvendo terceiros e só aí, ao entrar em contato com a Mastercard, descobri que não havia cobertura para terceiros(diga-se de passagem tive uma péssima experiência no atendimento telefônico pois não obtive suporte algum e, por ser no sábado, me informaram que somente na segunda-feira poderia comunicar oficialmente o sinistro, apesar de ter insistido que se tratava de uma emergência. Na segunda quando liguei descobri que os atendentes com os quais havia falado no sábado me passaram a informação errada já que a central è 24 hs todos os dias da semana.
    Resta-me a consultar um advogado para saber se há como entrar com algum tipo de ação contra a Mastercard pois o site me induziu ao erro ao me fazer pensar que estaria seguro ao negar os demais seguros e pagar com o referido cartão, assim como entrar com uma ação por não ter tido nenhum tipo de auxílio no momento do acidente.

    Responder

Deixe um comentário

Os comentários publicados aqui são de exclusiva e integral responsabilidade de seus autores. Comentários que julgarmos conter termos chulos, que não respeitem a opinião dos demais, que tratem de problemas comerciais individuais com terceiros, que promovam o comércio de milhas, que tragam termos preconceituosos, que sejam identificados como textos publicitários ou que visem apenas denegrir a imagem de terceiros serão moderados e/ou excluídos. Comentários sem identificação clara de seu autor (nome e/ou email válido) também poderão ser excluídos.