Aeroporto de Brasília, Aeroporto Juscelino Kubitschek, BSB

25 de abril de 2011 | Por | 36 Comentários More

Não me lembrava a última vez que utilizei  o aeroporto da nossa capital federal.

O Aeroporto Juscelino Kubitschek, BSB, está localizado a 11 km do centro da cidade e  parece seguir o modelo arquitetônico que também  inspirou o aeroporto de Viracopos em Campinas e o de Curitiba. Achei que o mesmo guarda mais similaridades com o de Curitiba.

Apesar do segundo piso reformado, me pareceu um aeroporto aquém das necessidades da capital federal e do intenso movimento que apresenta. Reportagens na mídia confirmam essa percepção. Apesar disso, oferece uma boa gama de serviços. Apenas o conforto não é prioridade, mas isso é um defeito do padrão Infraero de aeroportos, a começar pelos pouco confortáveis assentos padrão dessa empresa distribuídos pelos diversos aeroportos que administra.

Google Maps

O aeroporto é composto por dois terminais:

O Terminal Auxiliar, TPS-2

Bem menor e mais escasso em serviços que o terminal principal, é de onde partem os vôos da Azul. Construído em um único nível com um estacionamento menor descoberto a sua frente. Está localizado a uma boa distância do terminal principal, o que dificulta o deslocamento entre eles. Ele foi reformado para receber a Azul e deverá receber mais reformas para receber outras cias aéreas. A Pantanal deve operar nele em 2011.

O Terminal Principal, TPS-1


Foi construído em 3 níveis com um estacionamento descoberto a frente e atende a maioria das cias aéreas.

No térreo, ocorre o desembarque nacional e internacional. Neste mesmo andar você encontra os balcões das locadoras de veículos, posto da Receita Federal, ilhas de agências que vendem passagens disponíveis na Internet…, uma série de caixas do Banco do Brasil, correio, guarda volumes tipo Malex (extremidade esquerda de quem sai do desembarque) e algumas lanchonetes dispostas em ilhas. Este piso é la Aeroporto de Confins, aberto e se comunica com a pista de veículos, mas  possui pequenos jardins com espelhos d’água. Neste mesmo andar você encontra o ponto de táxi  e o ponto de ônibus/micro-ônibus.

No primeiro piso, ao centro localizam-se os balcões de check in e algumas pequenas “lojas” tipo stand das cias aéreas (existem outras lojas ou balcões na extremidade direita do aeroporto).

Dirigindo-se as extremidades desse piso você tem acesso a rampas que levam a um pequeno shopping que localiza-se paralelamente aos balcões de check in. O corredor do shopping é o mais fresco do aeroporto e conta com uma série de assentos padrão Infraero. Algumas fileiras possuem tomadas, porém já no novo padrão brasileiro (traga seu adaptador). Nas extremidades do mesmo estão o acesso as salas de embarque nacional e internacional. Um restaurante a kilo mais sofisticado está localizado a esquerda dos balcões de check in na base da rampa.

No segundo piso, algo que tem se tornado raro nos aeroportos brasileiros, área de observação do pátio de aeronaves. Enquanto no exterior essas áreas são consideradas nobres, por aqui são cada vez mais raras e invadidas por vidros fumes que reduzem muito a visibilidade.  Este piso conta ainda com uma praça de alimentação, fraldário, sala ecumênica, banheiros (isso não falta no aeroporto de Brasília) e uma boa brinquedoteca (paga).

Para quem gosta de aviação é um prato cheio. Um longo corredor fechado parcialmente com vidros incolores dá uma boa visão do pátio e do movimento das aeronaves. Para quem não gosta de aeronaves, esse piso pode parecer desconfortável, já que não apresenta climatização adequada  devido a presença de espaços entre os vidros que fazem o fechamento da área, o ruído das aeronaves e às vezes o cheiro do querosene de aviação invade o ambiente. Se isso te incomoda, então fique na área do shopping no primeiro piso que é muito mais agradável termicamente e apresenta um ruído inferior.

Quando passei por lá, estavam instalando de mapas do aeroporto dentro do terminal, coisa rara em nossos aeroportos.

Sala de Embarque Internacional: A sala de embarque é pequena servida por apenas dois balcões de controle de passaportes, uma livraria, uma cafeteria e um pequeno duty-free (similar ao de Confins). Possui apenas 3 gates (portões de embarque). Como os serviços são restritos, vale a pena ficar passeando e se alimentar na aérea comum do aeroporto.

Sala Vip: disponível só para os nobres Deputados, Senadores e integrantes do Judiciário e Executivo… Existem vagas a frente do aeroporto exclusivas para os integrantes da diplomacia. Atualização 10/01/12: Foi aberta uma sala vip do HSBC Premier no aeroporto, Esperamos que seja a primeira de muitas por lá.

Opções de transporte

Ônibus

Na extremidade direita de quem sai das salas de desembarque e localizada na pista do meio que passa a frente do terminal, você encontra um ponto de ônibus.

Em dias úteis das 7 às 20 horas estão disponíveis micro-ônibus brancos e laranjas (conhecidos como zebrinhas). A linha número 30 que da acesso ao Setor Comercial Norte e Sul próximos dos Setores Hoteleiros Norte e Sul respectivamente. A linha de número 11 passa pelo Eixo Sul, Rodoviária do Plano Piloto, Conjunto Nacional, Esplanada dos ministérios e Asa Norte, um mini city tour em ônibus urbano. Esses micro-ônibus são muito mais rápidos que as linhas que cito abaixo.

Já a linha 102 (Rodoviária do Plano Piloto/Aeroporto) e 102.1 (Rodoviária do Plano Piloto/Aeroporto via FAB – VI COMAR) partem da frente do aeroporto todos os dias até meia noite em direção a rodoviária do Plano Piloto. Lá você terá acesso a uma gama de ônibus cobrindo a região, além do metrô que dá acesso principalmente às cidades satélites de Brasília.

Ônibus Executivo

O prometido serviço de ônibus executivo servindo o Aeroporto de Brasília ainda não saiu do papel. Finalmente agora o aeroporto conta com serviço de ônibus executivo. A linha se chama 113 e liga o aeroporto ao Setor Hoteleiro Norte e Sul, passando pela Esplanada dos Ministérios e Rodoviária do Plano Piloto. É operada das 6:30h às 23:30 horas diariamente e iniciou cobrando 8 reais.

Táxis


Unanimidade parece ser a reclamação sobre os preços cobrados em Brasília. Corridas de/para o aeroporto são cobradas em bandeira 2 (30% a mais) independente do dia da semana ou horário. Por ser uma distância não muito longa até o centro do plano piloto (11 a 15 km), o valor cobrado médio de 35 reais incomoda. Mas para quem mora em São Paulo e pega táxi em Guarulhos ou quem mora em Belo Horizonte e viaja para Confins de Táxi, não é nada que assuste ao viajante frequente que está infelizmente acostumado a ser extorquido (pode vir a pagar mais pelo taxi que pela passagem de avião) no seu transporte de/para o aeroporto

Dica para longas conexões

Se você for fazer uma conexão longa no Aeroporto de Brasília, que tal aproveitar o tempo e fazer um city tour? Você pega o ônibus 102 até a rodoviária do plano piloto e depois um táxi até o Brasília Shopping ou pega um táxi direto até o shopping ou para a Torre de TV. Do Shopping e da Torre de TV partem ônibus turísticos (nas segundas, partem apenas do Shopping) que fazem um city tour de cerca de 1h e 30m pelos principais pontos turísticos da cidade. O ônibus turístico custa 24 reais por pessoa e menores de 5 anos não pagam.

Uma curiosidade: No tempo em que passei no aeroporto fui abordado por duas pessoas pedindo ajuda financeira. Isso nunca tinha me acontecido antes em outros aeroportos. Proximidade do aeroporto de áreas mais carentes da cidade?

Se você tiver alguma dica de estacionamento, de transporte, hospedagem no entorno do aeroporto ou de serviços voltados aos usuários desse aeroporto, deixe sua dica nas caixa de comentários. Eu e os demais leitores agradecemos!

Tags: ,

Category: Aeroportos, Sala Vip, Viajando com Crianças

Comentários (36)

Trackback URL | Comments RSS Feed

  1. J disse:

    Faço muitas conexões em BSB e pelo menos a área onde normalmente fico é extremamente lotada, sem lugares para sentar, e com dois banheiros com filas de “balada”. Lamentável.

  2. Paulo disse:

    O preço do táxi é salgado mesmo. Mas dá pra aliviar um pouco usando algumas empresas de Rádio Táxi que oferecem 30% de desconto sobre a tarifa final. Uma delas atende no 3321-3030, e utilizo sempre.

  3. RosaBsb disse:

    Rodrigo, o aeroporto de BSB não é dos piores do Brasil, mas a Capital precisa e merece muito mais. Acho o aeroporto pouco cuidado, poderia estar bem melhor. Banheiros e praça da alimentação sempre sujos, já reclamei diversas vezes na Infraero e sempre aquelas desculpas que são as empresas que não cuidam e deixam tudo largado. Lamentável.
    Quanto ao passeio para aproveitar as horas na Capital, eu e meu marido teremos um grande prazer em recebê-lo para um city tour.
    Recebemos a Sylvia e o Mário e foi muito bacana mostrar a cidade para eles. É só combinar aqui mesmo no seu blog. A dica de pegar o táxi até a torre ou BSB Shopping para depois fazer o passeio no ônibus turístico é muito boa. No BSB Shopping, dá pra combinar o almoço ou jantar no Coco Bambu que é muito elogiado.

  4. rafa disse:

    Quanto à questao dos pedintes, Guarulhos é bem pior. Lá nao dá nem pra fazer um lanche em paz, porque nao se pode descuidar da bagagem. E sempre fica alguém do lado olhando pra vc com cara de cachorro que caiu da mudança, é muito desagradável. Isso nunca aconteceu comigo em Brasília

  5. Fernando disse:

    Moro em Brasília e uso o aeroporto com relativa frequência (viajo pelo menos uma vez por mês, a passeio ou para fazer provas).

    Ele já está saturado há pelo menos uns cinco anos. Nos dias de grande movimento (feriados principalmente) aquilo vira uma zona. Já cansei de esperar embarque sentado no chão e passando calor. Quando despacho mala, não espero menos que vinte minutos até vê-la na esteira.

    Particularmente, não acho o taxi tão caro. De lá até meu apartamento, no Sudoeste, dá cerca de R$ 30,00. Comparando com Manaus, por exemplo, é uma pechincha. A última novidade para mim (aconteceu em fevereiro) foi o taxista pedir R$ 10,00 por mala, além da corrida, quando cheguei de Miami com minha esposa. Mandei ele tirar na hora e liguei pro 3030. O ônibus executivo nunca saiu do papel, segundo dizem, devido a uma fortíssima pressão do sindicato dos taxistas, que possui representante na Câmara Distrital. E já soube de taxista que fez Aeroporto-Octogonal via Palácio do Planalto para uma visitante que estava pela primeira vez em Brasília.

    Adoro avião, mas o barulho ali no terraço chega a ser desagradável. Aquilo claramente foi uma falha de projeto. Parece que o som dos motores entra amplificado pelas vidraças.

    Ah! Pelo visto você não conheceu o puxadinho no TPS1.

  6. Lvcivs disse:

    Táxi? Ligue em algum rádio táxi, eu uso o Maranata, que antigamente tinha 30% de desconto em TODAS as corridas, não sei se ainda é assim.

  7. Eduardo Nunes disse:

    Desculpe-me a opinião Rosa, mas o Coco Bambu do Setor de Clubes Sul é muito melhor! Abraços.

  8. Eduardo Nunes disse:

    É bom se falar que em BSB já tivemos várias ocorrências de roubos, principalmente a notebooks. Fiquem sempre alertas. Em qualquer aeroporto.

  9. RosaBsb disse:

    Eduardo, eu citei o do Brasília pela facilidade de combinar com o ônibus do city tour. O acesso do SCS é mais difícil.

  10. Eduardo Nunes disse:

    Eu sei Rosa, estava só enchendo o saco. Os 2 são bons, claro que prefiro o que falei, mas como moro em BSB sempre estou de carro.

  11. Arnaldo disse:

    Caro Rodrigo.
    Quando se compara o aeroporto de Brasília com aeroportos de capitais no exterior, vê-se claramente o descaso com que somos brindados pelas nossas autoridades aeroportuárias.
    É triste verificar que o aeroporto da capital do país é minúsculo diante do tamanho do público que se presta a servir.
    Me questiono como as autoridades que viajam para o exterior não retornam ao Brasil com ânimo para fazer algo diferente.
    Questões como sinalização, acessibilidade, espaço, transporte, conforto, limpeza precisam ser melhor trabalhadas se queremos receber bem os nossos visitantes.

    Sempre que retornamos de exterior, ficamos incomodados com a baixa qualidade dos aeroportos brasileiros.
    São apertados, sem

  12. Duarte disse:

    Já peguei esse micro ônibus no aeroporto pra chegar na esplanada e ir para a embaixada americana. Foi bem tranquilo, mas acho que o nome era outro, não era zebrinha. O ônibus é rápido, passa pelo terminal rodoviário e vai descendo em direção ao congresso.

  13. RosaBsb disse:

    Manchete do Correio de hoje: Dilma vai privatizar aeroporto de Brasília.
    Será que melhora???
    Arnaldo, concordo com você. O aeroporto da Capital é uma vergonha total.

  14. rafael disse:

    Gosto muito do aeroporto, principalmente pelo fato de haverem lojas de fast food no aeroporto, que cobram precos normais, e nao os precos normalmente extorsivos dos aeroportos. No galeao, nao se almoca por menos de 20 reais. Em bsb, basta comer no giraffas ou bobs. Eh uma vantagem inegavel.

  15. RosaBsb disse:

    Rafael, os preços nem são assim tão normais. O Giraffas é tudo mais caro que nas lojas da cidade. O Spoleto também. Mas, mesmo assim é bem mais em conta que muitos aeroportos.

  16. Rodrigo Purisch disse:

    Duro é ler: taxistas ameaçam….

    No Brasil as pessoas acham que podem manter feudos…

  17. Viviane disse:

    Agora o executivo já saiu do papel! =D

  18. Daniel disse:

    acho que o aeroporto de bsb segue a linha dos demais aeroportos brasileiros. nem mais, nem menos. agora, acho que o movimento no terminal é muito irregular: as salas de embarque são o gargalo, pois, além de serem pequenas, recebem muuuuitos passageiros fazendo conexão. quanto à parte de alimentação, bsb consegue dar mais opções do que gru, a preços acessíveis (embora não sejam os mesmos das lojas de rua ou shopping). quanto aos pedintes, acho que em gru a coisa é mais frequente.

Deixe um comentário

Os comentários publicados aqui são de exclusiva e integral responsabilidade de seus autores. Comentários que julgarmos conter termos chulos, que não respeitem a opinião dos demais, que tratem de problemas comerciais individuais com terceiros, que promovam o comércio de milhas, que tragam termos preconceituosos, que sejam identificados como textos publicitários ou que visem apenas denegrir a imagem de terceiros serão moderados e/ou excluídos. Comentários sem identificação clara de seu autor (nome e/ou email válido) também poderão ser excluídos.