Cartões de Crédito: Você já Usou Algum dos Benefícios Adicionais?

17 de julho de 2008 | Por | 39 Comentários More
Vou chamar mais uma vez a atenção dos leitores para a caixa de comentários do post sobre as mudanças de regras do Amex. Está rolando muitas dicas sobre os cartões de crédito em geral. Eu mesmo acabei conhecendo, via dica do Nick, o cartão do Votorantin me era até agora desconhecido. Cada um tem um cartão que se encaixa mais no seu perfil. Se você tiver mais dicas sobre cartão ou quiser ler os comentários é só clicar aqui.

Os possíveis benefícios de um cartão de credito vão muito além do programa de milhagem ou pontos do mesmo. Alguns cartões podem te dar um seguro de vida em caso de morte acidental, seguro de malas, uma graninha de indenização no caso de atraso na entrega das malas, seguro do veículo alugado, seguro de saúde no caso de urgência médica (sendo que alguns emitem um certificado de seguro para comprovar sua cobertura para entrar na Europa) entre outras vantagens.

Você já usou alguns desses benefícios? Fora o seguro de vida, já me senti tentado a usar pelo menos dois desses benefícios, mas nunca tive confiança suficiente para fazê-lo.

Explico: No caso de um seguro saúde, muitas vezes a coisa burocrática fica toda na sua mão (resolver questões espinhosas no exterior em língua não nativa não é algo isento de estresse) e depois você tem que enviar ao cartão toda a papelada para ser reembolsado. Aí acabo decidindo por um seguro saúde de viagem que não seja baseado em reembolso (ligo para a assistência e eles resolvem os problemas) visando reduzir um possível estresse.

Seguro de carro no exterior é a mesma coisa. O seguro do cartão cobre os danos do veículo (CDW ou LDW), mas não os dos terceiros e ainda você tem que ficar de olho na pré-vistoria do veículo, pois se passar um dano despercebido, você acaba sendo responsável na hora de entregar. Como opto pelo seguro total e o de terceiros da locadora, não há estresse, já que todo e qualquer dano estará coberto. Normalmente, a vistoria pré e pós aluguel costumam ser até mais rápidas.

Se você já teve alguma experiência de optar por um desses benefícios e ter que realmente usá-lo então a deixe na caixa de comentários deste post. Quem sabe eu e outros leitores podemos mudar nossa forma de agir baseado nessas histórias? Já aproveito para agradecer sua participação.

Tags:

Category: Cartões de Crédito, Planejar e Comprar, Programas de Fidelidade Aérea

Comentários (39)

Trackback URL | Comments RSS Feed

  1. Anonymous disse:

    Os que eu uso sempre, do diners: sala vip,gratis em SP, RJ, e em alguns lugares da Europa, e paga, cerca de 20 a 40 U$ em outros lugares, sendo que as vezes e free para o titular do cartão e paga para o acompanhante . O diners tem uma Van de Guarulhos a Paulista, de graça, e do Galeão até Ipanema. O diners também tem descontos e o que vale a pena é o que oferece 50% em um restaurante de primeira. Com chorinho a anuidade do diners sai a R$ 40 por ano, vale a pena.

    Ernesto

  2. Anonymous disse:

    Outro detalhe sobre o Diners que esqueci de dizer. Sobre a aceitação.
    Acabei de voltar dos EUA lá o Diners tem uma parceria com a Mastercard e é aceito em muitos lugares. Em lojas pequenas o proprietario se recusa a aceitar mesmo sabendo disso.
    Na Europa é praticamente inviavel a utilização dele. Quase nenhum lugar aceita.
    Na Argentina não é tão grave quanto na Europa mas não são muitos lugares que aceitam não.

  3. Anonymous disse:

    Uma coisa boa que o Diners tem é o programa de milhagem. Se você atingir 15000 milhas pode transferir para programas como Miles and More ou AAdvantage. Coisa que não encontrei em nenhum outro cartão.
    Cartão bom é o do Itau que tem bandeira Visa e Master e o programa sempre presente não expira as milhas mas peca que só pode transferir para o Fidelidade Tam e rs… Smiles.
    Smiles rs… to prestes a jogar essas milhas fora. Maldita hora que fui confiar na Varig…

  4. Rodrigo Purisch disse:

    Ernesto,

    Essa van eu não conhecia não. Ainda existem umas salas vip do Diners nos aeroportos. Mas fiquei com uma sensação que nos últimos anos ele vem muchando aos poucos. Se não me engano, o Diners foi o primeiro cartão de crédito sendo criado por um grupo de empresários para pagar as contas dos restaurantes.

    No Brasil essa parceria Mastercard também parece existir.

    Quanto ao Itau: Não remunera em grandes múltiplos, mas os pontos não expiram o que é uma senhora vantagem (apesar de advogar o uso das minhas o mais precoce possível). Eles deviam é aumentar as parcerias com outros progrmas de fidelidade de cias aéreas. Sou corajoso, e para completar umas milhas que sobraram na minha conta fiz uma pequena transferência do Sempre Presente (progrma do Itau) para o Smiles. Tudo via internet, simples e no dia seguinte estava na minha conta Smiles.

    Um abraço

  5. Anonymous disse:

    Eu tenho os Cartões Platinum do Banco do Brasil que oferecem todos estes benefícios citados no post, quando a passagem é comprada com o cartão. Esse ano fui pra Espanha e tentei usar o seguro para aluguel de carros, mas pro cartão assegurar o carro, primeiro você tem que abrir mão do seguro da locadora. Como na Espanha não é possível alugar carro sem contratar o seguro, acabou não dando certo usar o seguro do cartão. Ou seja existe o benefício mas ele é impraticável na Espanha (ou Europa). Deve funcionar bem para aluguel nos EUA, onde o seguro é opcional.

    Curiosidade: voltei da Espanha naquele último vôo da Varig Madri – São Paulo, no dia 12/05, http://aquelapassagem.blogspot.com/2008/04/varigol-mais-uma-vez-mostra-sua.html . Clima triste de fim de festa…

    Abc,
    Renato

  6. Rodrigo Purisch disse:

    Renato,

    Eu não sei como isso funciona na Europa, mas segundo as operadoras de cartões, você tem que informar a locadora de que você tem cobertura do cartão de crédito e se for o caso colocá-los em contato com a administradora. Na verdade, isso cria uma burocracia que muitas vezes a locadora não quer ter e ao cliente demanda tempo, o que numa viagem deve ser mais bem utilizado.

    Por isso é que ainda não animei a usar esses serviços.

    Não conheço ninguém que optou por esses benefícios e realmente os utilizou. Como seria resolver o pagamento de uma batida usando o seguro do cartão? Ficar discutindo com o cartão ao chegar no Brasil não deve ser uma coisa muito interessante…

    O pessoal da Varig acredita na cia aérea, mas não tenho essa certeza sobre os donos …

    Um abraço e obrigado pelo seu depoimento.

  7. Anonymous disse:

    Meu cartão é o Visa Platinum do Banco Real. As duas grandes vantagens são: a pontuação não expira nunca e cada dólar equivale a 1,5 ponto. Porém, transferência de pontos para programa de milhagens só da Tam e Varig. Bom, quando encontramos promoções vale a pena. Agora em julho adquiri oito passagens da Tam de Brasília para Fortaleza com 3.000 pontos cada! Ou seja, gastei 24.000 pontos para pagar oito trechos que me custariam aproximadamente R$ 3.890,00 (simulei a compra nos mesmos vôos). Uma barbada na minha opinião.
    Sobre os seguros de viagem: fui para os EUA em maio e li tudo sobre as coberturas em caso de morte e acidente, mas sinceramente… acho que é muito otimismo confiar nesses serviços, quando você lê com bastante atenção as coberturas e as exceções logo percebe que não é bem aquilo que parece. Além disso me parece bem burocrático, ou seja, nada prático. Eu acho que esses serviços são mais marketing do que qualquer outra coisa.

  8. Neto disse:

    Caro Rodrigo, vc sabe me dizer se comprando pelo decolar.com com cartão de credito tem direito a seguro saude?

  9. Rodrigo Purisch disse:

    Neto,

    depende das regras do seu cartão. Muitos dão esse seguro (cuidado pois alguns dão uma adiantamento e não um seguro) na compra de pacotes ou passagens. No meu ver o Decolar é uma agência virtual, mas uma agência. Na dívida e para evitar chateações, ligue para seu cartão, anote o nome e hora da atendente que te deu a informação caso precise. Seguro gosta de complicar a vida da gente…

  10. cristina disse:

    tenho o cartao Itaú e já resgatei premios como cafeteira eletrica e bicicleta, chegou muito rápido e fiquei satisfeita.
    Nunca troquei por passagens, nao sei como funciona, mas estou com pontos acumulados que acredito dar pra trocar por passagem aqui no Brasil.
    Abraços.

  11. Rodrigo Purisch disse:

    Os pontos do programa Sempre Presente não expiram nunca. Normalmente você vai ter que acumular no mínimo 10 mil para um trecho ou 20 mil para ida e volta (existem promoções no Fidelidade para emissão com menos que isso). Com a pontuação necessária, você transfere a mesma para para o Smiles ou Fidelidade Tam (cada um tem suas vantagens e desvantagens)- você já deve ter uma conta nesses programas (é gratuito e pode ser feito on line) e depois tenta emitir sua passagem. depois da transferência a validade das milhas é igual a do programa de fidelidade da cia aérea.

    Leia mais nesses tutoriais

  12. vicente disse:

    Rodrigo, nunca utilizei os pontos do visa-mastercard e porisso perco-os todos os meses.Agora a telegirl me informou que poderia usar para viagem pela tam, lan , gol etc.
    Como faço para abrir conta nessas cias?
    Li alguma coisa a respeito da STAR ALLIANCE que possui 21 cias aéreas,a SKY TEAM COM 14 CIAS E A ONE WORLD que tem 9 cias.Pretendo ir prá europa este ano na casa da minha filha e poderia usar essa milhas aqui e lá. Voce acha possivel?
    No caso dessas Star etc. seria melhor por possuir outra cias coligadas,não é mesmo.
    Não entendo nada, voce pode me dar uma luz.tks,vicente

  13. Marcio disse:

    Tenho o Cartão Tam ItauCard Visa Platinum já a algum tempo e não tenho muito do que reclamar.
    Como o cartão é da Tam mesmo os pontos vão direto para o Fidelidade da TAM (agora para o tal multifidelidade) e isso tem funcionado bem para mim, já resgatei muitas passagens somando pontos do cartão com pontos de passagens mesmo já tive muitas… realmente muitas passagens com o fidelidade da Tam.
    O cartão dá 1,3 pontos a cada dólar gasto, alguns cartões prometem mais, estou avaliando uma mudança somente por isso.
    Quanto a outras coisas, já andei vendo esses seguros mas concordo com o amigo acima, não consigo confiar muito neles, as letras miúdas nos contratos são muito comlicadas e não sou advogado para conseguir interpretar aquilo tudo, então nunca utilizei.
    O que utilizo sempre é a possibilidade de entrar nas salas VIP da Tam que existem várias e muitos aeroportos no Brasil e o checkin como fidelidade vermelho, que é disponível para quem tem o cartão platinum.
    Algo realmente inusitado que utilizei por duas vezes e que realmente me economizou um dinheiro foi o serviço de chaveiro (não sei se ainda tem, utilizei a muito tempo atrás…). Fiquei trancado algumas vezes do lado de fora de casa (várias vezes… histórias realmetne complicadas e engraçadas… :), por duas vezes liguei para a cental de atendimento do cartão de crédito e eles me mandaram um chaveiro sem custos, isso aconteceu de madrugada e eu moro na zona sul do Rio de janeiro, horário e local que um chaveiro normalmente custa uma grana preta…
    É isso ai, espero ter contribuido.. 😉

  14. Rodrigo Purisch disse:

    Nunca expiravam…Tudo que é bom acaba…

  15. Marcio disse:

    Agora o Tam Itau Platinum passou para 1,5 pontos a cada dólar. Não penso mais em trocar… 😉

  16. fabio disse:

    Já utilizei diversos serviços do amex platinum, inclusive o seguro de carro e de saúde, na Europa e nos EUA. Uma vez, aluguei um carro nos EUA e me envolvi em uma batida, e mesmo tendo recusado o CDW da locadora ( avisei que ia usar o da amex), não tive que pagar nada nem me envolver em burocracias, uma ligação para a central de atendimento e tava tudo resolvido. O carro foi rebocado para a locadora, me deram outro carro para continuar a viagem e não tive que fazer mais nada além de assinar uns papéis quando voltei para o Brasil.
    O mesmo aconteceu quando sofri um acidente de ski e quebrei o braço, o atendimento no posto da estação foi autorizado muito rapidamente pelo amex, e também não tive que pagar nada e saí de lá com o braço engessado e com os remédios para a dor na mão. O que mais me impresionou foi que eles inclusive ligam para você depois só para saber como você está(!).

  17. Gabriel Dias disse:

    Bom saber disso. Uma dúvida: levou levou algum documento para mostrar na imigração da Europa se te pedissem? Estou indo para lá em abril. Para que número você liga em caso de problemas? O atendimento é em português?

  18. Ronaldo disse:

    Você conseguiu alugar carro na Europa, por bom preço, sem seguro? tenho visa platinium que já dá direito ao seguro, mas nao consegui encontrar tarifas baratas sem seguro. Na Hertz, a atendente disse que sem seguro fica mais caro, pois quando tem seguro, eu ganho vários descontos. A tarifa com seguro ficou uns 600 euros. Sem seguro, ficaria uns 800.

  19. Fabio disse:

    Ronaldo, Quanto ao seguro do carro, o ideal é esquecer as operadoras e atendimentos telefonicos, porque eles tem todo o interesseem te vender o seguro, pois eles ganham comissão em cima. O ideal é ir direto no site da locadora ( de preferência o site “.com” e não o “.com.br”), pois lá geralmente Você consegue reservar sem seguro. Alguns sites são mais fáceis, outros mais difíceis, mas em todos é possível reservar o carro sem seguro, e o melhor, mais barato do que nas agências. Aí, quando Você chega lá fora, é só avisar no balcão que você vai usar oseguro do cartão.
    Agora, Guilherme,em relação ao seguro saúde, é importante sim ter um certificado, mas é só Ligar para a central de relacionamento que eles te mandam Por fax ou e-mail, super fácil…

  20. Thayoliveira disse:

    Tenho o Platinum e já utilizei o seguro saúde na Europa (o médico foi até no meu hotel, apenas não tinham disponivel médico que falasse portugues)e sempre viajo somente com o seguro saúde do cartão (descobri pelo call center que até quando viajamos de milhas, se pg a taxa de embarque com o cartão tem o direito ao seguro). Para a Europa eles emitem o Certificado de Seguro Saude para entrar na CE (tem que entrar no site e pedir que eles enviam). Também utilizo o cartão para o seguro de carro (mas ainda não precisei efetivamente usar para saber se é igual ao saúde), inclusive já utilizei na Europa sem problemas (só que contrato em separado o seguro para terceiros que não está incluso)

Deixe um comentário

Os comentários publicados aqui são de exclusiva e integral responsabilidade de seus autores. Comentários que julgarmos conter termos chulos, que não respeitem a opinião dos demais, que tratem de problemas comerciais individuais com terceiros, que promovam o comércio de milhas, que tragam termos preconceituosos, que sejam identificados como textos publicitários ou que visem apenas denegrir a imagem de terceiros serão moderados e/ou excluídos. Comentários sem identificação clara de seu autor (nome e/ou email válido) também poderão ser excluídos.