GOL É Multada em 2 Milhões de Reais! Viva o Circo!

4 de agosto de 2010 | Por | 25 Comentários More

A ANAC anunciou que a Gol deve ser multada em cerca de 2 milhões de reais e ser proibida de fazer novos contratos de charters até resolvida a situação dos seus atrasos.

A Gol conseguiu fechar o quarto trimestre de 2009 com um lucro líquido de cerca de 398 milhões de reais. No primeiro trimestre de 2010 e lucrou 191 milhões de reais.

Acho que ela está realmente muito preocupada com essa multa, se vier mesmo a pagar e quando pagar, e estou certo de que ela, que já tinha visto as belas punições que a Tam levou no passado (você com certeza não esqueceu o natal de 2006!), vai pensar duas vezes antes de repetir uma coisa desse tipo. Ainda mais porque agora o poder judiciário se implantou nos aeroportos.

O Ministro da Defesa já fez suas declarações para acalmar os expectadores sem cutucar a onça, já que a vara é curta.

Brasil, cada dia mais parece um circo e eu me sinto cada vez mais o palhaço dele…

Category: ANAC, Caos, Consumidor

Comentários (25)

Trackback URL | Comments RSS Feed

  1. Celso disse:

    Não há vontade politica do Estado em resolver esta situação. Na condição de usuário observamos sanção pecuniária a empresa irrisória. Com isso, esses absurdos continuam a ocorrer e se repetem com frequencia. Impotentes somos obrigados a conviver com este eterno desrespeito.
    Nos temos legislação arcaica, deficits na infra estrutura e povo com baixa escolaridade.
    Causa espécie um ministro afirmar que a situação é pontual. Houve sério descontrole no trafego da GOL.
    2006 voltou a tona.
    Porém, para nossa alegria outubro vem aí e será mais um momento de manifestarmos democraticamente nossa opiniao nas urnas e renovarmos nossa esperança.

  2. Ricardo disse:

    A coisa começa errada por nós, consumidores. Diante de tanta confusão, vi que algo em torno de 70 pessoas tinham aberto processo judicial contra a GOL. Foram milhares os afetados, e somente 70 a cobraram judicialmente… Cadê o cidadão fazendo seu papel também? E olha que a Justiça, agora, está dentro do aeroporto! Uma vergonha para nós também.

  3. Emilio disse:

    Espero que esta multa se torne como um aviso as companhias aéreas para que busquem uma melhor gestão de suas equipes que trabalham excessivamente sem o descanso que são garantidas por lei. Consequentemente os paxs não sejam afetados como foi visto nos últimos dias.

  4. Ernesto disse:

    O que acho absurdo é que esta multa seja revertida para o Governo, e não para os passageiros que sofreram com o atraso. Seria um começo, se estes valor fosse dividido por todos os que comprovassem o atraso, com billhetes, sob a forma de dano moral coletivo presumido, e sem prejuizo das ações individuais, e problemas enfrentados por cada passageiro em particular.
    Ai sim teriamos um Estado que protege os consumidores, e não interessado apenas em uma maior arrecadação.

  5. GDC disse:

    Concordo com o Ricardo, nós passageiros não fazemos a nossa parte e reclamamos. Mesmo com os Juizados nos aeroportos o número de reclamantes é pequeno perto o número de pessoas que deixaram de viajar ou que tiveram seus voos atrasados ou alterados.
    http://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/juizados+dos+aeroportos+recebem+reclamacoes+sobre+atrasos/n1237737226484.html

  6. Daniel disse:

    A ANAC, mais uma vez, pra variar, aparece pra colocar tranca em porta arrombada! Numa situação dessas, o MPF deveria entrar com um pedido de indenização por danos morais coletivos. Pelo menos isso.

    Será que a Copa do Mundo trará a possibilidade de termos um serviço de transporte aéreo que preste???

    Brasil-sil-sil!

  7. Leandro disse:

    Com os puxadinhos que estão previstos para serem instalados em Campinas, Guarulhos, Brasília, etc., somado à incapacidade de investimento da Infraero (que tem verba e não gasta, sei lá porque), não se poderia esperar que as companhias aéreas fossem 5 estrelas, mesmo. Se estenderem a lona, vira circo de vez, já que os malabaristas (com tantos cancelamentos precisamos de malabares para remarcar compromissos profissionais e de lazer), palhaços e contorcionistas (pegue uma fila de check-in de um voo internacional ou mesmo a fila da Receita na volta prá Guarulhos prá você ver como dois corpos, às vezes, precisam ocupar o mesmo lugar no espaço) já estão trabalhando…

  8. Wilian D. S. disse:

    Interessante é a declaração da presidente da ANAC – Solange Vieira – justificando o transtorno apenas no software de gerenciamento da escala dos tripulantes. Será que apenas o software é culpado?

  9. Rodrigo Purisch disse:

    Discurso conveniente para ambos…. Assim escondo que eu não fiscalizei quando devia e que você não seguiu as regras sem que eu tomasse atitude…

  10. Rodrigo disse:

    Perfeito seu post Rodrigo, somos cada vez mais palhaços desta bagunça. E a verdade é que essa multa é só para a imprenssa ver, pois na verdade nunca será paga.
    Rodrigo.

  11. Rodrigo Purisch disse:

    Gustavo,

    Isso é sinal da falta de prestígio que o judiciário tem junto a população.
    Não se assuste em saber que apenas uma parte dos processos evoluiu com condenação da cia aerea levando a algum benefício palpável ao consumidor. Essa parte sai no jornal. A outra ninguém fica sabendo…

  12. Rodrigo Purisch disse:

    Celso,

    O que me assusta é que as opções de outubro parecem ser mais do mesmo que já temos. Vale lembrar que para uma boa parte da população as coisas estão bem e não há problemas administrativos ou relativos a saúde e educação. Como somos uma parte do todo, nosso desejo nem sempre consegue ser expressado nas urnas como gostaríamos.

    Eu acho é que estou mesmo é sem esperança para gastar….

    Um abraço

  13. Celso disse:

    Isso é a democracia. Regime ruim, porém nada melhor foi inventado.
    abraço.

  14. GDC disse:

    Rodrigo, de fato o judiciário não tem muito prestígio além do próprio desconhecimento da população sobre como funciona (pesquisa recente em SP mostra que cerca de 70% dos entrevistados desconhece o que é e o que faz o Procon).
    Mas felizmente existem exceções e eu fui um feliz usuário do juizado de pequenas causas onde consegui uma indenização da Gol por conta de um voo cancelado. Todo o processo durou menos de 1 ano desde a entrada com a ação até o recebimento da indenização em minha conta, tudo muito ágil e simples.

  15. Ernesto disse:

    Viajei hoje de GOL Congonhas Porto Alegre – Voo no horario, e milagre , check in sem nenhuma fila, pela primeira vez em que usei a Gol.

  16. Rodrigo disse:

    Na verdade GDC, vc é uma exceção, pelo menos aqui no Rio de janeiro estamos cada vez mais com Juízes que querem trabalhar menos e após colocarem obstaculos ainda dão danos ridículos como 2000 reais, que não representa nada contra uma GOL ou TAM. Além dessas empressas esgotarem todos os artifícios, tenho processos contra elas desde 2007 no Juízado Especial de Copacabana.
    É simplesmente ridículo nosso Judiciário, cada vez mais conivente, pois a verdade é que quando esses mesmos juízes teem algum problema simplesmente vão até um funcionário e dizem que são juízes e que preciusam de solução. E quando não funciona, esses mesmos entram na própria justiça, onde colocam sua ocupação de Juíz de Direito e assim recebem indenizações superiores a 15000 reais.
    É ou não é ridículo…

  17. Adolfo disse:

    Celso,

    Vc tem toda a razão, bom ou ruim o governo, estamos numa democracia e não há nada melhor. Mas que algumas opções melhores poderiam aparecer, poderiam.

    Vamos à história :
    2006 Рacidente da Gol. Controle a̩reo de pernas pro ar. Discursos, promessas, bravatas e realmente fizeram alguma coisa ?
    2006 Рcaos nos aeroportos Рdescontrole a̩reo de novo. Mais discursos, mais promessas e o resultado ? Uma multa na TAM de milh̵es que foi PERDOADA segundo informa̤̣o de ontem.
    2007 – acidente da TAM. Congonhas saturado. Tiraram uns voos e deslocaram para Guarulhos (como se este estivesse às moscas), anunciaram o terceiro aeroporto de São Paulo, investimentos, mais discursos, mais bravatas e o resultado ? Nem o memorial que a TAM prometeu para as vítimas foi feito.
    2009 – caos da Gol. Culpa do “software”. Mais discursos, mais bravatas, multinha de 2 milhões (para nós e muita grana, para a Gol é merreca) – que resultado teremos ? Provavelmente, nada. E se bobear a Gol será anistiada da multa.

    Ou seja, palhaços somos e seremos, porque não há nada muito melhor por aí. Este governo adora um discurso, uma festa, mas trabalhar que é bom. O anterior gosta de privatizar – poderia dar certo, mas os custos seriam muito maiores para nós os interessados de nariz vermelho…

  18. André Cri-Cri disse:

    Quero ver é pagar essa multa. E a greve? Vai ter ou não? A novela ainda não terminou…

  19. Deuteron disse:

    Rodrigo,

    para divulgação!

    Funcionários denunciam problemas da Gol: salários abaixo da média, jornada excessiva e falta de benefícios são principais queixas
    Publicada em 06/08/2010 às 23h48m
    BRASÍLIA – Dona de 40% do tráfego aéreo doméstico, a Gol está passando por uma de suas piores crises e corre o risco de ver seus funcionários cruzarem os braços no dia 13 em protesto às condições de trabalho . Depoimentos de funcionários colhidos pelo GLOBO, sob compromisso de não revelar suas identidades, demonstram insatisfação generalizada, do comandante ao atendente do check-in. Preocupado com os rumores da greve, o Ministério Público do Trabalho de São Paulo convocou para a próxima segunda-feira uma reunião entre a empresa e sindicatos, na tentativa de abrir um canal de negociação e mediar os conflitos.
    Os problemas vieram à tona com os atrasos e cancelamentos de voos em cascata no início da semana por falta de tripulação. Ainda que não haja uma adesão em massa, uma eventual paralisação poderá causar estragos, pois o quadro da Gol já é muito enxuto. O movimento dos trabalhadores da empresa, que começou silenciosamente pela internet com os copilotos, vem se fortalecendo. Já está marcada para a próxima sexta-feira, às 13h, uma assembleia para decidir a pauta da paralisação.

    Salários abaixo da média do mercado, jornada excessiva e falta de benefícios, como seguro de saúde e plano de previdência, são as principais queixas. Mas há também quem reclame das condições precárias dos materiais e equipamentos essenciais para execução de tarefas necessárias às atividades diárias nos aeroportos, como cadeiras quebradas, computadores e impressoras ultrapassados.
    O assunto greve foi tratado quinta-feira numa reunião em São Paulo com o Sindicato dos Aeronautas com cerca de cem funcionários, segundo o diretor da entidade, Carlos Camacho. Ele disse que as denúncias em função da escala apertada apontam para um quadro preocupante:
    – Uma das que me chamou a atenção diz que comandantes e copilotos estão revezando períodos de descanso em voos noturnos e diurnos, pedindo aos comissários que constantemente entrem na cabine de comando para evitar que eles caiam no sono. Isso é muito grave.
    Um comandante contou ao GLOBO que costuma voar duas madrugadas seguidas, incluindo o tempo parado dentro do avião no solo à espera de nova programação.
    – Duas madrugadas seguidas matam qualquer cidadão – disse, acrescentando que toda a tripulação trabalha à exaustão, ainda que recebendo horas extras.
    – A gente está trabalhando para a CVC (nos fretamentos) e para a Gol. Tem avião, mas não tem tripulante – disse o comandante, que tem 15 anos de experiência, 8.500 horas de voo e ganha por mês R$ 12 mil, contra a média de mercado de R$ 15 mil.
    Um funcionário do check-in que trabalha no aeroporto Tom Jobim (Galeão) contou que sempre extrapola a carga de seis horas por dia em meia hora, 40 minutos. Com remuneração mensal de R$ 1.250 e uma filha pequena, conta que tem que bancar sozinho um plano de saúde:
    – A vontade de todo mundo é de parar mesmo, mas muitos têm medo. O clima está muito ruim.
    Segundo um despachante técnico, que calcula o peso da aeronave antes da decolagem e o informa ao comandante, os atrasos no embarque na Gol devido à carência de pessoal fazem com que ele tenha um tempo reduzido, de apenas 10 minutos, enquanto o ideal seria de 20 minutos, para realizar o trabalho.
    – Trabalho sob pressão e não posso falhar. Se eu informar um peso errado para o piloto, ele pode dar uma carga no motor não correspondente e o avião pode não sair da pista durante a decolagem – disse o despachante, acrescentando que as condições físicas também não são adequadas.
    – A estrutura da empresa está ruim. No Galeão, é preciso chegar uma hora mais cedo todo dia para pegar um computador bom e uma cadeira que não esteja quebrada. A impressora é velha e para toda hora.
    Ele também se queixa que a empresa tem trocado a folga do domingo (uma a cada mês, segundo a legislação) para um dia da semana. Essa compensação, disse, faz com que não haja vida pessoal.
    Os mecânicos de manutenção fazem no mínimo 40 horas extras todo mês – além do permitido -, contou um deles. Ele reclama que trabalha debaixo de sol e chuva e que a empresa se recusa a pagar adicional de periculosidade:
    РA escala ̩ apertada. Se algu̩m adoece, acabou.
    Sistema de escalas não tem informações importantes
    Uma comissária reclama que o novo sistema de escala adotado pela empresa retirou informações importantes, como número de horas noturnas voadas e o local de residência do funcionário para permitir, assim, que ele fique mais tempo em casa no fim da jornada.
    Na primeira entrevista depois do caos no fim de semana, o vice-presidente de gestão da Gol, Ricardo Khauja, negou ao GLOBO que exista uma crise dentro da empresa ou que haja descumprimento das regulamentações sobre jornada de trabalho, como apontado pelos trabalhadores, e risco à segurança nos voos da companhia:
    РṆo existe caixa preta dentro da companhia. Estamos recebendo os inspetores da Anac (para verificar o cumprimento das normas).
    Ele afirmou que, no momento, a companhia não teme a greve e não acenou com propostas num eventual processo de negociação, porque ainda não recebeu uma pauta de reivindicação:
    РṆo existe crise. A gente teve um grave problema operacional no ̼ltimo fim de semana, mas foi pontual.
    O executivo destacou também que a Gol já nasceu sem os benefícios dos planos de saúde e previdenciário.
    A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) já anunciou que aplicará uma multa de, no mínimo, R$ 2 milhões em razão dos transtornos causados aos passageiros nos últimos dias . Mas, com as reclamações de usuários, o valor da multa pode chegar a R$ 5,5 milhões .
    Fonte: http://WWW.OGLOBO.COM.BR

  20. hotmar disse:

    De acordo com a notícia publicada no O Globo, repassada pelo Twitter do Rodrigo: http://oglobo.globo.com/economia/mat/2010/08/06/funcionarios-denunciam-problemas-da-gol-salarios-abaixo-da-media-jornada-excessiva-falta-de-beneficios-sao-principais-queixas-917342586.asp está prevista uma assembléia no dia 13 que pode decidir por uma greve.

    Ai ai ai… será que vou ter que transferir minhas milhas do banco pra TAM!!!??? 🙁

    É isso aí!
    Um grande abraço, e que Deus os abençoe!

Deixe um comentário

Os comentários publicados aqui são de exclusiva e integral responsabilidade de seus autores. Comentários que julgarmos conter termos chulos, que não respeitem a opinião dos demais, que tratem de problemas comerciais individuais com terceiros, que promovam o comércio de milhas, que tragam termos preconceituosos, que sejam identificados como textos publicitários ou que visem apenas denegrir a imagem de terceiros serão moderados e/ou excluídos. Comentários sem identificação clara de seu autor (nome e/ou email válido) também poderão ser excluídos.