GOL e SMILES: Mudanças Agora e Possíveis Mudanças no Futuro

28 de abril de 2012 | Por | 24 Comentários More

O Smiles como a própria Gol estão passando por uma série de reformulações a fim de torná-los mais lucrativos. Nessa fase é importante ficar de olho e atento às mudanças.

A Gol eliminou o serviço de bordo gratuito (só vai ter água mesmo) em grande parte de seus vôos, apenas as rotas mais lucrativas vão continuar com ele (por exemplo, a Ponte Aérea e vôos internacionais).  A cia que um dia foi conhecida pela barrinha de cereais vai ser conhecida pelo copo d’água no futuro. Para efeito de comparação, as principais low costs americanas servem pelo menos um suco ou refrigerante gratuito, além de oferecer, como a Gol já oferece, um menu no qual o consumidor pode optar por comprar uma das opções de lanche. Vale lembrar que nos EUA, as praças de alimentação dentro da área restrita do aeroportos geralmente oferece uma boa opção de restaurantes e fast foods, nos quais parte dos passageiros compram seus lanches para serem comidos dentro das aeronaves. coisa que não temos aqui. Em determinado horário do vôo, o ambiente das aeronaves americanas é invadido por aromas mil vindos das diversas opções de alimento adquiridos pelos passageiros.

Dentro dessa idéia de reformulação, a Gol parece que está negociando mais 17% de suas ações com a Delta (que já possui cerca de 3% delas). Eles não vendem mais porque a legislação não permite. Com essa venda, a Delta vai ter voz ainda mais forte nas decisões internas da Gol.

A Gol, segundo a revista Exame, ainda planeja fazer do Smiles uma empresa em separado como a Tam fez criando o Multiplus. Segundo a mesma revista, hoje o Multiplus tem um preço de mercado semelhante ao da cia área, mas o Multiplus deu lucro no ano passado e a cia aérea não. E ainda tem gente que acredita que milhas não dão um lucro danado para as cias aéreas e para quem vive do comércio delas. Olha que essa relação entre Multiplus e Fidelidade Tam não está clara em uma grande parte dos consumidores.

Muitos associados Smiles como eu, receberam um email do Smiles alertando que o não comparecimento acarretará a perda das milhas daquele vôo. Se você por acaso não puder viajar naquela data ou aconteceu algo errado, ligue imediatamente para o Smiles cancelando sua passagem pedido reembolso das milhas ou marcando nova data (paga-se uma taxa por isso) para que não ocorra o No Show (ou falta de comparecimento ao embarque) e a perda das milhas. Pessoalmente, não vejo problemas com isso, desde que a cia ofereça uma canal rápido para que se comunique algum problema e faça o cancelamento da passagem. O no show é coibido por várias cias pelo mundo afora em suas passagens promocionais, já que o assento fica reservado para o passageiro e a cia não pode vendê-lo para outro consumidor. Mais ou menos como marcar uma consulta médica e não avisar que não vai comparecer. O médico não recebe pelo horário em que ele reservou para ficar a sua disposição e não pode atender outro paciente. Nada mais justo que cobrar por isso. A diferença é que dá para ligar para a secretária do  médico com facilidade, não sendo  necessário mofar 20 a 30 minutos no telefone para ser atendido, muitas vezes ligando de fora da sua cidade.

Levando em conta o aumento da participação da Delta na Gol, acredito que o Smiles venha sofrer mais mudanças no futuro. Assim, vale a pena ficar de olho.

Se um dia a Tam queria ser igual a Gol, hoje a Gol quer ser uma Webjet. Tomara que não façam a lambança que a Tam fez na cabeça dos consumidores ao criar o Multiplus.

Tags: , , ,

Category: Cias Aéreas, Programas de Fidelidade Aérea

Comentários (24)

Trackback URL | Comments RSS Feed

  1. Bruno Holtz disse:

    Se isto acontecer (fazerem a mesma bagunça que a Multiplus/Tam), a Gol perderá sem dúvidas um dos seus principais diferenciais, que é o Smiles e a sua maior facilidade em uso/compreensão por parte dos passageiros.
    Aguardemos…

  2. Gabriel Dias disse:

    O Smiles já perdeu muito com o fim da parceria com a AA.

  3. Márcio disse:

    Eu gosto da ótima funcionalidade do Smiles e não gosto do Multiplus. O lado ruim do Smiles, a meu ver, é não fazer parte de grande uma aliança aérea. Há pouquíssimas companhias parceiras do Smiles, infelizmente.

  4. jorge disse:

    Esta diminuição dos voos de/para GIG e aumento de voos de/para GRU, ao meu ver é reflexo do aumento da participação da Delta na Gol. Saber que um voo operando em GRU tem maior potencial que um operando em GIG, é óbvio, mas parece que os Constantinos, que não entendem nada do assunto não viram isto. Foi preciso os americanos se meterem pra haver tal mudança benéfica à Gol.

  5. Romulo Guerra disse:

    O multiplus é uma vergonha, por exemplo.. Tenho cerca de 3 mil pontos no multiplus (através do parceiro Ipiranga) e preciso desses pontos para compor com os milhares e milhares de pontos que possuo no Fidelidade TAM, mas não posso transferir esses “poucos” multiplus Ipiranga pq o mínimo para transferir para o fidelidade TAM é de 5 mil pontos. Ora bolas não é tudo multiplus???? Pq tenho que gastar mais 2 mil reais em gasolina para compor os pontos da própria multiplus? Um saco!

  6. Nilson disse:

    Quem faz esse limite é a Ipiranga e não a Multiplus, justamente porque os pontos Multiplus valem mais que pontos Ipiranga (que não valem praticamente nada). Na verdade, quando você juntar os 5mil pontos, vai descobrir que ainda precisa de pagar R$50 pra transformar seus pontos Ipiranga em pontos Multiplus.

  7. Romulo Guerra disse:

    kkk, não sabia deste seu detalhe final!(Na verdade, quando você juntar os 5mil pontos, vai descobrir que ainda precisa de pagar R$50 pra transformar seus pontos Ipiranga em pontos Multiplus)k vergonhoso.

  8. Muita coisa vai mudar mesmo no Smiles. Voltei de uma ótima viagem antes de ontem – FLL-DFW-GIG pela American Airlines gastei 75k milhas Smiles para 3 pessoas, ótimo atendimento dos americanos. A atendente mudou as poltronas para a comodidade da minha família e todos os voos chegaram antes do horário previsto. Não sei se teria essa opção com a Delta.
    Como já disse antes a Delta ainda tem muito para crescer no mercado brasileiro, precisa sim de mais frequencias e a colocação de melhores aeronaves e aos poucos mostrar seu serviço e potencial ao consumidor que já utiliza o Smiles e futuros clientes.

    Fala-se da Tam e da bagunça criada na mente do consumidor, mas para os mais astutos em milhagens ela tem se mostrado uma boa opção em alguns trechos. Mas para isso tem que estar sempre pesquisando e ser rápido nas decisões. Viajei com eles na segunda semana de Abril para o Uruguai e tive um ótimo atendimento.

    Em relação a abertura de capital do programa Smiles (como fez o Multiplus) é mais uma maneira de levantar dinheiro (como sempre bem vindo) e explorar essa explosão de consumo do mercado brasileiro e das empresas que trabalham com fidelização. Boa sorte a eles!

  9. Márcio disse:

    Tb não sabia desse detalhe dos R$ 50 de tarifa na transformação dos pontos Ipiranga em pontos Multiplus. Lamentável. Agora gosto menos ainda do Multiplus.

  10. Roberto disse:

    Lembrando que quem cobra os R$50 é o Ipiranga e não o Multiplus.

  11. Ed disse:

    A Gol está perdida, cancelou voos ótimos, nasceu como Webjet e hoje nõa sabe o que é no mercado, oferece preços incrivelmente elevados e água de brinde…O Multiplus é confuso, mas a Star Alliance oferece múltiplas e convenientes opções de emissão com milhas.

  12. Eduardo disse:

    Fiquei com o pe atraz com o fim da alianca da aa, usava muito mesmo…
    Porem no inicio do mes, a gol comunicou ao mercado que em um futuro proximo ela mesmo estara fazendo voo gru-mia, com avioes proprios… Será mesmo?

    Imagina ir até miami com o aviao expremido…kkkk ou será que vao mudar os aeronaves?

    Nao gosto de viajar pela tam, mais as vezes sou obrigado por causa do preco…. Espero que com a delta mais proxima algo mude… Para melhor…

  13. Serão os 737-800 via Caracas. Coragem…. coragem…

  14. Thomas H. disse:

    Eh so ler o regulamento

  15. Claudia Chow disse:

    O voo Fernando de Noronha-Recife (e vice-versa) ainda servem bolachinhas…
    Não vejo problema nenhum eles cobrarem pelo lanches, só acho o fim da picada é ficarem pedindo trocado e lamentando q nao tem troco! Péssimo!
    E outra coisa, nem tudo q tem no menu tá disponível, vc escolhe e ai eles vao ver se tem disponivel, isso tb achei lamentável, afinal, quer cobrar, quer ter menu, entao oferece td q tem nele, não sabe brincar, não desce pro play.

  16. Roberto disse:

    Concordo plenamente.

  17. Paulo disse:

    Falou e disse!
    Só adciono uma coisa, a Delta é um lixo!

  18. Nilson disse:

    A culpa não é do Multiplus, a culpa é da Ipiranga.

    Os “KM de Vantagens” tem valor quase 0, na prática… pra ganhar você precisa de abastecer em postos Ipiranga (que não são os mais baratos, ou seja, custo embutido) ou então comprar em lojas que possuem preços mais elevados que a concorrência (CompraFácil).

    Os pontos Multiplus devem ter um custo de uns 2 centavos por ponto pra Ipiranga. Cobrando R$50 pra acada lote de 5mil pontos, eles dividem esse custo com você, fazendo você pagar 1 centavo por ponto.

  19. Nilson disse:

    Todo mundo viaja de Copa e não reclama, é ótimo. Viajar de 737 pros USA não tem problema algum e as aeronaves da Gol que fazem os vôos pra Caracas não são as mesmas do resto das rotas, possuem mais espaço entre as poltronas (categoria ANAC A).

  20. Paulo disse:

    Acredito que a perda das milhas pelo não comparecimento a um vôo marcado com milhas possa ser, infelizmente, o primeiro passo do alinhamento do Smiles com o programa da Delta.

    O programa da Delta, Skypesos, está entre os piores programas de fidelidade pela contínua e sistemática desvalorização.

    Vale monitorar muito de perto as mudanças e, principalmente, não deixar saldos elevados nas contas Smiles, em um momento que a Delta vai aumentando a participação acionária na Gol/Varig.

    “Muitos associados Smiles como eu, receberam um email do Smiles alertando que o não comparecimento acarretará a perda das milhas daquele vôo.”

Deixe um comentário

Os comentários publicados aqui são de exclusiva e integral responsabilidade de seus autores. Comentários que julgarmos conter termos chulos, que não respeitem a opinião dos demais, que tratem de problemas comerciais individuais com terceiros, que promovam o comércio de milhas, que tragam termos preconceituosos, que sejam identificados como textos publicitários ou que visem apenas denegrir a imagem de terceiros serão moderados e/ou excluídos. Comentários sem identificação clara de seu autor (nome e/ou email válido) também poderão ser excluídos.