Pagar Contas no Cartão De Crédito Vale ou Não a Pena?

13 de julho de 2009 | Por More

Uma polêmica vem tomando conta de algumas caixas de comentários associadas a posts sobre cartões de crédito: Vale a pena pagar contas no cartão de crédito?

A princípio devido as taxas cobradas pelos cartões de crédito, essa atitude não seria muito recomendada e deveria ser usada em último caso.

Mas os leitores e experts em cartões de crédito do Aquela Passagem se empolgaram com as possibilidades  de sair lucrando em milhas ao usar essa estratégia nos cartões Itaucard. Ao contrário de outros bancos, como o Banco do Brasil, que cobram uma taxa fixa por conta paga e não permite acúmulo de milhas nessa operação, alguns cartões Itaucard permitem que o valor pago gere milhas na conta do programa de fidelidade e cobram uma taxa pró-rata (proporcional ao tempo usado). Então o negócio era pagar as contas e dois dias após (era necessário esperar esse prazo segundo as regras do Personnalité ao qual tenho acesso) fazer um depósito avulso igual ao valor exato pago no cartão de crédito. Os custos financeiros da operação seriam cobrados na próxima fatura (1,99% ao mês pró-rata + IOF).

Mas como temos alertado aqui no Aquela Passagem, as regras dos cartões de crédito mudam muito rápido. O que era permitido para para vários portadores de cartões Itaucard, agora limita-se aqueles que são correntistas e têm acesso ao Bankline Itau ou a clientes antigos que já usavam essa função.

O leitor Adriano recentemente postou um comentário relatando que houveram mudanças nas regras de cobrança das taxas e que não seria mais possível pagar antecipadamente para reduzir os valores pagos pela operação. Estaria prevalecendo a  regra de que os juros seriam cobrados proporcionalmente em relação ao período entre o pagamento da conta e o vencimento da fatura como consta nas regras do serviço.

As regras do pagamento de contas do Personnalité estão contidas neste texto. Alguém mais foi informado sobre ou sentiu na pele as mudanças das regras?

Tags:

Category: Cartões de Crédito

Comentários (221)

Trackback URL | Comments RSS Feed

  1. Luiza Melo disse:

    Realmente o Adriano tem razão. Senti na pela a mudança. O vencimento da minha fatura é todo dia 15, sendo que ela fecha, geralmente, nos dias 05 ou 06. Fiz um pagamento no dia 08, quitei-o no dia 10 (48 horas depois), porém o juros veio maior que 1,99% + IOF, pois foi calculado desde o dia 08 até o dia 15 do mês seguinte (ao todo 37 dias). O meu pagamento antecipado nada valeu. Estou me sentindo prejudicadíssima com a mudança na regra, mas com certeza essa mudança foi para evitar esse esquema de “compra de milhas” por um preço mais baixo. Assim, hoje, diante das mudanças, o menor juro é se o pagamento for feito o mais próximo possível do fechamento da fatura. Ainda assim pagaria-se juros por cerca de 12 dias. Acho vantajoso pagar contas com os cartões Ourocard do Banco do Brasil por uma razão: pagando cerca de R$ 3.000,00 por mês em boletos, fico isento de anuidade dos cartões Visa Infinite e Mastercard Black, cuja anuidade não é barata. Então meu esquema hoje é o seguinte: faço as compras com o Diners Exclusive e pago a conta do Diners com o Ourocard do Banco do Brasil. Não pago anuidade no Diners (devido ao volume de compras ser alto) e nem no Ourocard (pois pago cerca de R$ 3.000,00 em boletos nele).

  2. Frederico disse:

    Rodrigo,

    A política do Banco do Brasil deve variar de acordo com a categoria do cartão. Sou correntista e o meu cartão é o platinum, pago as contas no cartão com uma taxa de 1,99% e acumulo pontos que podem ser trocados por milhas da TAM ou Smiles.

    Abs.

    Frederico

  3. Regis disse:

    Rodrigo, o Banco do Brasil permite sim o acúmulo de pontos que podem ser transferidos para programas de companhias aéreas. Eu utilizo bastante esse artifício e tenho ganho muitas milhas.

  4. PauloBR disse:

    Eu tenho pago contas com meu VISA Personnalité desde Junho, para completar alguns pontos que quero usar na TAM no final deste mês.

    As regras não mudaram, são as do link que você postou. Eu sempre faço um pagamento avulso exatamente dois dias úteis após o pagamento de uma conta com cartão com o Visa.

    No mês de Junho, não tive problemas com isto e os juros cobrados foram ínfimos, pois se referem a 2 dias apenas. Porém, na fatura de Julho, os juros foram cobrados como se eu não tivesse feito os pagamentos avulsos no 2º dia útil. Liguei para a central Personnalité, fui muito bem atendido como sempre e já fizeram o estorno dos juros cobrados indevidamente.

    No mês passado, quando liguei para a central Personnalité para pedir informações sobre o assunto, o atendente sugeriu que eu sempre fizesse os pagamentos avulsos para cobrir as contas pagas com cartão, em agência Itaú e solicitando ao caixa um pagamento avulso para o Pague Contas. Eu nunca fiz isto, sempre paguei pelo Bankline, mas o que me chama a atenção é que no Bankline existe apenas uma opção de pagamento avulso de fatura, não havendo distinção para o Pague Contas. Acredito que isto possa gerar uma confusão no sistema se no dia em que é feito o pagamento avulso para cobrir uma conta paga com cartão, a fatura do mês já está fechada. Neste caso, acho que o pagamento avulso pode ser confundido com um pagamento parcial e antecipado da fatura!

    Mas, de qualquer maneira, se houver problemas, basta ligar para a central Personnalité que o problema é resolvido sem stress, como sempre. E só pretendo usar o pagamento de contas no VISA até o final deste mês, pois dá um certo trabalho cancelar os débitos automáticos que tenho e fazer o pagamento pelo VISA.

  5. PauloBR disse:

    Complementando o que postei antes, acho que apenas para quem quer fazer alguns pontos só para completar o necessário para uma viagem, vale a pena pagar contas com os cartões de crédito Personnalité. Se tudo for feito corretamente, são cobrados juros de 2% ao mês + IOF, proporcionais a 2 dias, o que é muito pouco. Além disto, deve ser lembrado que no Personnalité, cada dólar pago com cartão de crédito vale 1,5 pontos, o que é muito bom! Outra vantagem é que a transferência para o TAM Fidelidade, se feita pela Internet é muito rápida, leva em média 2 dias úteis.

  6. jose disse:

    o santander tambem possibilita o pagamento com o credito de superbonus, tem custo de no minimo 2% do valor do titulo e maximo de R$200,00 por titulo

  7. juliana disse:

    Olá!Pergunta a todos: Ontem (domingo) verifiquei uma tarifa de 430 reais com taxas em uma passagem gig-eze-gig pAra outubro. hoje vim verificar e nao ha mais nenhuma disponivel. Alguem sabe se essa promoçao existe? tente todas as datas até dezembro e nao consegui nenhuma. Será que é so no domingo?

  8. Moises disse:

    Caro Rodrigo,

    verifiquei com meu gerente no BB e ele me disse que o pagamento de contas no cartão permite sim o acumulo de milhas. De qualquer forma, fiquei em dúvida. A tua fonte confirma isso?

  9. joao disse:

    o banco do basil permite acumulo de milhas com pagamentos de contas no cartao com juros de 1,99% + IOF

  10. Julio Mercier disse:

    Retificando o que o João postou logo acima. O Banco do Brasil não cobra IOF, apenas a taxa fixa de 1,99% por conta paga, não é pró-rata como o Itaucard. Ainda, os cartões de bandeira AMEX do BB, estão isentos da taxa de 1,99% até 30/09/2009.

  11. Clara disse:

    Caro Rodrigo, tenho lido seus posts sobre passagens, e também sobre cartões de crédito, pontos, milhagens. Confesso que quanto mais leio, mais confusa fico, desculpa a sinceridade.

    Vou dar um exemplo prático: se uma determinada Cia aéra(várias, na verdade) permite o parcelamento de uma passagem sem juro NENHUM por 5 ou 6 vezes, e em reais, por que eu pagaria uma passagem pagando juros mensais e IOF, por regras que como você mesmo diz, estão sempre mudando? Portanto sem ter garantia ALGUMA de que as milhas serão creditadas?

    Para que ter mais um cartão x ou y, de categoria a ou b?? Cheguei à conclusão que não vale a pena, custa caro, gasta saliva, tempo, etc.

    Sei que você teve muito trabalho com esse assunto, e lamento ter chegado à essa conclusão. Saudações.

  12. Fabio disse:

    Juliana, preço excelente.
    Partindo de SP (CPQ, GRU, CGH) os preço sem taxas é de R$400,00.
    Tente novas datas e considerar ficar 10 dias em BsAs, na Gol a permanência de acima de 10 dias é “premiada” com tarifas mais atraentes.

  13. juliana disse:

    Quando eu fiz a primeira tentativa, minha estadia era de 5 dias e apareciam as tarifas de R$138 para ir e igual para volta. Será que o horario da busca também altera o resultado?

  14. Rodrigo disse:

    Desculpa a ignorância, mas o que é pagamento avulso e como faço pelo Bankline?

  15. Fabio disse:

    Juliana, ouvir dizer que a TAM tem o costume de ter preços diferenciados em funções de horário, mas não sei ao fato se isto ocorre. Seria até interessante se alguém se pronunciasse.
    Sobre os valores, fiz as buscas e este valor é impossivel, provavelmente foi alguma falha no sistema da empresa, pois até saídas de Porto Alegre que é bem mais perto custa R$171.

  16. Fábio Póvoa disse:

    Pessoal,

    Sou um usuário ávido do Pague Contas do Itaucard e posso atestar que ele é a MELHOR opção de acúmulo de milhas existentes, por permitir pagto de boletos com taxas pro-rata.

    Eu validei a informação no site do Itaucard (http://www.itaucard.com.br/paguecontas/), e o contrato informa o juros de 1,99% a.m. PROPORCIONAL aos dias utilizados (ou seja, pro-rata). Eu faço pagto de contas via site (https://inst.itaucard.com.br/portals/itaucard/cadastrese/login.jsp) e faço o crédito do valor correspondente no cartão, no próximo DIA ÚTIL SEGUINTE, com pagto do valor do boleto (ou somatório dos valores, em caso de mais de um boleto) no próximo dia útil.

    Assim o encargo de 1,99% a.m. corresponde a 0,066% + IOF, um valor ÍNFIMO. Já calculei e um pagto de contas de R$ 3.000,00 gera um encargo portanto de aproximadamente R$ 2,00, mas gera pontos de R$ 3.000,00 = US$ 1.500,00 (dólar a R$ 2 para simplificar) X 1,5 (1,5 pontos por dólar, nova taxa de conversão) = 2.250 pontos, ou seja, quase um quarto de um trecho nacional ou América do Sul. Só lembrando, o menor custo da passagem SP – Fernando de Noronha é de R$ 999,00, portanto vc paga R$ 2,00 de encargos e “ganha” milhas que podem valer R$ 250 !!

    A parte CHATA é que SEMPRE a fatura vem com Encargos cobrados sobre o período integral. Não se assuste: sempre que receber a fatura, ligue no 0800, solicite transferência para o setor de Pague Contas E ABRA um processo solicitando ESTORNO de encargos cobrados indevidamente. Em 2 ou 3 dias, os valores cobrados a mais são lançados a CRÉDITO na fatura do próximo mês.

    Assim, por exemplo, ao fazer uma compra com meu cartão Unicard VISA Platinum (que pontua 2 pontos por dólar para pagtos de passagens aereas, hotéis, aluguel de carros, etc) e ao pagar a fatura do Unicard no Pague Contas do Itaucard (cfme explicado acima), que paga 1,5 pontos por dólar, eu acumulo 3,5 pontos por dólar (!!!), o que me permitiu até hoje acumular 400.000 pontos e viajar o mundo.

    Obviamente, para boletos simples (aluguel, luz, etc), não rola usar outro cartão, pq. outros cobram encargos de 1,99 % (BB, AMEX etc), mas vale usar o TAM Itaucard Platinum, pq. nele é possível pagar no dia seguinte, portanto com apenas 1 DIA de encargo, o que compensa demais por recebermos 1,5 ponto por dólar, creditado direto no seu Fidelidade TAM.

    Abraços a todos os pontuadores ! 🙂

    Fábio

  17. Fábio Póvoa disse:

    Clara,

    Respondendo seu post, vc fez confusão. A dica é usar o pagto de boletos (quaisquer boletos, luz, água, telefone, condomínio, aluguel, etc, ou mesmo boletos de OUTROS cartões de crédito), para que tais gastos proporcionem pontos no fidelidade TAM.

    De fato, as regras podem ser mudadas a qq. momento (é a regra do jogo …), mas no momento elas são de 1.99% a.m. pro rata dia + IOF. E, uma vez que vc usou, pagou e pontuou, OS PONTOS SÃO SEUS, e vc poderá usá-los de acordo com as regras do programa de milhagem para emissão de passagens.

    Tais programas, ainda que com regras instáveis, em geral, qdo usados com planejamento e antecedência, permitem excelente custo x benefício. Isso é uma regra sagrada dos viagantes: planeje com antecedência, e vc poderá economizar, usando milhas ou pagando mais barato em hotéis, reservas, passeios, etc.

    Abraço,

    Fábio

  18. milon disse:

    O banco do brasil apesar do multiplicador não ser muito bom e cobrar 1,99% do valor do boleto(cobra como taxa não juros) frequentemente faz promoções isentando desta taxa, como foi no final do ano passado e como esta agora com o amex bb portanto é só ficar antenado e usufruir das milhas grátis pagando todos os boletos que seu limite permitir

  19. PauloBR disse:

    Rodrigo, pagamento avulso de fatura é simplesmente um pagamento de fatura sem o boleto da fatura do mês. Quando se recebe uma fatura de cartão de crédito, pode-se pagar desde o “valor mínimo” que consta na fatura, até o valor total, para isto existe o pagamento avulso. No caso do Pague Contas, o pagamento avulso de fatura é um pagamento que vc. faz para cobrir o débito feito no cartão com o pagamento de uma conta.

    No Bankline, o pagamento avulso de fatura deve ser acessado pelo menu Cartão de Crédito -> Pagamento de Fatura -> Meus Cartões.

  20. PauloBR disse:

    Fábio, nas regras do Pague Contas consta bem claro que o pagamento avulso só pode ser feito a partir do 2º dia útil ao pagamento de uma conta e no valor exato da conta. Eu sempre pago no 2º dia útil e no caso de mais de um pagamento na mesma data, eu faço um pagamento avulso para cada conta paga. Talvez por isto na sua fatura sempre são cobrados juros integrais, sem considerar os pagamentos avulsos feitos durante o mês.