Quanto Seu Cartão de Crédito Cobra pelo Dólar: Minha Experiência Pessoal

5 de dezembro de 2011 | Por | 38 Comentários More

Apesar de ter mais, uso regularmente apenas dois cartões de crédito: um Diners e um Platinum Itaucard. No primeiro, negocio sempre minha anuidade (neste ano foram 3 parcelas de cerca de 17 reais incluindo cartão adicional) e no segundo, que agora tem tentado insistentemente cobrar anuidade, sempre ameaço cancelá-lo e tenho conseguido não pagar anuidade até agora.

Muitos usuários dos cartões Itaucard notaram que o banco alterou sua forma de calcular o dólar usado para conversão em reais de compras realizadas no exterior. O banco historicamente usou uma cotação muito próxima do dólar comercial, mas nos últimos meses ela tem se distanciado um pouco (para mais) do valor do dólar comercial. Outra alteração notada foi que o novo modelo de fatura não mostra de forma clara qual a cotação usada para a conversão das compras internacionais em reais no dia do fechamento da fatura e que em que dia ela foi baseada, informações que eram claras no modelo antigo de fatura do cartão. Atualmente para saber qual foi a cotação utilizada pelo Itaucard é necessário verificar a versão on-line da fatura no internet banking que traz essa informação, mas omite a data usada como referência para a cotação.

Já o Diners e os cartões Citi são conhecidos por usarem uma cotação para o dólar historicamente bem acima do valor do dólar comercial. Esse fato sempre me desistimulou o seu uso no exterior. Por outro lado, na sua fatura está bem clara a cotação do dólar utilizada para cálculo da conversão das compras em reais e em que data ela foi baseada.

Visando ressaltar as diferenças, resolvi comparar o valor do dólar usado para conversão das compras em moeda estrangeira no dia do fechamento da fatura por ambos os cartões com o valor cobrado na venda de dólares constante no site do Banco Central em momentos diferentes do primeiro e segundo semestre de 2011.

Aqui está o resultado:

Dólar Itau

Dólar Diners Dólar BC (venda) Diferença com relação ao Dólar BC
Abril/2011
20/04/11 1,58 1,57 +0,6%
27/04/2011 1,63 1,57 +3,8%
Maio/2011
25/05/2011 1,63 1,63 0%
30/05/2011 1,66 1,60 +3,8%
Outubro/2011
25/10/2011 1,83 1,75 +5%
27/10/2011 1,78 1,73 +2,9%
Novembro/2011
25/11/2011 1,92 1,89 +2%
29/11/2011 1,91 1,85 +3,2%

Abril e maio confirmam a boa impressão que todos os portadores de cartões Itaucard tinham da política de câmbio dos cartões desse emissor. Mas diante da maior flutuação do câmbio, parece que o Itaucard se perdeu e o Diners até conseguiu reduzir um pouco a diferença entre o que ele cobra pelo dólar e que o banco central determina como cotação oficial.

A cotação do dólar cobrado pelo Itaucard passou a ser imprevisível em relação ao dólar referência do BC e chegou a se aproximar (ou mesmo superar) o valor cobrado historicamente mais levado usado pelo Diners e cartões Citi.

Pessoalmente, não gostei da postura do banco diante dessas mudanças (principalmente pela falta de comunicação, já que uma conduta histórica foi alterada, mesmo que o regulamento do cartão permita isso) e muito menos pela falta de clareza das faturas no que tange aos valores usados para conversão de compras em moedas estrangeiras. As respostas do call center são sempre evasivas e muitas vezes carecem de fundamentação, baseando-se apenas na cláusula constante do contrato do cartão aonde eles deixam claro que a cotação pode flutuar no entorno da cotação do BC sem impor limites para essa flutuação.

Movido muito pela emoção e um pouco pela razão ao ver a cotação do dólar Itaucard superar a do dólar Diners/Citi passei a usar mais o cartão Diners no exterior, até porque esse cartão vem quebrando meu galho nos aeroportos que visito dando acesso à algumas salas vips.  Depois pego a fatura do Diners e pago no pague contas do Itaucard quitando logo em seguida aproveitando a taxa pró rata, usando assim o que esse cartão ainda oferece de positivo.  Na minha avaliação e tendo como base meu histórico de utilização de milhas, creio que multiplico minhas milhas à um custo baixo. Mas que o que é bom para mim pode não ser para você!

Assim, sugiro que você cliente Itaucard como eu continue acompanhando a cotação utilizada por esse emissor de cartões e comparando com a cotação de seus demais cartões de crédito.

Enquanto o Itaucard mantiver uma conduta imprevisível com relação a forma de cálculo do dólar usado para conversão de compras em moeda estrangeira, vou apostando em outras opções mesmo correndo o risco de sair pagando um pouco mais. Posso até voltar a usar mais meu Itaucard no futuro, mas isso depende de um jogo mais claro por parte do banco.

Uma outra opção que tenho usado para saque é um cartão de um banco cooperativo que faz parte do Sicoob. A cotação do dólar tem sido muito próxima do valor do dólar comercial. Ainda não tenho um cartão de crédito desse banco, mas avalio a possibilidade no futuro.

Enquanto isso, vamos usando o que cada um tem de melhor ao nosso favor, já que passou o tempo aonde a preocupação era apenas com a cotação oficial da moeda estrangeira…

Tags: , ,

Category: Cartões de Crédito

Comentários (38)

Trackback URL | Comments RSS Feed

Sites que indicaram este post

  1. Itaucard: Muda Regras do Sempre Presente. Mais Uma Vez Sem Avisar! : Aquela Passagem | 6 de dezembro de 2011
  1. Elton disse:

    Sem falar que essa cotação também é utilizada para o cálculo de pontos do programa de fidelidade, ou seja, quanto mais alto o dólar, menos pontos você ganha.

    Quanto à tarifa pró-rata, ela ainda é válida? No site do Itaucard é informado que a tarifa é integral =/

  2. Rodrigo Purisch disse:

    Elton,
    Até meu último pagamento era pró rata (mês passado), mas vindo do Itaú não duvido de mais nada em termos de mudança

  3. Gabriel disse:

    Tambem tive a triste surpresa com o preco do dollar em outubro. Tenho 2 itaucards e o dollar na fatura tinha uma diferenca de 10 centavo em relacao ao preco do BC. Decepcionante =(

  4. Diogo Avila disse:

    Fora o IOF!!!
    Lamentável, ao invés de utilizarem uma taxa melhor para ficarem competitivos diante dos VTM´s ou CashPassports, aumentam o valor do USD.
    Não entendo…

    Abraço.

  5. Renato Mechica disse:

    Rodrigo,
    Paguei minha fatura do Itaucard ontem, sendo que tive algumas despesas em dólar no mês passado.
    Infelizmente vi que a cotação do Itaucard está agora se alinhando com a do dólar turismo, sendo que as vezes chega a ultrapassar em alguns centavos.

    É lamentável essa postura do Itáu, por alguns anos eu somente usei o Unicard (antigo Unibanco) no exterior devido ao diferencial do dólar comercial, e agora o Itaú conseguiu acabar com isso.

    Vejo que é hora de pesquisar e buscar quem me atenda melhor.

  6. Sou cliente relativamente novo Itaú. No começo estava tudo ótimo: boa cotação do dólar, bonificação dos cartões, upgrade para o platinum, a existência de salas vips, etc. Num estalo as coisas começaram a mudar, como não tenho rabo preso com ninguém vou procurar alternativas. Excelente post Rodrigo, estamos aguardando novas matérias.

    Abraço!

  7. milon disse:

    O itau eu estou pondo na geladeira já cancelei um cartão platinum que era transforfação do uniclass, só matenho o personnalite para usar o pague contas pró-rata e porque tenho isenção perpétua de tarifa, estou entrando agora no santander já me foi emitido dois platinum e um master black, voces tem experiência com a cotação do santander?
    Rodrigo se você puder falar qual é seu banco coopretativo eu agradeceria pois na ultima viagem que fiz usei o cartão de débito do personnalite, mas se cambio ta ruim no crédito provavelmente vai estar no débito, precisamos de alternativas

  8. leandro disse:

    Também parei de usar meu cartão TAM mastercard platinum. De uma hora para outra, o Itau conseguiu tirar todas as vantagens que esse cartão tinha. Não temos mais as salas vips na msma quantidade de antes, adeus taxa bos de conversão para compras no exterior e agora cobram IOF nos pagamentos de contas.

    Passei a usar os meus cartões do Santander e o Black do BB. Uso os do santander para despesas no exterior e pague contas. A taxa de conversão não é a melhor, mas é bem menor do que a atualmente usada pelo Itau.

    Vou cancelar o cartão do Itaú se não conseguir isenção na anuidade. Não vejo mais nenhum benefício em mantê-lo.

  9. Andrey S disse:

    Rodrigo,

    Já passei por outras flutuações de câmbio com o itaú e nunca, nunca mesmo, o itaú cobrou mais de 1% de diferença do dólar comercial.

    Na minha opinião o itaú aumentou essa cotação pra criar dificuldades, lucrar e viabilizar seu novo produto: um cartão de viagem chamado “GlobalTravel Card”.

    Qualquer um que fizesse a conta saberia que mesmo com o dólar comercial + os 6,38%, ainda valia a pena usar esse cartão em comparação aos pré-pagos, que cobram o dólar turismo+0,38% e ainda tem a desvantagem de serem adquiridos antes e não pontuar no sempre presente.

    Não satisfeito, o itaú acabou com as salas vips e consta no site do sempre presente que a validade dos pontos é de 36 meses para clientes platinum personnalité (antes os pontos não expiravam)

    Pior: todas essas alterações não foram comunicadas e em alguns canais dizem uma coisa e em outros dizem outra… No fale conosco me informaram que a cotação usada seria o dólar comercial, enquanto minha gerente informou que seria o mesmo do Globaltravel Card (ou seja, turismo).

  10. Edson disse:

    No Santander

    a) dolar santander
    b) dolar Banco Central
    c) diferença

    outubro
    a) 1,820 b) 1,751 c)+3,9%

    novembro
    a) 1,915 b) 1,848 c)+3,6%

  11. Ferri disse:

    Andrey,

    Também suspeito que seja por causa do GlobalTravel Card… Tenho viagem em fevereiro e ja tinha decidido levar somente o itaucard platinum, agora tenho que refazer as contas. Já fez esse cálculo?

    Abraço,

    Vitor.

  12. Andrey S disse:

    Já fiz sim, como eles alinharam as cotações eles praticamente “mataram” o uso do cartão no exterior, que fica bem mais caro devido ao IOF. Ainda vale a pena usar o cartão na compra de passagens pra se beneficiar de seguros.

    Eu tenho usado: Saque internacional na função débito do Santander (que é quase igual ao comercial, pelo menos na europa) e cartão de crédito do HSBC, que ainda cobra um valor próx. do dólar comercial. E tenho levado uma pequena quantia de dinheiro em espécie.

  13. RENATO disse:

    Pelo jeito o problema do Itaú é que internet e revistas citaram seus cartões como tendo a melhor cotação para o dolar. As pessoas provavelmente adquiram seus cartões achando que se dariam bem e, por causa da lei da oferta e procura, o banco abusou do seu poder e aumentou a cotação do dólar.

  14. João Martins disse:

    Realmente o itaú mudou para pior,já não bastasse a cotação do dólar agora também está difícil a isenção da anuidade,embora movimentando pouco a conta Personalité,não pensei que de 3 cartões do itaú,só conseguisse isenção do Visa Platinum Personalité,cancelei o Master Platinum Personalité (anuidade R$300,00) e também o Visa Platinum (antigo Unibanco,anuidade R$300,00,deixavam por R$120,00),desse jeito quem estava esperando pontos em dobro no programa Victoria da Tap já pode ir desistindo de esperar.Está ficando mais vantajoso usar o Mastercard Platinum Smiles do Bradesco que dá 2 pontos por dólar,o bradesco nunca foi grande coisa em matéria da cotação do dólar mas agora estão praticamente todos iguais.

  15. Tomás disse:

    Alguém sabe dizer como está a cotação do dólar no cartão de crédito da CEF?
    Eu estava quase fechando um novo cartão do Itau, mas acabei desistindo.
    Venho usando um cartão do meu irmão do Itau e isso realmente me desanimou mto. A cotação do dólar desse mês veio 1,86.

    Ferri,
    Você poderia me dizer qual foi o fechamento do dólar na sua última fatura?

    Agora estou avaliando CEF, Santander e HSBC

  16. Ferri disse:

    Tomás por a caso a minha fatura fechou hoje.

    A cotação usada foi R$ 1,86 com base na data de ontem (07/12/11).
    O dolar comercial para venda ontem fechou em R$ 1,79.
    Portanto uma diferença de +3,91%

    Alguem saberia informar a cotação do “GlobalTravel Card” de ontem ou hoje para efeito de comparação?

    Vlw,

    Vitor.

  17. Ferri disse:

    Acabei de ligar na central de câmbio do itaú (Telefone 4004-4536).

    Cotações:

    GlobalTravel Card = R$ 1,90 (Hoje 08/12)
    Espécie = R$ 1,92 (Hoje 08/12)
    Itaucard = R$ 1,86 (Ontem 07/12)

    Levando em consideração um IOF de 6% a mais em relação ao GTC, é como se a cotação do Itaucard ficasse em torno de R$ 1,97.

    Vale mais a pena o Global Travel Card com uma economia de +2,6% para despesas no exterior.

    Exemplo: 1000 dolares em gastos x R$ 1,86 x 2,6% = R$ 48,36
    Teriamos uma economia de R$ 48,36 usando GTC
    R$ 48,36 / 1500 milhas = R$ 0,03224 cada milha.

    Teriamos que saber a cotação do saque no exterior com cartão de débito, acredito que essa opção seria a mais economica.

    Vlw,

    Vitor.

  18. Tomás disse:

    Ferri,

    Mto valida sua colocação.

    Lembro de ter lido na internet que o cartão da CEF tinha a cotação igual à do cambio comercial, assim como o Itaú, agora não sei se mudaram as regras lá também. O problema é q é difícil achar alguém q tenha cartão da CEF, e outra, abrir conta lá da até arrepios.

    Tomás

  19. Dá arrepios mesmo! Eu encerrei a minha conta de 8 anos lá por péssimo atendimento. A cotação de fato era boa, mas eu queria um atendimento melhor. Lembrando que não é preciso ser correntista para ter o cartão, o meu irmão usa até hoje o GOLD e dia desses ganhou 2×1 milhas no Victoria da TAP.

Deixe um comentário

Os comentários publicados aqui são de exclusiva e integral responsabilidade de seus autores. Comentários que julgarmos conter termos chulos, que não respeitem a opinião dos demais, que tratem de problemas comerciais individuais com terceiros, que promovam o comércio de milhas, que tragam termos preconceituosos, que sejam identificados como textos publicitários ou que visem apenas denegrir a imagem de terceiros serão moderados e/ou excluídos. Comentários sem identificação clara de seu autor (nome e/ou email válido) também poderão ser excluídos.