Smiles: Saiu Novo Acordo com a Delta. Este é Mais Interessante Que os Demais Para os Associados Elite Smiles

9 de julho de 2010 | Por | 86 Comentários More

Desde 01 de julho, segundo o site, os associados do Smiles podem acumular milhas em vôo Delta e os associados Skymiles podem fazer o mesmo em vôos da Varig/Gol.  Interessante notar que a parceria solicitada no passado, mas sua implementação só foi amplamente divulgada pela Gol no dia 07 de julho… Interessante notar como a mídia em geral gosta de usar o termo integrar em casos como esse. Não houve integração, apenas parcerias onde ambos os programas de fidelidade que se comprometem a fazer trocas de milhas. As regras de cada programa e as vantagens de cada um continuam sem nenhum tipo de comunicação.

Apesar das milhas voadas na Delta não valerem para upgrade de status no Smiles e dos benefícios elite Smiles não serem reconhecidos na Delta (acesso a sala vip, franquia extra, check in prioritário…), os bônus de  25, 50 e 100%, dados de acordo com o status Smiles, sobre as milhas voadas na Delta serão creditados normalmente (isso segundo o site, vale a pena imprimir uma cópia, se vocês me entendem…). Interessante notar que esses bônus não são aplicados em vôos da American ou Air France/KLM!

Na Delta, as milhas voadas na Gol também dão direito aos bônus elite (medallion). Vai ter muita gente pensando em associar-se ao Skymiles…

Os resgates em vôos Delta usando milhas Smiles ainda não tem data para iniciar.

Você  é associado ao Skymiles? Quais os pontos fortes e fracos na sua opinião? Em breve faremos um post comparativo assim que sair a tabela de resgate.

Tags: , , , ,

Category: Cias Aéreas, Programas de Fidelidade Aérea

Comentários (86)

Trackback URL | Comments RSS Feed

  1. Dani Polis disse:

    Milon, não ofendeu não!rs
    O mundo é feito de escolhas e possibilidades (ainda bem!), e com certeza você tem seus motivos pra essa preferência.
    Ah, e só pra deixar claro, eu tenho o Smiles também. E to pensando em fazer seriamente o cartão de crédito do Smiles, já que o Fidelidade tá realmente deixando muito a desejar…

  2. Marcus disse:

    Infelizmente, as coisas nem sempre vão tão bem. Há cerca de um mês fiz quatro vôos com a Air France (entre Brasil, Europa e África). Antes de embarcar, entrei em contato com o Smiles, informei a classe tarifária dos meus bilhetes e perguntei se pontuavam no programa. A resposta foi positiva. Ao retornar, meu extrato mostrava os vôos como “classe tarifária inválida para pontuação”. Entrei em conato novamente com o Smiles, informei o protocolo do atendimento anterior e pedi uma explicação. Respostas do Smiles: 1) Não conseguiram localizar o número do protocolo do atendimento em que a atendente me garantiu que as classes tarifárias pontuavam (!); e 2) Realmente eu não tinha direito a pontuação alguma (!!). Indignado, escrevi uma carta ao Smiles relatando o ocorrido e pedindo uma explicação. Anexei os cartões de embarque à carta. Do Smiles, nenhuma resposta – e não acredito que me responderão. Como “perderam” o protocolo do meu antendimento anterior à viagem, fiquei à mercê do programa que, inclusive, retirou do ar a página em que informava que classes tarifárias pontuavam (as classes do meu bilhete estavam lá!).

    Resumo da ópera: o Smiles não parece estar muito disposto a ser transparente com seus clientes. Faz propaganda dos acordos com outras companhias e não se dá o trabalho de disponibilizar todas as informações pertinentes – especialmente as letrinhas pequenas. Pior ainda, os funcionários do programa não parecem falar a mesma língua e fornecem informações contraditórias aos associados.

    Desisti do Smiles, definitivamente. Neste fim de semana, requeri os pontos no Flying Blue da Air France, via Internet, e me foram creditados em vinte e quatro horas, sem nenhuma dor de cabeça.

  3. Pedro Alves Bezerra Junior disse:

    Pessoal,

    Alguém já conseguiu creditar as milhas Delta na conta Smiles após a divulgação da parceria? Ou vice-versa, vôos Gol/Varig acumulando no Skymiles? Queria já ter uma idéia da demora no crédito dos pontos.

    Valeu.

  4. Breno K disse:

    Rodrigo, saiu nova promoção do Smiles com milhas reduzidas, para voos em agosto e setembro, 4.000 milhas para Brasil e 6.000 para América do Sul (Noronha e Caribe de fora). Até que enfim uma promoção que vale a pena!

  5. Rodrigo Purisch disse:

    Breno,
    Obrigado pela lembrança do Aquela Passagem!

  6. Zélia disse:

    Olá Rodrigo e outros colegas.
    observei que a Delta opera por Manaus para os EEUU mas não consegui QUALQUER outra informação. nem pelo site da Delta nem por qualquer outro. Podem me ajudar? Minha idéia é ver quais preços estão sendo operados por Manaus para EEUU. Muito obrigada. Zélia

  7. Ricardo disse:

    Tenho Skymiles a uns 3 anos e acho um absurdo a quantidade de milhas exigidas para um voo do Brasil para EUA. Consegui emitir duas passagens pra dezembro desse ano por 90 mil cada, enquanto na Continental por ex. estava saindo por 45 mil cada, e com 60 era possivel em Business. E agora esta saindo 125 mil milhas o mesmo trecho que peguei. Inaceitavel. Pior que ainda fiquei com 30 mil milhas de saldo da Delta que nao servem pra nada, nem um trecho domestico nos EUA eu consigo com isso… Vocês sabem se eu consigo agora emitir um voo da Gol com essas milhas do Skymiles que eu tenho? E quanto custa? Será o que a Gol cobra (20 mil) ou os 60 ou 90 mil que Delta cobra?

  8. Rodrigo disse:

    Alguém sabe se com essa parceria consigo juntar as minhas 10.000 milhas do Skymiles com as milhas que tenho no Smiles ? Se sim, como faço isso ?

    Obrigado

    Rodrigo

  9. Rodrigo Purisch disse:

    Não se pode unir milhas de programas diferentes, exceto os da Taca e da Avianca quer fazem parte do mesmo grupo.

  10. Rodrigo disse:

    Olá xará ! Obrigado pela resposta !

    O que posso fazer então com essas 10.000 milhas se não pretendo viajar internacionalmente tão cedo ? Vendê-las é um bom negócio ? Quanto pagam mais ou menos ?

    Outra pergunta… já que não posso unir milhas, posso ao menos usar minhas milhas Skymiles para comprar alguma passagem do grupo Smiles ? Se isso também não pe possível, sinceramente não entendi o benefício desta união.

    Obrigado pela atenção.

    Abraço

  11. Gerson esperto disse:

    RODRIGO,
    Esse Pesicologo não acrescenta nada! Agora eçe mala decidiu postar para lhe puchar o saco. Ah………. não! Manda um pedasso da tua unha encravada pra ele não ficar tão hincomodado.
    Grita pro Pesicologo, BRIGADU, pois se voce ispirrar em 2011 ele já vai estar dizendo antecipadamente Saúde meu índolo!
    Marcus, não deixe o pesicologo furioso! Não mexa com o indolo dele!
    Flavia, tem mala no shopping e aqui!

    sds

  12. Sergio S. disse:

    Viajei GRU-ATL-GRU em 24/09 e 30/09, e coloquei meu número Smiles. Ainda não caiu a ida, mas imagino que seja uma questão de tempo (espero que só isso!). Guardei os canhotos, just in case. E espero meu bônus de 50% Smiles Ouro tb! Vamos ver…
    Aliás, talvez um pouco off-topic, mas enfim: que 767 mezzo que faz os voos! A executiva parecia saída dos anos 80. Serviço bem ruinzinho (dos comissários gringos) e nem preciso comentar a comida… Eu sei, eu sei, nenhuma comida de avião é boa, mas minha experiência na Swiss ficou looooonge de ser igualada.
    Engraçado que no café da manhã eles servem uma banana junto com um sanduichinho safado. Até comeria a banana, se ela não viesse meio verde. Engraçado ver 90% dos passageiros devolvendo. O cara do meu lado disse que devolve a banana faz 10 anos (na verdade, antes vc precisava pegar a fruta dentro de um cesto). Os caras veem que o negócio não faz exatamente muito sucesso. Não seria o caso de mudar o cardápio?
    Abs

  13. Rafael Souto disse:

    Desculpem minha ignorância, mas resta-me uma dúvida: fiz uma viagem pela delta em fevereiro de 2009, alguém saberia me dizer se eu poderia usar as milhas acumuladas dessa viagem no programa Smiles? Já sou cadastrado no programa SkyMiles.

    Obrigado

  14. Rodrigo Purisch disse:

    Rafael, se você não solicitou o crédito das milhas no Smiles, então não tem amis como solicitar. Ha um prazo para solicitar milhas retroativas.

    Se você depositou no Skymiles, você tem que ver se as milhas estão válidas ainda (se não expiraram na sua conta). Se estiverem válidas você pode usá-las, caso o número seja suficiente, para emitir uma passagem para voar na Gol diretamente no Skymiles.

  15. Marcelo V Silva disse:

    Estou agora lendo o post acima e achei interessante, pois a LATAM tá vindo ai, justamente juntando a LAN e a TAM !

  16. Marcelo V Silva disse:

    Pessoal,

    Estou tentando ir pra Paris no fim de 2011 e já acessei o site da Flying Blue e noto que as passagens mais baratas sao de 40 mil cada trecho de GRU pra Paris. 40 mil da Flying Blue é o equivalente a 35 mil do Smiles ? No AAdvantage 20 mil é 25 mil no Smiles… E dá pra ir pros States e até pro Canadá na baixa estação. Será que a regra que usamos no site da AA tambem vale pra KLM e Air France, ou seja, podemos checar primeiro as opcoes no site da Flying Blue e depois ligar pro Smiles e conseguir as passagens ?
    Tá cheio de opções a 40 mil cada trecho pra Paris.

    Tambem notei que no site eles vendem 40 mil por 800 Euros, o que dá uns 1750 Reais, ou 1000 dollares, o que é o que a AA cobra no AAdvantage. Só que no AAdvantage dá pra ir e voltar por 40 mil, e no Flying Blue só estou conseguindo ir pra Europa, e nao é todo dia !

    É isto mesmo ? Existe algo que eu não saiba ?

  17. Rodrigo,
    Nunca tinha entrado nesse site, foi a primeira vez hoje e achei muito interessante. Você pede feedback sobre o Skymiles para escrever um post, então resolvi dar meu depoimento sobre o programa.
    Eu e minha família nos juntamos ao programa por causa da Air France e da Korean Air, pois as duas participam junto com a Delta do Skyteam. Meu marido é associado Flying Blue (da Air France), e eu sou do Skymiles. O motivo é que ele viajou para a Ásia diversas vezes via Paris, sendo mais vantajoso para ele usar o Flying Blue, e eu viajo frequentemente a NY, preferindo uma cia americana. Nas férias, viajamos aos EUA e à Europa com igual frequência.
    O Skymiles, como quase todos os programas de milhagem, dá vantagens mais significativas quando o associado vai atingindo níveis mais altos de status. Eu costumo jogar minhas milhas na Delta até atingir 25000 anuais, garantindo status Silver para poder pular a fila do check-in, que na minha opinião é a coisa mais irritante de toda a viagem. Emitir passagens prêmio pela Delta é caro, sim, mas muito prático. Vou voar pela primeira vez AA no mês que vem, mas pelo pouco que vi o site da AA é muito mais fraco que da Delta. Quando emiti uma passagem prêmio para um familiar, há algum tempo, fiz tudo online sem problemas pela Delta. Não paguei sequer taxa aeroportuária, devido ao status Silver.
    Pela AA já percebi que não vai ser a mesma coisa. Além disso, até o ano passado as passagens da Delta saíam sempre mais barato do que da AA. Não sei quanto às outras pessoas, mas para nós em primeiro lugar o mais importante é o custo-benefício da passagem, não o programa de milhagens, na hora de decidir a cia.
    Depois que atinjo as 25000 milhas, começo a jogar minhas milhas no Flying Blue, já que a Airrfrance tem um atendimento muito melhor aqui no Brasil, e a emissão de passagens prêmio é mais barata. Já tentamos algumas vezes jogar nossas milhas Gol na Airfrance, mas apesar de apresentar o cartão no embarque, nunca foram creditadas. Como eram locais perto que davam poucas milhas, acabamos desencanando, mas saiba que se quiser mesmo aproveitar as parcerias da Gol é preciso ir atrás, não é automático.
    Quanto à qualidade das cias parceiras, eis nossa opinião:
    – Delta: para NY é uma tragédia, comissários grossos e mal preparados, aviões velhos (sem sistema individual de entretenimento) e o pior terminal de passageiros dos EUA. Normalmente voamos Delta pra NY por causa do custo e, secundariamente, das milhas. Para Atlanta é um pouco melhor, não é nada excepcional mas não fica devendo às outras cias. Dentro dos EUA, voar Delta é como roleta-russa: pode dar certo ou o tiro pode sair pela culatra. Uma vez vimos até a comissária cobrar o fone de ouvido de um passageiro ao nosso lado, e não cobrar o nosso. Nos voos curtos não há serviço de bordo.
    – Air France: consistentemente boa, com bom atendimento na venda de passagens, comida razoável, comissários profissionais e corteses.
    – KLM: aí não é mais tragédia; é comédia. A comida é intragável, as comissárias em número menor que o necessário e muito mal humoradas. Chegamos a levar “broncas” delas por motivos os mais ridículos, nos sentimos como se estivéssemos sendo atendidos por nossa tia velha! rsrs. Voamos uma vez e nunca mais!
    – Korean Air: se todas as cias fossem que nem essa, o mundo seria um lugar melhor. Não é nenhum sonho nas nuvens; para conseguir isso precisaria pagar bem caro e voar na primeira classe! Mas o atendimento é muito profissional e eficiente, todos são tratados igualmente, os aviões são limpos, novos e bem equipados, a comida é comível. Tem 2 desvantagens: não credita milhas Skyteam em alguns trechos/tarifas, e tem algumas comissárias que só falam inglês/coreano. No nosso voo tinha um casal que não sabia falar inglês, e mais uma vez (como acontece com bastante frequência quando viajamos pra fora), tivemos que bancar os intérpretes!
    É isso! Espero que tenhamos ajudado!
    Notei que você é bem ocupado, mas se tiver um tempinho visite nosso blog, e, se gostar, coloque na sua lista de links. Ficaremos muito orgulhosos e contentes!

  18. O blog é familiarecomenda.blogspot.com. Anda meio sonolento ultimamente, mas quando voltarmos das nossas férias teremos novos posts pra colocar. Infelizmente, não viajamos tanto quanto gostaríamos – e precisaríamos – para postar novidades com a frequência necessária!

  19. Só para reportar para quem está pensando em creditar pontos de vôos Delta no Smiles, realizei recentemente 4 vôos pela Delta e a pontuação caiu em menos de 3 dias após cada vôo em minha conta, já com o Bônus do Smiles Diamante (100%). Em GRU foi tranquilo colocar o número do Smiles no bilhete, porém quando embarquei em Richmond, eles não conheciam a Gol ou o Smiles. A atendende da Delta foi bem prestativa entretanto e ligou para uma central para tentar descobrir como incluir. Após uns 10 minutos ela descobriu que já estava no sistema; parece que em vôos fora do Brasil fica em algum menu escondido a opção para pontuação na Gol. O que eu fiz foi apresentar o bilhete de embarque do vôo da Delta começando em GRU, com o número do Smiles (G3 xxxxxxx) e isso ajudou a mostrar pra eles que era possível fazer o crédito.

  20. Fábio disse:

    Pessoal alguem ja emitiu um trecho do Brasil pros EUA em classe executiva com conexao em trecho domestico dentro dos EUA aonde a aeronave so possui Primeira e Economica?
    Estou na luta tentando explicar para os atendentes que a Primeira Classe domestica nos EUA equivale a continuacao da executiva do trecho internacional, mas eles insistem em falar que como nao tem executiva sou obrigado a viajar de economica no trecho domestico.
    Alguem ja teve esta experiencia? Conseguiu resolver?

Deixe um comentário

Os comentários publicados aqui são de exclusiva e integral responsabilidade de seus autores. Comentários que julgarmos conter termos chulos, que não respeitem a opinião dos demais, que tratem de problemas comerciais individuais com terceiros, que promovam o comércio de milhas, que tragam termos preconceituosos, que sejam identificados como textos publicitários ou que visem apenas denegrir a imagem de terceiros serão moderados e/ou excluídos. Comentários sem identificação clara de seu autor (nome e/ou email válido) também poderão ser excluídos.