Voando na Executiva e Trocando Experiências

26 de junho de 2011 | Por | 217 Comentários More

Existem muitas razões para se pagar um pouco mais e optar por voar na Classe Executiva, principalmente em rotas mais longas. Vamos listar algumas delas abaixo:

Os executivos, não por acaso, emprestaram o nome a essa classe de serviço. Muitas vezes utilizam o tempo em vôo para trabalhar e descansar, já que costumam iniciar suas atividades de trabalho logo que põem os pés no destino final. Uma noite mal dormida pode comprometer uma importante reunião ou mesmo ter reflexos em toda uma semana de trabalho. Pelas mesmas razões que os levam a escolher voar na Executiva, muitos acabam não aproveitando todos os serviços oferecidos a eles, pois o foco deles é outro.

Pessoas com idade mais avançada ou portadores de determinadas doenças podem ser muito beneficiados pelo espaço extra, pela atenção individualizada e pela facilidade de deslocamento dentro da aeronave que são oferecidos aos passageiros das classes superiores. O corpo definitivamente sofre menos.

Quem tem pouco tempo para aproveitar um destino, principalmente se o vôo é muito longo, acabam sendo beneficiados da mesma forma que os Executivos. Já fui várias vezes a Ásia na Econômica, mas nunca cheguei tão inteiro como na última vez quando fiz São Paulo/Cingapura na Classe Executiva da Singapore. Fiquei apenas 5 dias no destino e se tivesse chegado moído, perderia pelo menos dois dias da viagem tentando me recuperar do vôo ao mesmo tempo que me ambientava com o fuso horário. Se não tivesse voltado na Executiva, com certeza não teria conseguido retornar às minhas atividades de trabalho no dia seguinte ao da chegada.

Consumidores que podem arcar com os custos, curtem serviço de bordo e estão cansados do aperto que só aumenta na Classe Econômica. Viajar em um boa Classe Executiva para quem curte isso é tão interessante como ficar em um super hotel para quem curte essa parte da viagem.

Para quem prevê trazer mais bagagem que o permitido na Econômica, algumas vezes é interessante investir em uma passagem para voar na Executiva (isso quando a Executiva possui uma franquia ampliada de bagagem) ao invés de pagar uma fortuna em excesso de bagagem.

A Classe Executiva sempre foi um local onde a cia aérea olha com carinho. Como muitas cias aéreas estão eliminando suas primeiras classes, muitas Classes Executivas têm se aproximado dos padrões de conforto que tínhamos no passado nas Primeiras Classes. Nesses espaços, as cias oferecem o que tem de melhor como se fosse sua grande vitrine. E não é  para menos, já que muitos vôos internacionais têm seus custos operacionais cobertos unicamente com as passagens vendidas na Classe Executiva.

O certo é que Classe Executiva não é tudo a mesma coisa. Vide nossa avaliação da Classe Executiva da Copa Arlines, da  super Classe Executiva da Singapore Airlines e do relato da Classe Executiva da Delta feita pelo Fernando Rosa (Bankreview).

A cada dia, a disputa fica mais acirrada e cada cia aérea tem sua proposta de serviço, que pode inclusive variar entre rotas domésticas e internacionais ou mesmo dentro da mesma malha internacional. Cias aéreas que têm uma Classe Econômica fraca podem se apresentar de uma outra forma para os passageiros da Executiva.

Assim, escolher aonde comprar sua passagem para voar na Executiva não se resume apenas a procurar o melhor preço. É importante conhecer a aeronave usada na rota, qual o tipo de assento disponível e se informar sobre o tipo de serviço no ar e fora dele que é oferecido. Algumas cias oferecem transporte de/para aeroporto, diárias de hotel e outros mimos para quem voa na sua Executiva dependendo da tarifa paga. Tendo essas informações na mão, você poderá então tomar sua decisão de consumo com menos risco de ter suas expectativas frustradas.

Estou criando este espaço para que aqueles interessados em voar na Executiva em uma determinada cia possam trocar experiências com quem já voou nela ou mesmo ter dicas de como conseguir um upgrade por meio de milhas ou dinheiro.

Não há compra de passagem na Executiva certa ou a compra errada. Existe aquela que atende ou não atende às minhas necessidades e que se acomoda dentro do meu orçamento. Vamos respeitar as opiniões dos demais comentaristas!
Se você acha que voar na Executiva é uma futilidade, você pode simplesmente ler os comentários e aprender mais sobre este tipo de serviço e suas peculiaridades ou ignorar este post. Não há espaço para comentários pejorativos aqui.

Espero que este espaço criado a pedidos seja bem utilizado e que ajude  muitos leitores a tomarem suas decisões.

Atualização: Devido ao grande número de comentários (obrigado pela participação!) e pela utilidade dos mesmos, optei por organizar os relatos segundo cia aérea para facilitar busca de informações mais específicas. Então clique aqui para ter acesso a esse menu de comentários classificados por cia aérea. Foram indexados até o presente momento os comentários postados até o dia 31/07/11. Pretendo atualizar a indexação pelo menso uma vez por mês.

Tags:

Category: Troca de Experiências

Comentários (217)

Trackback URL | Comments RSS Feed

  1. Marcelo Q. disse:

    Daniel,

    Se você tiver disponibilidade de pontos para emitir pela TAM, tente boas opções pela Lufthansa (voo com 01 conexão), ou pela SAA e Singapoure (02 conexões, possibilidade menor do que pela Lufthansa).

    Se os pontos estiverem na TAP, deverá conseguir com mais facilidade, com 2 conexões.

    Importante:

    Atendentes do call center da TAM, notoriamente tem graus de capacitação e interesse bastante divergentes.

    Se o primeiro atendente não apresentar alternativas às suas necessidades, tente mais algumas vezes; semanas atrás, emiti executiva pela Swiss depois de 3 tentativas com o call center até ser atendido por alguém de boa vontade… valeu à pena, GRU/LHR/GRU por 100.000 pts por pax, 2 pax, nas datas que eu precisava, e voar pela melhor executiva entre as européias!

  2. Fabio T disse:

    Oi Daniel,
    acho que a dificuldade principal para emitir com a Tam se deva ao fato disso poder ser feito apenas 6 meses antes da sua viagem. Fiz umas simulacoes para emissao dos trechos Gru-Hong Kong com bilhetes-premio no site da ANA (maiores informacoes no http://www.falandodeviagem.com.br/viewtopic.php?f=23&t=969) e se fosse para dezembro, haveria somente trechos em classe economica indo pela Lufthansa via Munique ou pela South African.
    Entretanto, se voce quisesse emitir para Marco, voce conseguiria em executiva pela South African. Acho que assim que estiver 6 meses antes do pretendido, va imediatamente a uma loja Tam (acho preferivel do que ficar no telefone).Emitir pela Singapore costuma ser muito dificil, pela Tap li no site do programa Victoria que ha um acrescimo de 15% (iso se tiver disponibilidade).Recentemente fui a loja para emitir 2 bilhetes-premio em executiva nos trechos Berlin-Londres e foi muito rapido. Fui outra vez para emitir 2 bilhetes ida-e-volta de Gru para o Chile para meus pais, em julho, acabando achando ida na executiva e volta na primeira classe.
    Em relacao a minha experiencia em voar na executiva, acabo preferindo usar a Skyteam porque para mim era mais conveniente voar com Airfrance ou Klm. Tinha com objetivo ir de executiva a Tokyo, assim, acumulava com voos dessa alianca. Acho o assento do 777 que faz a rota Gru-CDG confortavel; durmo bem apesar da inclinacao que ocorre.Acho a comida muito boa, bem como a selecao de bebidas.Os voos internos na Europa que fiz foram sempre em Airbus (lembro de 319), com servico pertinente para o trajeto, com a configuracao 3-3 e a cadeira do meio vazia (Cdg-Berlin; Cdg-Londres Heathrow; Cdg-Amsterdam; Cdg-Barcelona).
    O trajeto Cdg-Tokyo Narita tanto na ida quanto na volta fiz no A-380 (tem a opcao de fazer esse trajeto no 777). Gostei muito do servico, comparando com Gru-Cdg, pareceu-me melhor para Tokyo O A-380 eh muito silencioso, a classe executiva fica no andar de cima e como havia reservado o bilhete 9 meses antes da viagem fiquei no primeiro salao da executiva, com 4 fileiras e configuracao 2-2-2 (maiores detalhes no http://www.falandodeviagem.com.br/viewtopic.php?f=46&t=814).
    Voei 2 vezes com a Alitalia (Gru-MAlpensa; Malpensa-Berlin; Berlin-Malpensa; Malpensa-Londres; Malpensa-GRU)devido a promocao com a Amex onde pagando-se a tarifa cheia o acompanhante voava de graca e os avioes jah eram 777. A poltrona tambem tem leve inclinacao quando deitada,mas sao extremamente largas, com configuracao 2-2-2. Nao sei se agora que tem uma premium economy houve alguma mudanca, parece que diminuiram o numero dos assentos na executiva.
    Para os Estados Unidos, voei com a Continental e a Delta, como jah falaram, os assentos nao sao tao confortaveis (mas acho que ai vem a coisa pessoal, hoje em dia,eu prefiro pagar mesmo que o assento nao seja tao bom, do que ir na economica. Jah voei varias vezes em economica para Estados Unidos e Europa, se um dia tiver que escolher entre ir de economica ou nao ir, certamente que vou de economica!)
    Voei com o 777 da Tam para Londres e achei o servico bom, na volta vim de Paris com o A-330 e tambem foi correto.
    Nao conheco a executiva da British (voei em economica para Londres em 1997) e outra vez a Buenos Aires, quando vi a classe executiva remodelada, parecendo-me “estranho” porque ha a configuracao 2-4-2, com assentos virados um para o outro. Se decidir mudar de alianca, eh a opcao mais interessante para ir a Europa.
    Claro que a Singapore eh um sonho de consumo!
    Abcs,
    Fabio

  3. Marcelo Q. disse:

    Ericson,

    Serviço ótimo, mise en place, sem retoques; lembra inclusive o serviço da First da TAM, e a melhor parte:

    Executiva da TAP é muito melhor no A330, do que nos A340 que opearam à partir de GRU… poltronas do A330 mais confortáveis, entretenimento AVOD (no A340) é contínuo, enfim ótima escolha!

    Abraço

  4. Marcelo Q. disse:

    Daniel,

    Viajo amanhã nesta rota pela first da AA, B777 (aeronave muito melhor apresentada e configurada do que os 777 da UA na rota GRU/ORD, aeronaves cansadas e poltronas antigas sem entretinimento AVOD), e sinceramente, vá tranquilo, apenas não espere alguns detalhes de atendimento e opções mais refinadas no serviço de bordo de algumas européias como Air France e BA apresentam.

    Como relatou o Fábio, “atendimento padrão”, mas dá pra viajar confortável!

    Atualmente, Executiva e First da AA é a melhor opção dentre as americanas, confirmando a preferência do Gabriel Dias.

    Boa viagem!

  5. Maria disse:

    Na TAP não é tão fácil conseguir upgrade. Fui à Europa em maio, e tinha comprado a passagem SEIS meses antes, em dezembro. Tentei conseguir upgrade desde o início. Consegui para o voo da ida, mas para a volta, fiquei em lista de espera (desde dezembro). Fiquei na expectativa até o check-in no fim de MAIO, mas não saiu… Então depende muito da lotação no dia do voo etc. Claro que eles dao preferncia a pagantes. Se sobrar vaga, eles permitam oreias secas… Se nao, o dinheiro fala mais alto, como sempre.

  6. eduardo andrioli disse:

    Rodrigo muito bom o texto!!!!
    Recentemente voei na executiva e na primeira classe da tam para diversos destinos!
    Lima foi um A320 velho, a poltrona era bem confortavel, reclinava pouco, mas o servico de bordo foi fantastico.
    Nova York (JFK)A330 First Servico, espaco, comida, amenities, tudo esta fantastico!!!!!! a unica observacao que eu posso fazer e a respeito do servico de entretenimento a bordo, que eu achei um pouco limitado…
    Nova york (JFK)A330 Business Poltrona OK, poderia reclinar 180 graus… fica num angulooo estranho… da a sensacao que voce vai cair… nao tive escolha de pratos, pois eles ja haviam acabado, que para a classe executiva acho inaceitavel!!!!
    Buenos Aires First A330, espaco fantastico, servico de bordo ok… sem amenities…
    Londres Business B777 tudo muito confortavel, aeronave muito bem conservada, excelente servico de bordo.
    Ansioso para voar em breve na First do B777 para santiago em setembro!!!!
    abs
    eduardo andrioli

  7. Emilio disse:

    Wilian,

    Os valores da parceria com o Smiles para viajar para EUA na executiva 75K e na primeira 100K são round trip ?

    Abraços

  8. Gabriel Dias disse:

    Sim, round-trip. Mas saindo do GIG na AA, por exemplo, não existe primeira classe no avião. Primeira classe apenas saindo de GRU no 777.

  9. Emilio,
    para viagens Brasil x América do Norte com os parceiros AA ou Delta são realmente 75k Round Trip na Executiva e 100k Round Trip First, independente da época do ano. Resumindo, o consumidor do Smiles que utiliza bilhetes nessas classes estará maximizando muito bem as suas milhas, pois são passagens que via de regra quando compradas custam R$ 5.000 a R$ 9.000,00.

  10. Gabriel Dias disse:

    Assim que tiver tempo (voltar ao Brasil) vou colocar o relato e as fotos da executiva do 767 da AA no ar!

    Abraços!

  11. Gabriel Dias disse:

    Na AA é muito fácil. 25 mil milhas + U$300 se não me engano. Você pode emitir a passagem em econômica e no mesmo dia comprar o upgrade. Mas, antes de comprar, você checa a disponibilidade do voo.

  12. Emilio disse:

    Wilian e Gabriel,

    Obrigado pelas dicas.

  13. Emilio, esse benefício nem o Gabriel Dias assíduo do Aadvantage possui pois ele precisaria de 100k na executiva, pelo Smiles ele economiza 25k. Pelo mesmo patamar ele viajaria First emitindo com o Smiles. Eu até lanço a idéia para os amigos partirem de Guarulhos para pegarem uma aeronave melhor, no caso B777, uma frequência diária para Miami e ou Dallas. Abraço!

  14. Gabriel Dias disse:

    Quem for voar AA na executiva/primeira classe, terá acesso ao Admirals Club. Lá poderá tomar até banho, enquanto espera seu voo. Testei esse serviço e aprovei. Aqui meu relato e as fotos: http://www.falandodeviagem.com.br/viewtopic.php?f=131&t=1732

  15. Quem for com bilhete comprado diga-se de passagem!

    Quem trocar por bilhete prêmio(milhas) não tem direito só portando o AMEX The Platinum Card!
    😉
    abraço!

    Excelente relato!
    Estou ansioso para trocar meus preciosos pontos no Smiles por passagens de first! Só espero não me estressar no call center.

  16. Gabriel Dias disse:

    Boa! Eu também vou trocar meus pontos no Smiles, mas acho que por executiva mesmo. Não me agrada muito a ideia de ir via GRU… mas se tiver boas opções, quem sabe?
    Estou esperando para ver se surge alguma promoção, com a recente do Bradesco.

  17. Estou esperando uma promoção da TAP para dobrar os pontos do HSBC Premier, rsrs. Mas caso não venha em 6 meses estou pensando em cometer uma heresia, mandar para o Fidelidade TAM. É que fui tão bem atendido na última vez pelo call center que bateu a tentação,rsrs.

    Com o ingresso da TAM na Star Alliance e a possibilidade de adquirir bilhetes prêmio em outras 28 cias não é algo para ser descartado por completo. As alterações no site do Fidelidade também são outro motivo, estou encontrando bilhetes fora da temporada por 40k RT Brasil x EUA em econômica e One WAY Brasil x EUA em first por 50k.

  18. Marcelo Q. disse:

    Willian,

    Passageiro voando em first, bilhete emitido com milhas smiles nao tem acesso ao admirals club?

    Utilizei sem restrições; essa regra é nova ou fui privilegiado?

    Quanto ao call center do smiles, sem qualquer critica negativa, atendem muito bem e fazem de tudo pra encerar a ligação com o cliente satisfeito; fiz mais de dez emissões por lá nos últimos meses, sempre em vôos das parceiras, e apesar das limitações de disponibilidade, em uma única emissão consegui oito executvas Gru/cdg, no mesmo voo, no dia 25 de dezembro

    Abraço

  19. Marcelo Q. disse:

    Gabriel,

    Semana passada, recebi uma informação sobre a AA, que passaria a operar b777 na rota Gig/mia na alta temporada, a partir de Dezembro próximo; você sabe algo mais sobre este tema?

    Abraço, e bom retorno

  20. Marcelo,

    é o que diz o site do Smiles:

    “IMPORTANTE:
    • Participantes Smiles voando com as Cias. Aéreas Parceiras não podem utilizar a Sala VIP das mesmas.
    • Os benefícios “excesso de bagagem” e “atendimento diferenciado”, oferecidos aos participantes das Categorias Smiles Prata, Ouro e Diamante, não são válidos para os voos das Cias. Aéreas Parceiras.”

    P.S. Também sempre fui bem atendido ao ligar no Smiles, só fico preocupado porque não tenho disponibilidade de datas e fico com receio de precisar e não poder emitir nos dias que disponho. Abraço!
    Pode ser que na impressão do cartão de embarque o sistema não faça distinção da classe tarifária, portanto uma suposição ao acesso. Abraço!

Deixe um comentário

Os comentários publicados aqui são de exclusiva e integral responsabilidade de seus autores. Comentários que julgarmos conter termos chulos, que não respeitem a opinião dos demais, que tratem de problemas comerciais individuais com terceiros, que promovam o comércio de milhas, que tragam termos preconceituosos, que sejam identificados como textos publicitários ou que visem apenas denegrir a imagem de terceiros serão moderados e/ou excluídos. Comentários sem identificação clara de seu autor (nome e/ou email válido) também poderão ser excluídos.