Voando na Singapore Airlines: O Que Esperar na Primeira Classe, Executiva e Econômica – 2ª Parte

2 de maio de 2011 | Por | 25 Comentários More

Está a segunda parte do trip report da Singapore Airlines (a primeira pode ser acessada aqui). Agora vamos falar sobre o que esperar (como é voar) em termos de serviços de acordo com a classe voada.

Para quem tem banda larga, os vídeos tem opção de exibição em HD.

Primeira Classe

Os assentos da Primeira Classe são realmente superlativos. Comportam até duas pessoas sentadas sem aperto.

Uma tela de 23 polegadas chama a atenção imediatamente de quem coloca os olhos nela.

No B777-300 ER, são apenas 8 assentos (1+2+1, em duas fileiras) e que se transformam em verdadeiras camas.

Como mimos, os passageiros da Primeira recebem pijamas Givenchy e uma nécessaire com produtos Salvadore Ferragamo.

Para ter idéia das opções de comidas e bebidas servidas, clique aqui e leia um dos cardápios da Primeira Classe.

Classe Executiva

Posso dizer sem ter medo de errar que os assentos da Executiva do B777-300 ER são comparáveis aos assentos da primeira classe de muita cia aérea conhecida por aí.

Realmente são assentos amplos, confortáveis e que contam com monitores de 15,4 polegadas. Ao lado do monitor e escondidos por atrás de pequenas tampas, você encontra um espelho com iluminação, um porta-trecos, um porta-copos e um setor com tomada de força e entrada de áudio/vídeo, além de portas USB.

Os assentos se transformam em camas, mas para isso há um truque. Você destrava o encosto do assento que acaba por dobrar-se sobre a base do assento. Com auxílio de algumas extensões embutidas na parte posterior do encosto, essa base se estende até uma plataforma à frente do assento formando uma superfície plana. Um travesseiro e um duvet completam o ambiente.


A cabine da Executiva é dividida em duas, sendo que a primeira possui apenas 8 cadeiras (1+2+1) formando quase uma Executiva Vip dentro da Executiva.

Vai uma dica que peguei no Seatguru e comprovei in loco: tente voar nos assentos localizados nas fileiras 11 (voei nela) e 14 (as primeiras de cada seção) que tem uma base plana abaixo do monitor que permite uma posição mais confortável. As poltronas localizadas no meio (fileiras centrais) leva os mais altos a deitar levemente na diagonal, pois a base de apoio para os pés encontra-se mais à direita no assento. Isso não influi na qualidade do seu sono, mas digamos que sentar nas janelas ou nas fileiras 11 e 14 dá uma sensação de mais amplitude.

Você é recepcionado com uma taça de champanhe ao chegar ao seu assento e toalhas quentes são oferecidas sempre antes e após as refeições.


As refeições são servidas à francesa e sempre com a mesa montada pelas Singapore Girls. Os cafés da manhã podem ser servidos de forma completa ou reduzida ao gosto do passageiro (muitos querem dormir até o último minuto possível). No chamado Full Breakfast é servido um prato de frutas, seguido de iogurte com cereais e um prato quente (sempre três opções, sendo uma asiática). Para acompanhar, uma seleção de cafés e chás especiais.

O almoço ou jantar também consiste em 4 pratos. Inicialmente, junto com um drink à escolha do freguês, vem um “tira-gosto” que no meu vôo era composto de Satai de frango e boi (pequenos cubos de carne grelhados e servidos com cebola, pepino e molho à base de amendoim). Segue-se uma salada acompanhada de pães a escolher, um prato principal (sempre três opções, sendo uma assinada por um chefe renomado) e uma sobremesa. São ainda oferecidos queijos, frutas secas, frutas frescas, chás e cafés especiais ao final da refeição. Não dá para reclamar de fome nesses vôos.

As refeições estavam gostosas e algumas realmente muito gostosas. Mas devemos lembrar que comida de avião sempre será comida de avião devido às limitações impostas à sua cocção dentro da aeronave. Assim, dentro dessas limitações, a Singapore merece destaque.

Para ter uma idéia das opções de comidas e bebidas oferecidas aos passageiros da Executiva clique aqui.

Vale ressaltar que fui abordado mais de uma vez por supervisores da Singapore me questionando sobre minha experiência e se teria alguma sugestão ou crítica a fazer. Fiz crítica à temperatura da salada (ela chegava um tanto gelada) que foi anotada prontamente pela supervisora. Como se tratam de vôos longos, acredito que a baixa temperatura na qual são mantidas as refeições guarda relação com a manutenção do frescor dos alimentos.

Posso dizer que nunca tinha chegado tão bem ao destino depois de voar mais de 23 horas. Se pudesse, só voava nesse tipo de assento em vôos longos como esses (São Paulo/Cingapura), pois valem cada dólar investido.

Os banheiros da Executiva são abastecidos com produtos Loccitane (perfume, hidratante e pós-barba), além de oferecerem barbeadores, espuma de barbear, escovas de dente, lenços umedecidos e pequenas toalhas de rosto.

Aqueles que gostam de receber aqueles kits de amenidades oferecidos pelas cias aéreas aos passageiros que voam nas classes superiores podem ficar um pouco decepcionados no caso de voarem na Executiva da Singapore. O kit é oferecido apenas aos passageiros da Primeira Classe e isso já ocorre há alguns anos. Aos passageiros da Executiva, é distribuído um tapa olhos e uma meia/sapato apenas. Mas como disse acima, produtos de primeira linha estão disponíveis nos lavabos. Entendo que a proposta da Singapore é de oferecer a melhor experiência possível dentro de suas aeronaves, deixando os regalos apenas para a Primeira Classe. Não é uma falta grave, mas pode decepcionar quem muitas vezes voa esperando ter esse tipo de lembrança do vôo.

Econômica

Os assentos da econômica possuem apoio de cabeça regulável (com apoio lateral) em couro e apoio para os pés. Cada poltrona tem sua tomada de força individual.

O espaço entre os assentos está acima da média das cias aéreas e semelhantes aos oferecidos por cias como Emirates e Qatar.

O sistema de entretenimento possui tela de 10.6 polegadas com uma luz de leitura embutida na sua base inferior de forma a iluminar o objeto de leitura sem incomodar o passageiro ao lado.

Os assentos estão dispostos na forma de 3-3-3 (configuração que está longe de agradar a maioria no caso de um vôo lotado. A Singapore também tem seus assentos conforto, chamados de Preferred Seats, que podem ser adquiridos no site ao custo de 50 USD (os assentos devem ser adquiridos antes do vôo, não sendo oferecida a opção no momento do check in). O espaço nas fileiras 31 e 44 é realmente impressionante.

Evite a última fileira de assentos, pois eles reclinam muito pouco, além de estarem perto da galley (cozinha) do avião que os tornam mais propensos a ficarem expostos ao barulho inerente às atividades dos comissários.

Clique aqui para ter idéia das comidas e bebidas oferecidas na Classe Econômica. Eu não as provei, mas quem provou disse que estavam boas. O legal é que é comum ter sorvete de sobremesa. Nos intervalos das refeições eram sempre oferecidos snacks e bebidas por comissárias que circulavam os corredores sem parar.

Conclusão

Apesar de contar com assentos, sistema de entretenimento e comida acima da média, o que faz mesmo a Singapore uma empresa superior à média e um destaque entre as melhores são seus funcionários. A delicadeza das Singapore Girls, a busca da qualidade do serviço prestado pelos comissários e pelo pessoal de solo transparecem a importância que dão aos seus consumidores.

Ela não deverá concorrer no mercado brasileiro por preço, não é essa sua natureza (apesar de eu já ter conseguido boas barganhas nela), mas definitivamente vem concorrer em serviço com as demais cias aéreas. Se você valoriza o serviço e manutenção, então a Singapore oferece uma proposta que pode te agradar em cheio. Se seu negócio é preço, então aproveite alguma promoção da Singapore para ter contato com uma filosofia de serviço aéreo que há muito sumiu das nossas cias aéreas e que é encontrado apenas em um seleto grupo de cias aéreas no mundo.

Como disse, não existe cia aérea perfeita, mas a Singapore continua dona do meu coração, mais ainda agora que tenho mais razões para gostar dela. Que venham mais frequências e quem sabe um A380 no futuro? Já torci muito para a vinda dela ao Brasil e virou realidade. Agora torço para tenhamos mais Singapore no Brasil!

Boatos não confirmados dão conta que os vôos podem ter seus horários alterados no segundo semestre de 2011, aproveitando as vagas deixadas pela Mexicana. Tomara que isso se torne logo realidade e assim acabando de vez com o pequeno incômodo que é partir de Guarulhos em plena madrugada.

Tags: , ,

Category: Cias Aéreas, SIABrasil, Trip Report

Comentários (25)

Trackback URL | Comments RSS Feed

Sites que indicaram este post

  1. Review: Singapore Airlines, classe econômica (GRU-BCN) | 26 de fevereiro de 2012
  1. Simplesmente fantástico!

  2. EDSON SIEG disse:

    Puxa, Rodrigo! Muito legal mesmo seu post. Fiquei com água na boca inclusive só de ver os pratos, rs! E a atenção da pelas comissárias!! Nossa, tão longe da realidade das comissárias da Ibéria!

  3. Gustavo disse:

    Muito boa a análise! Pretendo conhecer a Singapore em breve.

  4. Oscar | MauOscar.com disse:

    Rodrigo excelente post e sintetiza muito bem a experiencia que é voar com a Singapore
    Um dia quem sabe ainda voe na first class… Minha experiencia na Business foi com um 747-400 uma aeronave mais antiga que a que opera agora para o Brasil.. Mesmo assim o servico e o conforto foram impecaveis… Minha unica reclamacao fica por conta da sala Vip em Changi que digamos me decepcionou um pouco… Com um aeroporto como aquele minhas expectativas eram maiores…

    Abraco.

  5. Uxío disse:

    Oi Rodrigo,

    Gostaria de fazer 2 perguntas:

    1) No dia do embarque no voo da SIA em Guarulhos, vc entrou em 6 salas VIPs: Itaucard, Diners, Smiles Doméstico, Smiles Internacional, TAM e United. Já que seu bilhete era da SIA na classe executiva, como vc conseguiu entrar em todas essas salas e até lanchar na sala Smiles? A SIA tem acordo com todas essas salas?

    2) Em junho vou à Europa, e como vc fala tão bem da SIA, estou pensando nesse voo GRU/BCN. Gostaria que vc falasse uma pouco mais sobre o desembarque e imigração em Barcelona. Vc sabe se teve algum problema com passageiros brasileiros, como aqueles que ocorreram recentemente no aeroporto de Madrid (Barajas)?

    Muito obrigado pela sua dedicação à este blog!

    Abs,

    Uxío

    PS.: Já li que Singapura tem ótimos preços para eletrônicos e principalmente relógios. É verdade?

  6. Rodrigo Purisch disse:

    Uxío,

    Itaucard de Confins: Tenho cartão Itaucard
    Diners GRU, Smiles Doméstica e Smiles Internacional: Cartão Diners
    Tam e United por causa da passagem na Executiva da Singapore.

    Não sei como funciona a imigração em Barcelona, já que eu saio do avião e já caio na sala de embarque internacional. Não entro no pais.

    SE você estiver com tudo certinho e sabendo do que eles exigem e com roteiro de férias montado, dificilmente terá problemas.

    Cingapura tem eletrônicos muito mais baratos que no Brasil, mas os preços de Miami (e lojas on line nos EUA) na média ainda são muito melhores. O que você vai ver é uma grande variedade de produtos e muitas vezes com garantia mundial.

    Todas as grandes marcas de relógios de grife tem lojas próprias em Cingapura (às vezes mais de uma), mas não conheço os preços.

    Um abraço

  7. Uxío disse:

    Rodrigo,

    Grato pelas respostas.

    Não sabia que o cartão Diners dava acesso às salas Smiles (doméstico e internacional) em GRU. No site do cartão Diners (http://www.dinersnovo.com.br/conheca-as-vantagens/viagem/salas-vip/) só informa o acesso às salas da própria Diners. Não tem nenhuma informação da possibilidade de poder acessar também as salas Smiles.

    Foi bom saber que com o cartão Diners também posso acessas às salas do Smiles.

    Abs,

    Uxío

  8. Marcelo Q. disse:

    E ainda sou chamado de chato, esnobe, arrogante; só porque recomendo a Singapoure airlines.

    Sinceramente…

    Quem em sã consciência não recomendaria.

    Mais uma vez, belo trabalho e meu pessoal reconhecimento pela convição pelo trabalho que realiza por aqui!

  9. Regina disse:

    Rodrigo
    Logo que li suas informações sobre a Singapore,sobre os melhores assentos, que podem ser adquiridos na emissão dos bilhetes, por um custo extra de 50 dólares, pedi ao agente de viagens que está efetuando a compra para a minha viagem para Barcelona em 26/08/2011, para que ele marcasse estes assentos que indicou, porém ele tem tentado há uma semana e não consegue fazê-lo, dizem na Singapore que o voo está com esta opção fechada e que provavelmente só abrirá 48 h antes. Será verdade? Ele teve dificuldade em ser atendido pelo tel de contato que ele conseguiu da Singapore, vc teria algum número ou outro meio para conseguirmos os assentos mais espaçosos?Desde já agradeço

  10. Rodrigo Purisch disse:

    Regina,

    Não tenho contato nas lojas. Você tentou no site?

  11. Regina disse:

    Tentei tudo até agora, nada deu certo.Minha filha embarcou dia 28/06 para Barcelona, na Singapore, amou o voo, o serviço e as simpáticas Singapore Girls, como vc comentou, mas não consegui reservar as poltronas mais espaçosas para ela. Meu voo com a Singapore será no fim de Agosto, vou ver se consigo reservar estas poltronas até lá, obrigada assim mesmo.

  12. Luis Eduardo Knesebeck disse:

    Grande Rodrigo!

    Muito boa a sua descrição da Singapore. Voei por ela para Barcelona mes passado e endosso todas as suas impressões. Bom mesmo se as outras empresas tivessem a mesma política de atendimento e cortesia. Senti a diferença voando Ryanair para Marakesh, que coisa!

    Pena que a TAM ainda não creditou os pontos no programa de milhagem…

    Luis Eduardo

  13. vitor hugo disse:

    oi tudo bem? vou para barcelona no dia 20 de dezembro ,estava em duvida entre comprar a passagem na iberia ou na singapore mais por causa do seu site eu comprei a passagem na singapore a comida parece ser boa o espaço para os pes tambem vc disse ai que a ultima poutrona e ruim tambem acho mas a parte boa de sentar ali e porQ e muito mais reservado ali vc se senti mais avontade !!!!obrigado por mostrar isso para todos.

  14. Ricardo Heurich disse:

    O võo da Singapore faz stop em Barcelona. Os passageiros descem durante o stop ou ficam as duas horas dentro do avião?

  15. Rodrigo Purisch disse:

    Descem e ficam cerca de 1 hora no aeroporto com suas bagagens de mão. Desembarca-se já na área restrita que tem um duty free, um Mc Donald’s e algumas poucas lanchonetes. O tempo passa voando.

  16. inez disse:

    Olá Rodrigo!

    A partir dos teus comentários acerca da Singapore Airlines, aguçaste a minha curiosidade…pelas fotos e pela descrição, a executiva parece não ter comparação, pelo menos com as cias que conheço (não são muitas…acho que o mais próximo é a EL AL).

    Já estamos programando nossas férias de julho/2012 e antes de comprar as passagens fiz um levantamento em seis cias sobre o preço da passagem São Paulo/Barcelona, nas mesmas datas (Singapore, TAP, TAM, KLM, Ibéria e Lufthansa). A única em que o vôo é direto e que tem a 3ª melhor tarifa é a Singapore!!! Pela Ibéria é R$ 210,50 mais barato e pela TAP R$ 22,96. Contudo, creio que não há comparação entre o serviço oferecido.

    Na volta, vamos chegar em Barcelona às 22h para pegar o vôo da Singapore às 9h40min do dia seguinte para o Brasil, e é uma pena que a sala Joan Miró não fique aberta durante a noite, senão ficaríamos lá no aeroporto mesmo, rsrsrsrs

    Obrigada pelas dicas. Abraço.

  17. Rodrigo Purisch disse:

    Por essa diferença a Singapore é a opção. Mas você está certo, esse horário do vôo da Singapore é meio ingrato.

    A Singapore oferece na Executiva o que muita cia aérea oferece só na primeira. Só não se tem direito a Kit de amenidades.

  18. Jackson disse:

    Viajamos com nossos filhos de 8 e 1 anos pela Singapore GRU-BCN-GRU. A empresa superou todas as expectativas. Incialmente em terra, check in na econômica, me pareceu estar na First. Atendimento prioritário devido as crianças, simpatia da atendente em Guarulhos foi excepcional. Em Barcelona tb a cortesia no check in foi impressionante. A bordo as comissárias foram incansáveis, sempre sorrindo. Como a criança de 1 ano viajava no cesto, a cada turbulência a comissária rapidamente a tirava e colocava no nosso colo, nunca sem antes fazer um afago. No final do vôo fomos presenteados com várias comidas para bebê. Pediram também para tirar fotos com nossa bebê tanto na ida quanto na volta. Triste realmente foi chegar em Guarulhos e fazer o check in na TAM, aguardar 1 hora na fila, mais 30 min para despachar a bagagem pois a atendente estava mais preocupada em bater papo com sua colega. Acho que o pessoal da TAM tem muito que aprender. Sugiro um estágio na Singapore airlines!

Deixe um comentário

Os comentários publicados aqui são de exclusiva e integral responsabilidade de seus autores. Comentários que julgarmos conter termos chulos, que não respeitem a opinião dos demais, que tratem de problemas comerciais individuais com terceiros, que promovam o comércio de milhas, que tragam termos preconceituosos, que sejam identificados como textos publicitários ou que visem apenas denegrir a imagem de terceiros serão moderados e/ou excluídos. Comentários sem identificação clara de seu autor (nome e/ou email válido) também poderão ser excluídos.