Você Já Usou Algum Seguro do Seu Cartão de Crédito?

30 de junho de 2010 | Por | 159 Comentários More

Conseguir informações detalhadas, não as genéricas dadas pelo call center dos bancos, sobre as condições das apólices de seguros oferecidos pelos cartões de crédito não é nada fácil.

Muitos cartões oferecem seguros de vida, seguro saúde de viagem, seguro de malas e por ai vai, mas, como em todo seguro, as apólices são cheias de regras e exclusões. Como então confiar nesse seguro se é tão difícil conseguir informações claras sobre os mesmos? A Visa, por exemplo, tinha disponível uma série de documentos nos sites voltados para os cartões Platinum e Infinity explicando os seguros, inclusive com modelos de formulários e do certificado de seguro, mas ela retirou essas informações do ar. Agora para ter essas informações, você tem que ligar para a central Visa (minha experiência com o call center do banco emissor é decepcionante) para ter as informações mais claras. Uma pena, já que o telefone não é o melhor meio de se ter informações sobre cláusulas de seguro.

Por exemplo, alguns seguros cobrem aluguéis de veículos em vários países, inclusive o Brasil mesmo se você for residente nele, outros limitam os países onde o seguro é válido e excluem o Brasil. Uma cláusula que passa desapercebido por muita gente é aquela que fala da cobertura do seguro de veículos na qual ela cobre apenas o veículo alugado até o valor do mesmo. Já vi muita gente alugando carro e confiando nesse seguro sem saber que em caso de sinistro o seguro só cobriria o veículo que ele alugou e não os veículos ou patrimônios de terceiros que foram danificados pelo seu veículo ou o tratamento de saúde, se necessário, dos envolvidos que não estivessem dentro do seu veículo! Assim, mesmo quando se opta por usar esse seguro deve-se contratar o seguro de terceiros junto a seguradora!

Agora, mais difícil ainda é conseguir informações e relatos das experiências de quem já usou esses seguros. Eu já fiz um post no passado aqui e consegui poucas informações de pessoas que realmente acionaram o seguro em virtude de sinistro ou doença. O Ricardo Freire está fazendo uma enquete no Viaje na Viagem sobre seguro saúde e anda tendo um pouco mais de sucesso. Se você tem algo a contar, então dê um pulo lá e deixe sua experiência! Ela com certeza vai ajudar a muitos a tomarem suas decisões!

Somente em dois momentos de viagem tomei coragem para usar um desses seguros, no caso seguro de aluguel de veículos, mas não cheguei a ter que acioná-los (já me bateram no EUA e tive que usar o seguro contratado junto a locadora). Uma vez foi em Foz do Iguaçu para reduzir o absurdo custo de alugar um carro no Brasil e pelo fato do seguro da locadora cobrir apenas acidentes no Brasil, sendo que o do cartão cobria acidentes em diversos países, entre ele a Argentina onde fui diversas vezes com o carro alugado (tive que pagar uma taxa extra para poder sair o Brasil com o carro e adquirir a Carta Verde….). Outra vez nos EUA em uma cidade não tão turística onde alugaria o carro por apenas 2 dias.  “Confiei” no seguro, mas sempre desconfiando que teria problemas se tivesse que usá-lo.

No que tange ao seguro saúde, sempre morri de raiva de ter que pagar os preços absurdos que eles cobram aqui no Brasil, mas nunca deixei de viajar sem eles. Não tive coragem de confiar nos seguros dos cartões, até porque uma boa parte deles tem uma cobertura limitada em termos de valores e dependendo do país (EUA, por exemplo) medicina é algo muito caro e pela pura falta de relatos de experiências verídicas em número suficiente para me dar segurança. Nessa última viagem, por questões econômicas e pela facilidade de emissão na última hora (deve ser feito 3 dias antes do início da cobertura) fiz o meu no WorldNomads. Como não precisei usar, não posso falar se ele apresenta uma boa relação custo/benefício, posso apenas dizer que tem um custo bem mais reduzido.

Tags: , ,

Category: Cartões de Crédito, Dicas de Viagem, Seguro Saúde

Comentários (159)

Trackback URL | Comments RSS Feed

  1. Rodrigo Purisch disse:

    Ja usei na localiza, mas lembre-se de dois pontos

    Verifique sevseu cartão também cobre o Brasil, pois alguns não cobrem

    Contrate o seguro contra terceiros, pois o seguro do cartão cobre apenas seu veículo e não os demais.

  2. Luiz disse:

    Antes de viajar para os EUA liguei para administradora do meu cartão (Itaucard Platinum TAM) fui informado que todos os cartões Itaucard (MAster e Visa) tem seguro saude que cobre US 5.000 para assistencia medica e outros beneficios. Independente de comprar a passagem com o cartão, so pelo fato de ter cartão iatucaard voce ja tera assistencia médica.
    No entando se as passagens forem compradas o valor da assistencia é maior e cobre inclusive as exigencias do tratado Schengen.

  3. Jailson disse:

    Estou indo para França em 24/12 e ainda não comprei o tal SEGURO exigido pelo tratado Schengen.Paguei as passagens com cartão da Caixa internacional (Visa).
    Tenho direito ao Seguro, ou não?
    Falei com o gerente da Caixa, mas não soube informa e orientou entrar em contato com 08007260101, nada respondido e disseram para ligar para outro telefone,estou nessa via crucis desde o dia 30…enfim até agora não tive uma resposta clara, o jogo de empurra é estressante!
    Em abril fui a Espanha, paguei as passagens em espécie, depois que paguei fui informado que se eu pagasse com o cartão Visa, eu teria o direito ao Seguro.
    Quem pode esclarecer esta dúvida cruel e evitar um gasto de 250 USD…
    Agradeço antecipadamente.

  4. José Oliveira disse:

    Cartões Visa Platinum somente, emitido online e sem qualquer burocracia no site da operadora de seguros da Visa. Pelo que entedi, o teu é Internacional, sendo assim, não tem direito ao certificado Shengen.
    Em tempo, cancelei meu Platinum da CEF, promessa feita no dia seguinte ao da chegada da viagem ao exterior. Atendimento péssimo, quando se consegue uma ligação. Por três vezes tive o cartão bloqueado sem qualquer aviso prévio, com alegaçao de segurança. A frustação nao foi maior por que tinha mais dois cartões de outro banco. Enfim, cartões CEF, nem que eles paguem a minha fatura!

  5. Beto disse:

    Alls boa noite!

    Me surgiu uma duvida, estarei eu e mais 2 dependentes meu indo a Europa no fim do mes, mas estou pensando em nao fazer o seguro viagem desta vez, alias sempre usei o Word Nomads que pra mim e o melhor do mundo pois cobre ate acidentes para praticas de esportes radicais, mas desta vez como a viagem vai ser light pretendo usar o do Cartao Credito.

    Falo do seguro saude e nao de carros,

    Alguem ja usou?
    Funciona mesmo quando as passagens sao emitidas por milhas? as taxas paguei no cartao!
    Tenho o Blackmastercad e o platinum, ambos Santander!

    Era isso abracos e bons voos.

    Beto B.

  6. Joao luiz disse:

    Srs nunca dei muita importância no quesito seguro saúde vinculado no cartão de credito, Estou neste momento com meu filho de oito anos internado no hospital Arnold em Orlando por conta de uma crise de apendicite. Ele foi operado de urgência e acionei a seguradora do meu Visa Infinite. Pediram uma serie de documentos que no momento estão no Brasil , como certidão de nascimento, quitação da passagem e recibo de compra da mesma com o visa.Paguei as passagens com o cartão porém não carrego comigo o extrato.
    liguei para o numero que consta atras do cartão e fui atendido em português por um atendente até que dedicado.Fez uma batelada de pergunta e informou que entrariam em contato.Passado aproximadamente 50 minutos recebi uma ligação do escritório do Visa da florida com mais perguntas aos quais respondi com toda a sinceridade.Ficaram de entrar em contato com o hospital mas até agora nada. OS valores aqui cobrados são absurdos e recomento a todos de ante s de sair Olhem bem as clausulas contratuais .

  7. Rodrigo Purisch disse:

    João,

    Melhoras para o seu filho.

    Minha grande dificuldade com os seguros dos cartões é não ter uma apólice em mãos para poder ler tudo antes de viajar. Assim ainda compro um seguro de saúde por fora, principalmente para os EUA.

    Quando as coisas estiverem mais calmas, por favor nos conte como se deu a cobertura no seu caso.

  8. Lucas disse:

    Gostaria de saber se alguem sabe o que fazer se eu bater o carro coberto com o seguro do cartão, eu tenho que arcar com o prejuízo e depois correr atrás? Ou a Visa cobre os custos na hora?

    Abraços

  9. Camilo disse:

    No meu cartão eles disseram que pagariam em até 30 dias. Porém não souberam responder quando questionei se eu teria que arcar com o ¨aluguel durante 30 dias¨ até sair o pagamento. (esqueci de comentar isso no meu post anterior). Eu ¨acho¨ que a locadora ou vai querer o valor do carro ou que você fique com o carro ¨alugado¨ até sair o pagamento.

  10. Moacir disse:

    Já utilizei uma vez nos EUA e foi assim: preenchi um documento informando data, local e todas particularidades do acidente, devolvendo o carro logo em seguida. Aluguei com o cartão, sendo assim eles me debitariam caso não fosse pago pela administradora. Voltei para o Brasil e a Mastercard (no meu caso), através de sua responsável por seguros, a Assistance Center, entrou em contato comigo solicitando uma enorme quantidade de documentos mas nada de absurdo para o caso em questão, dizendo que também entraria em contato com a locadora para os demais documentos necessários (foto, avaliação da perícia, entre outros).
    Menos de um mês depois a Mastercard me informou, por email com cópia à locadora, o envio do cheque com os valores para reparação do imóvel.
    Foi tudo bem tranquilo e sempre fui muito bem atendido tanto pela administradora como pela locadora.
    Espero ter contribuído.

    Um bom ano e boas viagens a todos nós!!!

  11. Helena Carvalho Valencia disse:

    Por recomendação do site aquela passagem. Entrei em contato com o VISA no telefone 11 4196-8285 para saber informações sobre o certificado seguro saúde do cartão de crédito.
    Glacia (atendente visa), informou que somente os cartões platinun e infinity possuem seguros que os demais exemplo CLASSIC

  12. Helena Carvalho Valencia disse:

    NÃO POSSUEM NENHUM SEGURO. ATENÇÃO CLIENTES DO CARTÃO VISA, NÃO COMPREM PASSAGEM AÉREA UTILIZANDO O CARTÃO VISA, PORQUE DEPENDENDO DA CLASSE DO CARTÃO VOCÊS NÃO DIREITOS A NADA.
    IMPORTANTE AVALIAR BENEFÍCIOS DOS OUTROS CARTÕES DE CREDITO. EXEMPLO MASTERCARD.
    OBRIGADA HELENA

  13. Nelson disse:

    Minha experiencia : Viajei em 12/2011 para Orlando, comprei as passagens com o cartao visa platinum. Tive de acionar o cartao para receber uma visita medica, sendo que o cartao visa negou o atendimento. Tive entao de ligar para o Itau Personalite, o qual entao recebi o atendimento medico, pelo banco e nao pela visa.
    Ou seja, ha clausulas nestes seguros que nao sao informadas aos clientes, assim recomendo a todos que procurem obter por escrito o que realmente o seguro cobre. Com relacao a aluguel de carro, prefiro locar com o seguro da propria seguradora, é mais rapido e descomplicado, nem vistoria no carro eles fazem ao entregar ou receber o veiculo (somente verificam se o tanque foi devolvido cheio). Da para perceber que se for usar o seguro dos bancos eles podem lhe deixar na mao la fora como aconteceu com relacao ao atendimento medico, e o que voce menos quer numa viagem de ferias é aborrecimentos.

  14. Leandro disse:

    Moçada, boa tarde,

    Já aluguei carro duas vezes só com o seguro do cartão. Também já viajei algumas vezes só coberto com ele. Mas agora fiquei com a pulga atrás da orelha, porque geralmente emito passagens com milhas.

    No caso do carro acho que não tem erro. Pagou o valor da locação com o cartão, acredito que não teremos problemas. Apesar disso, já estou considerando a hipótese de começar a alugar carro com todos os seguros, pelo skyscanner.com para evitar papelada e burocracia. Vamos ver…

    Quanto às passagens é que o negócio complica. Estou vendo aqui pelo site da Mastercard que as passagens adquiridas com milhas também estão cobertas, desde que “tenha sido adquirido com pontos ganhos através de um programa MasterCard® Rewards associado ao seu cartão (isto é, pontos de milhagens de viagem).”(aspas do site).

    Ocorre que o Santander (meu banco) mistura as milhas por CPF e elas são obtidas com cartões Master e Visa. Assim, ficaria impossível eu provar que as milhas saíram só do Master (ou só do Visa). Talvez minha cobertura fosse negada em razão disso, o que seria uma tragédia, já que custos médicos costumam ser caríssimos.

    Alguém consegue interpretar isso de maneira diversa? Sempre fiquei tranquilo quanto a isso pois quando liguei nas centrais de atendimento eles me informavam que o fato de pagar as taxas de embarque com o cartão seria suficiente. Porém lendo as cláusulas, vejo que não é bem assim, e que podemos ter problemas mais complexos por causa disso. O santander, no seu extrato de pontos, não discrimina de qual cartão é o crédito da milha (pelo menos não no extrato de internet). Talvez por isso o emissor não tenha condições de brigar comigo. Porém acredito que eles iriam atrás disso caso os custos fossem altos.

    Sinceramente estou cogitando usar o worldnomads para ficar mais sossegado. Enquanto estava na ignorância, fiquei tranquilo. Mas agora, que li direito as regras, concluí que isso pode me trazer problemas…

    Fica o alerta aos milheiros.

    Sds.

    Leandro

  15. Ivan disse:

    Já trabalhei em algumas empresas de seguro viagem e nenhuma cobre furto, a única responsável neste caso é a CIA aérea.

  16. Fernando disse:

    Olá,

    Já utilizei seguros dos cartões algumas vezes:

    – Aluguei um carro no Brasil (AVIS) e não paguei pelo CDW/LDW, usando um cartão VISA PLATINUM. O carro foi arrombado e o som, roubado. Acionei o seguro, segui as orientações, tive que pagar as despesas para a locadora e, depois de cerca de 30 dias, recebi um ressarcimento integral. O detalhe é que recebi um cheque de um banco americano, então perdi algum dinheiro pelas taxas cobradas para se descontar um cheque de outro país.

    – A American Airlines atrasou em 24h a entrega de nossas malas em um vôo para Los Angeles. Acionamos o seguro do VISA INFINITE, com o qual pagamos as passagens. Alguma burocracia, preenchimento de formulários e voilá, 30 dias depois, um depósito bem generoso em nossa conta para cobrir as despesas de compra de roupas e material de higiene pessoal.

    Então, até o presente momento a experiência com os seguros da VISA foi positiva. É claro que tem uma burocracia razoável, mas o atendimento sempre foi bom e cordial, nada a reclamar mesmo.

    Hoje só alugo carro pagando pelo seguro quando acontece da cotação escolhida já inclua. Caso contrário, cartão nele.

    Abs,

    Fernando Fernandes

  17. Jose Ricardo Poubel disse:

    Geralmente alugo carro nos EUA pela Alamo, e sempre tive um otimo atendimento. Os seguro do cartao de credito cobre somente os danos ao veiculo alugado (avarias, roubo ou furto), o chamado CDW/LDW. A cobertura para terceiros (dano em veiculo de terceiros ou lesoes corporais a terceiros) é coberta pelo seguro chamado EP ou LIS. Isto nao é coberto pelo LDW/CDW. Assim o ideal é pagar o aluguel com o cartao e contratar o seguro EP ou LIS. Ocorre que no site de algumas locadoras (HERTZ por exemplo) voce nao consegue contratar o EP/LIS sem contratar o LDW. Voce até consegue fazer isto diretamente na loja, mas com a desvantagem de nao saber o valor com antecedencia.

  18. Rodrigo Purisch disse:

    Eu também gosto da Alamo por causa da cotação com seguros ser clara. O site da Hertz tem também boas tarifas all inclusive. Quado posso, fico nessas duas mesmo.

  19. Nelson disse:

    Ola Joao,
    Notei a mesma coisa quando precisei usar o seguro do Visa Platinum. Te fazem um monte de perguntas, pedem coisas que com certeza nao estao com voce numa viagem internacional. Realmente falta clareza nestas coberturas do cartao, pois em nenhum momento voce tem acesso a apolice para saber o que esta coberto. No meu caso, tive atendimento negado, mas que foi suprido, pelo baixo valor (uma consulta) pelo seguro do banco (e nao do cartao).

Deixe um comentário

Os comentários publicados aqui são de exclusiva e integral responsabilidade de seus autores. Comentários que julgarmos conter termos chulos, que não respeitem a opinião dos demais, que tratem de problemas comerciais individuais com terceiros, que promovam o comércio de milhas, que tragam termos preconceituosos, que sejam identificados como textos publicitários ou que visem apenas denegrir a imagem de terceiros serão moderados e/ou excluídos. Comentários sem identificação clara de seu autor (nome e/ou email válido) também poderão ser excluídos.